Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma pergunta rápida

por henrique pereira dos santos, em 06.04.23

No caso de o PSD ser o partido mais votado, sem maioria absoluta, e a direita ter maioria da Assembleia, o PS pretende empurrar o Chega para o governo, votando contra qualquer governo do PSD, ou pretende impedir o Chega de ir para o governo viabilizando um governo minoritário do PSD com a sua abstenção?

Se, por acaso, passar por aqui alguma jornalista, posso pedir-lhe que faça esta pergunta insistentemente à direcção do PS?


27 comentários

Sem imagem de perfil

De balio a 06.04.2023 às 09:59


No caso de a direita ter maioria da Assembleia, o PS pretende impedir o Chega de ir para o governo viabilizando um governo minoritário do PSD com a sua abstenção?



(1) A Iniciativa Liberal cabe na definição utilizada neste post de "direita"?


(2) Caso o PS faça aquilo que é sugerido neste post - viabilizar com a sua abstenção um governo minoritário do PSD - a Iniciativa Liberal deve aceitar fazer parte de tal governo? Ou deve ajudar a viabilizá-lo abstendo-se também?
Sem imagem de perfil

De passante a 07.04.2023 às 01:18

A IL até se desorinava toda se pudesse fazer a coligação SPD-FDP cá na paróquia.
Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 06.04.2023 às 10:56

Realmente, tirar de lá um que já deu provas, para meter lá outro que nem sequer sabe aproveitar a descida de popularidade do governo. Então é que ficávamos bem servidos.
Ó Henrique por favor...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.04.2023 às 13:35

O comentador Carlos Sousa é o único que tem razão aqui. PSD nunca mais! Direita nunca mais!
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 07.04.2023 às 10:59

Direita nunca mais?
Atao mas... o PS não pratica políticas neoliberais de direita? Raios, ando a ler as coisas erradas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.04.2023 às 11:41

O "Anonimo" (sem acento) não ouviu o "muito sábio" Montenegro chamar comunista a António Costa? Quem sou eu para duvidar dessas "muito sábias" palavras?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.04.2023 às 01:13

O Carlos Sousa está-se a referir às eleições que o PSD ganhou e que o PS perdeu aqui há uns anos, não tendo conseguido aproveitar a enorme descida de popularidade do governo.
Como diz o Anónimo seguinte e bem, o Carlos Sousa é o único por aqui que sabe do que fala, raramente tem dúvidas e nunca se engana.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.04.2023 às 11:44


"O Carlos Sousa está-se a referir às eleições que o PSD ganhou e que o PS perdeu aqui há uns anos"
As de 2011? Estranha definição de "há uns anos".
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.04.2023 às 10:59

Uma pergunta que deveria ser colocada à secretária do 'Cume Altântida' Atlântico, essa pitonisa que analisando os salpicos do crawl do psitacídeo celoricense consegue avaliar as suas (dele) necessidades de transporte.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.04.2023 às 11:50

Pôs muito bem o cenário. Vamos esperar que alguém resolva "entalar" o PS  para o forçá-lo a dar esse esclarecimento ao país. Vai sendo tempo de expor quem é realmente este PS e colocá-lo na situação de ter o ónus da responsabilidade de viabilizar um governo minoritário do PSD sem o Chega. 
 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.04.2023 às 12:43

Com o PS!!!??? Eles apoiaram a estratégia ucraniana de roubar crianças às mães ucranianas pro-russia!!! E depois o TPI ainda acusa a Rússia.... 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.04.2023 às 13:35

O teu pai chama-se Vladimir?
Sem imagem de perfil

De PSD a 06.04.2023 às 18:30

Nós não queríamos ser lixo fascista mas o PS obrigou-nos.
Imagem de perfil

De O apartidário a 06.04.2023 às 19:16

Não se incomodem que isto vai tudo pelo cano abaixo dentro de pouco tempo (com partidos ou sem partidos)  https://novomundo111.blogs.sapo.pt/uma-geracao-de-idiotas-4147
Sem imagem de perfil

De anónimo a 06.04.2023 às 19:50


Que meninos tão ingenuamente púdicos.

Na Assembleia da República em Portugal, com circunstância mas sem pompa, um partido bem à esquerda (o PS do que "nasci à esquerda...") assina um acordo, preto no branco, com um partido oficialmente da exterma esquerda irredutível, histórica, um partido assumidamente comunista (o PCP) e com outro partido, da extrema esquerda folclórica, activismo caricato (o dito Bloco). Na capanha eleitoral mordiam-se mutuamente em público, os 3. Depois uma "maioria"!.

Tudo constitucional, tudo éticamente irreprênsível para eles (e para o PR). Enfin apenas um casamento de conveniência, em política. A política é assim.

De repente uns meninos acordaram púdicos em política?. E virtuosos.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.04.2023 às 11:44

De extrema-esquerda era a sua mãe.
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 07.04.2023 às 13:14

Viva o futebol feminino.
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 07.04.2023 às 11:05

Cu-ligações.
O ps era uma cambada de neoliberais vendidos ao grande capital... até que alguém fez as contas e viu que se afinal o ps fosse de esquerda,  dava para ter maioria parlamentar. Assim se viveu, até que PS = 50%+1, e assim os ditos voltaram ao espectro liberal da coisa política, os sindicatos (do bem) voltaram à rua, a contestação social, e o pcp e BE regressaram ao flanco esquerdo da tribuna.
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 07.04.2023 às 11:07

Medina CML apoia o alojamento local, Medina MF quer restringir alojamento local.
Há que amar estes bonecos.

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D