Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Vai ficar pior, pior e pior"

por henrique pereira dos santos, em 16.07.20

Outro boneco sem moral

daily-covid-cases-deaths.jpg

 



9 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.07.2020 às 11:18

“De todo um povo. Que não apenas de um grupo. Importa que as alegrias e as tristezas, os encargos e as esperanças, os sofrimentos e as exultações que, por princípio, são comuns afectem real, efectiva e equitativamente a todos. Sem párias e sem parasitas; sem privilégios e sem proscritos; sem humilhados e sem disfarçados. É isso que articula a ligação de todos os membros do mesmo espaço social. É isso que permite ao conjunto sobreviver nas horas de prova”. 
Manuel Antunes  Repensar Portugal
Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 16.07.2020 às 12:25

Bem, o mais certo é o "bicho" já fazer parte da nossa pele.
Como muitos previram tornou-se endémico.
Será?
Assim sendo será necessário outra aproximação ao problema por parte das autoridades de saúde e politicas. Aliás, estas deveriam imediatamente serem postas de lado nas decisões.
Deixar a resolução a quem sabe e não a quem está dependente do poder politico, como está a DGS.
Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 16.07.2020 às 15:35

Uma imagem vale mais do que mil palavras. E esta ilustra bem o momento que estamos a viver.

O gráfico é simples. À medida que o tempo avança, o medo sobe exponencialmente conforme vemos na linha vermelha, na linha preta vemos que a pandemia vai percorrendo os meses pachorrentamente e sem sobresaltos.

Agora só falta aparecer um gráfico que relacione o número de políticos, autarcas e afins com o número de ordens e regras parvas que já foram emitidas desde o início da pandemia. 

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 16.07.2020 às 15:40

Há a possibilidade de as coisas (isto é, a mortalidade) estarem a ficar melhor precisamente devido aos nossos esforços para erradicar o vírus.
Com efeito, esse esforço consiste em pôr em quarentena quem quer que seja apanhado com o vírus, desta forma dificultando a disseminação do vírus. O vírus encontra-se portanto sob uma forte pressão seletiva para se tornar indetetável, o que passa, naturalmente, por não provocar sintomas de doença - e muito menos matar o hospedeiro.
O vírus é forçado a evoluir para formas menos agressivas, porque as formas agressivas recebem da parte do Homem uma resposta que as impede de se disseminarem.
Portanto, os nossos esforços podem ter consequências, indiretas, positivas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.07.2020 às 16:42

Por breves instantes cheguei a temer que fosse escrever que estamos perante "um vírus muito inteligente e muito sabido"... 
Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 16.07.2020 às 17:14

Se compararmos a inteligência do vírus com a esperteza das medidas de contenção, diria que anda ela por ela.
Sem imagem de perfil

De voza0db a 16.07.2020 às 20:16


Tu escreves muito sobre o "vírus"!


Podes nos deixar a ligação para o estudo, ou estudos, onde foi cientificamente demonstrado que aquele RNA é de facto uma partícula viral, com capacidade infecciosa e que depois de se replicar pode causar pneumonia e eventualmente a morte do sujeito infectado?
Sem imagem de perfil

De voza0db a 16.07.2020 às 20:09


Mas melhor ainda é comparar as previsões dos alegados "especialistas" com a realidade, e lembrar que foram estas previões a causa que levaram os salafrários boçais - presidente, governo, deputados - a darem início à DESTRUIÇÃO DO PAÍS!


https://i.postimg.cc/Nf5C6nFS/COVID-previsoes-realidade.png
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 16.07.2020 às 23:44

Qual seria a dificuldade de usar um gráfico com duas escalas diferentes? Incompetência...
Osvaldo Lucas

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Carlos Sousa

    E pegando nalgumas palavras do primeiro-ministro, ...

  • Anónimo

    caro senhornestes tempos aburguesados e politicame...

  • Anónimo

    Caro Senhor"Apesar dos frequentes casos de corrupç...

  • Carlos Sousa

    O que me está a causar apreensão não é a DGS fazer...

  • Albino Manuel

    A monarquia espanhola vai aguentar. Derrubá-la é c...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D