Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Vem a meus braços, camarada Centeno

por henrique pereira dos santos, em 07.03.18

"Mário Centeno
‏Conta verificada
@mariofcenteno
Seguir
Seguir @mariofcenteno
Mais
Interview w/ Athens News Agency: 8 years of adjustment was too long a process. Stronger ownership by #Greece could’ve delivered much sooner good results we see today."

Mais vale tarde que nunca: Centeno faz um dos mais rasgados elogios ao Governo anterior, reconhecendo, finalmente, que a opção de Passos Coelho foi bem melhor que o, nessa altura, proposto por António Costa.

"Para o secretário-geral do PS, António Costa, o triunfo do Syriza nas eleições gregas é "um sinal de mudança" que dá força a Portugal e a outros países europeus para seguirem a mesma linha.
"Este é mais um sinal da mudança da orientação política que está em curso na Europa, o esgotamento das políticas de austeridade e a necessidade de termos uma outra política que permita que a moeda única seja efectivamente uma moeda comum, que seja uma moeda que efetivamente gere ganhos para todos os povos e todas as economias da zona euro", declarou António Costa.
O líder socialista lamentou que não se tenham tirado logo todas as consequências com os resultados das eleições europeias, embora saliente que há alguns "passos positivos", como o plano Juncker e a recente decisão do BCE.
"É importante que outros países europeus deem força a esses resultados na Grécia, que dão força a essa mudança. É preciso contrariar a vontade do Governo português, que não quer a mudança e procura contrariar a mudança. Hoje, os gregos disseram que essa mudança tem que chegar", afirmou.
Segundo António Costa, é necessário travar uma estratégia política que não tem conseguido sucessos económicos, nem a consolidação das finanças públicas. "A Europa tem de ter uma reorientação da sua política se quer ser capaz de manter o apoio dos cidadãos à moeda única", disse.
O líder socialista elogiou ainda o povo grego, que "resistiu a todas as pressões", elegendo "livre e democraticamente" o Syriza, defendendo que a União Europeia (UE) tem que respeitar a decisão do país."

Agora só lhe falta a coragem de dizer o mesmo em Portugal, com todas as letras, explicando que o que tem vindo a dizer de há uns anos a esta parte não é mais que uma fraude para aceder ao poder, enganando os eleitores com um discurso que a prática contraria.

Autoria e outros dados (tags, etc)



3 comentários

Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 07.03.2018 às 12:13

O que o Centeno escreveu foi apenas para "inglês ver" e ganhar tempo. Para Portugal ele tem outro discurso.
Sem imagem de perfil

De José Monteiro a 07.03.2018 às 19:17

Quem fala verdade não ganha eleições.
Digo-o de há muito,
tal qual o afirma o emérito Joaquim Aguiar.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.03.2018 às 19:36

É chato dizer, mas chegou ao poder o cinismo.Um habilidoso embuste.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Leia-se "candente", mas pode ser também cadente!Ob...

  • João Távora

    Sábado todos os associados no respeito mútuo devem...

  • Anónimo

    Até qu'enfim que o João aborda este tema cadente! ...

  • maria

    Sugiro criar um Grupo dos Perguntadores Compulsivo...

  • Anónimo

    VIVÓ SPORTING!!


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D