Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Uma piada socialista de mau gosto

por Pedro Picoito, em 12.10.18

Todos percebemos que o ex-Ministro da Defesa tinha os dias contados quando o Público de hoje noticiou que o PS já pedia a sua cabeça e Costa só o ia segurar até à votação do OGE. Mas, em bom rigor, Azeredo já não tinha condições para continuar desde que o seu ex-Chefe de Gabinete admitiu ter recebido o famoso memorando com o teatrinho de Tancos. Como é que nem ele nem o Primeiro-Ministro viram isso, eis um pormenor deprimente que em muito ultrapassa as conversas de café sobre "o estado a que isto chegou". Com episódios surrealistas, entre os quais a tirada de que "não compete ao Ministro estar à porta dos paióis", uma singela frase que revoluciona toda a teoria do poder executivo desde Montesquieu. Portugal é um país que pergunta a crianças de nove anos qual a sua orientação sexual para combater a discriminação, mas não assegura funções básicas de soberania como impedir o roubo de armas num quartel ou que centena e meia dos seus cidadãos morra num incêndio por incompetência do Estado. Aliás, Portugal em 2018 não é bem um país, é uma piada socialista de mau gosto. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.10.2018 às 22:30

nesta versão social-fascista da urss
assiste-se a tragicomédias com o à vontade de quem bebe um copo de tinto
a classe média vive a custa do suor de quem trabalha e vota de acordo com o tamanho da estomagueira, das dívidas à banca para consumo
como dizia um juiz ' é um lugar mal frequentado'
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.10.2018 às 17:31

"Portugal é um país que pergunta a crianças de nove anos qual a sua orientação sexual"? Ó senhor, calma, foi apenas uma turma numa escola e já existe um inquérito do ministério... vocês estão sempre à beira do armagedão 😉
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.10.2018 às 12:19

não assegura funções básicas de soberania como impedir [...] que centena e meia dos seus cidadãos morra num incêndio

Há muitos países, tipo Austrália ou Estados Unidos, que também não impedem que dezenas dos seus cidadãos morram em incêndios. Tem o Picoito a certeza de que é uma função básica de soberania impedir que cidadãos morram em incêndios?

(Já nem vamos falar de cheias ou ciclones, em que ainda mais países, tipo França ou Alemanha, não impedem os seus cidadãos de morrer. Se calhar também lhes falta soberania.)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.10.2018 às 18:55

Sim, o Picoito tem a certeza que impedir os cidaãos de morrerem em incêndios é uma função básica de soberania. Se a Alemanha, a França, os EUA e o Vaticano não o fazem, estão a falhar em funções básicas de soberania. Já agora, a soberania, nos Estados modernos, é por definição indivisível (não se tem mais ou menos: isso seria o feudalismo). Sempre às ordens.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.10.2018 às 12:21

Portugal é um país que pergunta a crianças de nove anos qual a sua orientação sexual para combater a discriminação

Não foi Portugal que perguntou, foi uma única escola portuguesa.

E não sei para que efeitos foi, mas não creio que tenha sido para combater a discriminação.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Modas e vontade de ficar bem na fotografia...

  • Anonimus

    Conheci algumas vacas na universidade. Bani-las da...

  • RM

    20 toneladas por ano dá em média menos de 1kg de c...

  • xico

    "A Universidade de Coimbra caminha como dantes pel...

  • Anónimo

    Um animal omnívoro só pode comer capim,qualquer di...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D