Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Votar em Marcelo?

por Vasco Mina, em 20.12.20

Marcelo Rebelo de Sousa é um homem que funciona a solo. Nas mais diversas dimensões (política, académica, social, …) é alguém que não trabalha em equipa. Não tem “comissão política”, decide no seu recanto e vai a todo o lado onde viva um português mas sempre, sempre sozinho. Esta característica associada à sua inteligência e cultura superiores tornam este homem num personagem invulgar. Com todos os defeitos associados: mestre da intriga política, natural capacidade de afirmar algo e o seu contrário e visão carregada de interesse pessoal no que faz e no que afirma.

Muitos criticam a falta de ideologia. De facto, a sua ideologia é a do momento. Ou seja, sem ideologia. Outra crítica é a de ter enfraquecido a direita pois sendo ele, originalmente, do centro-direita, tem secado toda esta área (é quase como um “eucalipto político”) mas também é verdade que a direita está em estado de colapso eminente e por responsabilidade que não se pode, apenas, atribuir a Marcelo.

Aplaudi as suas intervenções em vários momentos chave da vida nacional (incêndios, o início do combate à pandemia, a rejeição da regionalização...) nos últimos cinco anos mas em muitos outros (o recente caso do ucraniano morto pelo SEF, o excessivo alinhamento com o Governo de Costa, ...) não o acompanhei de todo.

Isto dito, em quem vou votar? Em República temos de tomar posição sobre a escolha do Chefe de Estado e nesta perspetiva qualquer das alternativas ao Marcelo é muito, mas mesmo muito, má. Por outras palavras, Marcelo é o melhor candidato que temos. Resta apenas, em alternativa, a posição dos monárquicos: votar em branco ou não votar mesmo.

Vou votar em Marcelo mas tenho um amargo de consciência que hoje se reforçou com esta notícia: a eutanásia. Caso Marcelo não envie a lei para o Tribunal Constitucional e opte pela sua aprovação, então o meu voto será em branco. Serei então monárquico? Não! Ficarei num beco!



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.12.2020 às 23:26

"colapso iminente" com "i".
Sem imagem de perfil

De JPT a 21.12.2020 às 10:17

A intervenção que aplaudiu, do Sr. PR, a propósito dos incêndios, foi aquela em que, no auge do desastre, ele disse em directo na TV,  (cito) "o se fez foi o máximo que se podia fazer. Não era possível fazer mais, há situações que são imprevisíveis e e quando ocorrem não há capacidade de previsão que possa ocorrer". Eu, tonto que eu sou, achei que tinha sido dos pontos mais baixos da cidadania, do "estado de direito" e do exercício da política em Portugal.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.12.2020 às 10:50

Mal comparado: o mestre da tática!
Perfil Facebook

De Marques Aarão a 21.12.2020 às 11:43

Em material plástico este presidente é o único possível.
Mestre em palavreado oco e inutil , raramente sai da cantilena "é preciso apurar", ou do brilhante sofsima "não comento casos na esfera da justiça", que incêndios, Borba, e Tancos parecem desmentir. De um modo ou de outro resume-se chutando para canto.
Para o peditório de reciclagem desta peça plástica não dou.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.12.2020 às 12:39

Teatro. No primeiro mandato, 1ª cena, o protagonista desempenhou o seu papel a custo. Teve que se conter, óbviamente contra natura, ao desempenhar o seu número de  contorcionismo político, condição necessária para não perder a imprescindível reeleição, ao não obter o aplauso dos espectadores que até prefeririam outro actor. O segundo mandato -certamente bizará- será obviamente espetáculo a não perder: enfim liberto de constrangimentos o que mais fará?. Plateia ansiosa.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.12.2020 às 12:45

Caro Vasco Mina :Agora compreendo como um povo monárquico admite ser tratado como um conjunto de tontos .Na sua opinião MRS é um homem egoista e sem ideologia . Mas você monárquico vai votar nele para mais 5 anos de disparates e sem qualquer visão para Portugal.
MRS tem uma obra notável de destruição de Portugal!.Tem sido sempre um adepto da liquidação da independência de Portugal concordando com a entrega da nossa soberania na União Europeia .Nos incêndios que provocaram mais de 70 mortos disse que tudo que era possível teria sido feito. Como Chefe Supremos das Forças Armadas permitiu a vergonha nacional e internacional do caso de Tancos .No combate à crise sanitária promoveu a destruição da economia nacional e a morte de milhares de portugueses que não foram aos hospitais para se tratarem , devido ao medo instilado pelo terrorismo comunicativo sobre a terrifica pandemia .A culpa dos desases foi sempre dos portugueses que não se comportaram bem.Aceitou com um sorriso na cara a submissão e a venda de Portugal aos 67B€ de pseudo solidariedade da UE.Inventou critérios para demitir o Presidente do Tribunal de Contas .Aceitou as medidas restritivas dos direitos dos cidadãos aprovadas pelo Governo sugerindo candidamente que eram apenas recomendações .Tem aceitado o discurso racista de africanos residentes em Portugal que visam a falsificação da nossa História .Concordou com o assassinato dum cidadão ucraniano pelo SEF, um serviço de fronteiras do Estado Português .Com todo este historial e com a entrega da nossa independência e a destruição da nossa economia e da nossa sociedade o monárquico que você é ainda vai votar em MRS?.O Senhor D. Duarte deve estar muito preocupado.
Nós estamos no fim da III República. Vamos a caminho da IV República .É preferível votar na candidata socialista marxista que pretende ainda afundar mais o nosso pais  ou então tem a oportunidade de votar num candidato que visa promover uma nova República .
Leia as palavras do seu Chefe sobre a acção dos políticos ( MRS e Governo ) sobre o governo de Portugal.E vote sem amargos de consciência que não precisa de sofrer.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Júlio Sebastião

    O António José Seguro começou a dar aulas de mestr...

  • Anónimo

    Há sistemas baseados no voto que não são democráti...

  • Elvimonte

    Já dizia Eça: "Os partidos elegem-nos e nós votamo...

  • Anónimo

    Que esperar de um Regime corrupto, de corruptos, ...

  • Anónimo

    Muito bem analizado. Apenas mais uma das consequên...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D