Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uns assim, outros assado

por henrique pereira dos santos, em 13.10.21

Claro que se Moedas tivesse perdido e dissesse que não iria ser vereador, a imprensa não se cansaria de fazer notar a traição ao eleitorado que o tinha eleito vereador para representar os seus interesses.

Claro também que o caso de Medina é diferente, não vai assumir o lugar para que foi eleito para não prejudicar o presidente eleito, Moedas, como diz a imprensa especializada no jornalismo de agenda.



15 comentários

Sem imagem de perfil

De balio a 13.10.2021 às 12:19


como diz a imprensa especializada no jornalismo de agenda


Não sei a qual se refere.


Ontem ouvi a notícia na RTP 2. Disseram explicitamente que Medina disse na sua carta que era para não prejudicar, nomeadamente aumentando o clima de confronto entre os vereadores. Referiram claramente que esse era o argumento jusiticativo que Medina apresentara.
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 13.10.2021 às 18:08


E temos o balio a fazer-se de ingénuo.


Quando acredita piamente no que os outros dizem.
Quanto torna valido qualquer argumento mesmo absurdo.


Curiosamente  são sempre do mesmo lado: Esquerda.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2021 às 16:04

Os amigos do ps e do Costa nunca perdem. Todos levam um pontapé para cima. Aguardemos o que lhe reservam.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2021 às 16:58


Reconheço que sou como o outro: não ando a par nem sigo atentamente os discursos elevadíssimos do dr. Medina, que serão certamente muito eloquentes, mas acabo de ler aqui que ele sai "com muita dignidade" e...


...para não  "prejudicar"?! O termo já de si é bastante estranho, pressupõe que Medina reconhece que lesar e prejudicar intencionalmente para causar dano a quem foi eleito legitimamente, seria inevitável e uma prática "normal" se continuasse em funções  E nesse caso,  Medina retira-se porque seria tentado a "prejudicar" o seu sucessor?! Ser oposição _julgava eu _ que era outra coisa ... Parece-me tudo isto bastante disfuncional. Uma ministra usa um termo doce como "causar incómodo" à sociedade referindo-se à fuga dum meliante à justiça..
Uns observatórios classificaram-nos há tempos como uma Democracia "com falhas". E eu só acho que esta gente não bate bem. 
A CS remata e diz que tudo foi feito "com muita dignidade"! Estamos conversados. 
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 13.10.2021 às 18:14

O "não prejudicar" é simplesmente tentar tirar a potencial narrativa do Moedas se desculpar que há bloqueios na Câmara.  

"ei já não estou lá a culpa agora é toda tua"
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.10.2021 às 07:05

afinal a tal ministra ainda foi mais branda: referiu-se candidamente ao caso como um "desconforto" para a sociedade!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2021 às 17:25

Não é especializada em nada. Apenas está amestrada para obedecer à voz do dono.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2021 às 17:53

Medina não aceita ser vereador porque talvez já lhe foi prometido um LUGARCITO muito mais interessante até mesmo no governo.
Vamos esperar por uma remodelação do governo para ver.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2021 às 18:25

Ouvi dizer que ACosta ia fazer umas remodelações e criar a figura do vice-1ºMinistro. E agora apetece divagar e criar cenários: Podia convidar o Medina para o cargo...
Depois o Costa dava à sola com um qualquer pretexto (está mortinho!) e subia o Medina ao lugar. 
É assim o Costa:  sempre a abrir... caminho. 
A vida é assim: uns perdem e outros ganham, mas no caso em apreço ganham de qualquer maneira!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2021 às 19:01

A tabela de alcavalas do aicep ainda, é suficientemente apelativa para deixar de ser vereador em que iria ser confrontado com a sua (má) gestão e escrutinado (assim espero). Assim esquecem se dele e daqui a 4 anos aparece de cara lavada. 
Sem imagem de perfil

De José Sargaço a 13.10.2021 às 21:32

"Não aceito o cargo de vereador, pois considero os lisboetas uns ingratos e digo mais considero que os lisboetas em particular e os portugueses em geral são indignos de contarem com o minha inteligência, com o meu génio, com a minha competência, afirmo que não mais aceitarei nenhum cargo político e que não trabalharei mais para o Estado Português em nenhum dos seus organismos, empresas participadas, sociedades anónimas cujo capital é, exclusivamente, do Estado, etc.
Comigo não contam mais. Ponto.
Vou trabalhar para o sector privado"
Era uma declaração assim que queria ouvir de Medina, vou esperar sentado.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.10.2021 às 09:36

Henrique, precisamente! Os double standards são cada vez mais flagrantes. Delirante esta opinião pública. Estamos perdidos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.10.2021 às 17:21

HPS, não é só o caso do Medina. É tudo o resto que é silenciado porque certamente causaria "desconforto" ao nosso querido líder. Repare nos vários artigos recentemente escritos sobre o estado de Portugal, (entre eles o de Cavaco Silva). A imprensa ignorou-os olimpicamente e não promoveu qualquer debate ou, no mínimo, uma reflexão na opinião pública. 
Por outro lado, Costa continua a ter a "rua" domesticada por aqueles dois esqueletos a quem ele vai insuflando alguma vida. 
Quem os viu e quem os vê! Com os preços escandalosos da subida de gasolina a bater records, bastaria lembrarmos que foram estas mesmas "forças", CS e a esquerda, agora mudas e quedas que estiveram por detrás do famoso "Buzinão", vemos que os tempos mudaram e muito. 
O que também prova que o povo estupidificou. Só reage quando é instigado a isso. 

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Compete ao Estado zelar por nós, dizem. Mas, e se ...

  • Anónimo

    Tempos difíceis se aproximam e o Costa põe o corpi...

  • Anónimo

    https://blasfemias.net/2021/10/26/vai-se-a-ver-a-c...

  • Anónimo

    Subscrevo. Um período de má memória que vai deixar...

  • Carlos Sousa

    Pois, a reposição do imposto extraordinário não co...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D