Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um retrato

por João Távora, em 19.11.15

Hippie.jpg

As fotografias das homenagens ás vitimas dos ataques terroristas nas ruas de Paris mostram uma Europa que substituiu a cruz de Cristo (que na verdade é o mais antigo símbolo da Paz) pelos símbolos dos hippies. Porque a semântica dos símbolos é muito relevante, suspeito que isto ainda vai piorar muito antes de um dia poder melhorar.

Tags:



23 comentários

Sem imagem de perfil

De comunista a 19.11.2015 às 11:08

os hippies defendem a paz, a igualdade, a liberdade, a relatividade cultural, a harmonia, a ecologia...mas aparentemente para si isso é tudo muito mau...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 11:27

Para além de que as rádios, em vez de passarem a transmissão de missas ou orações, passam canções do John Lennon. Onde é que isto vai parar?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 12:32

Vai parar onde já foi. A Natureza tem horror ao vazio. Outros ocupam.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 19.11.2015 às 13:55

Como dizia o meu avô, que era de um outro tempo, isto está cheio de cabeludos e mulheres de mini-saia pouco tementes a Deus, que usam simbolos profanos como esse da fotografia, em vez da Cruz e cantam cançonetas em vez de orar. Temos de rezar pela salvação do mundo, mas não sei se ainda vamos a tempo. 
Sem imagem de perfil

De comunista a 19.11.2015 às 13:09

Sobretudo o "Imagine" devia ser ensinado às crianças desde pequenas, é um hino à paz, à humanidade no que tem de melhor...
Sem imagem de perfil

De Slade a 19.11.2015 às 12:38

É por essas e por outras que optei, como modelo de existência, por nunca homenagear nada nem ninguém!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 01:01

E o que é que o mundo tem a ver com isso?
Sem imagem de perfil

De Slade a 20.11.2015 às 09:44

"Why then the world's mine oyster..."
Só com o gozo e sem violência!
Sem imagem de perfil

De PBeirao a 19.11.2015 às 14:21

O Joao quer mesmo uma guerra religiosa, nao quer? Quer mesmo fazer a vontade aos extremistas islamicos.
Sem imagem de perfil

De João. a 19.11.2015 às 14:42

Nenhum símbolo religioso é um símbolo unificador em sociedades plurais.
Sem imagem de perfil

De Ali Kath a 19.11.2015 às 15:04

ao ter suportar a sua cruz
por muitos e longos anos
Sem imagem de perfil

De José Serra a 19.11.2015 às 17:00

Tendo em conta que muito provavelmente nem todos os que morreram assassinados pelos terroristas eram cristãos (deve haver um número bastante significativo de muçulmanos, judeus, budistas, neopagãos e ateus entre as vítimas, especialmente numa cidade tão cosmopolita como Paris), acho justíssimo que se tenha escolhido um símbolo não religioso e universal para congregar todos os que partilham a dor e o luto nestas horas terríveis. Além de que a França é uma república orgulhosamente laica, razão pelo qual os fanáticos do Daesh a odeiam, aliás. 
Por outro lado a sua afirmação de que a cruz de Cristo é um símbolo da paz é, no mínimo, discutível.
Sem imagem de perfil

De jo a 19.11.2015 às 19:51

A cruz era um instrumento de tortura.  É um apelo ao sacrifício.


Para quem não é cristão um instrumento de tortura como símbolo da paz deve parecer estranho.
Sem imagem de perfil

De zazie a 20.11.2015 às 01:06

V. s fazem luxo em expor a ignorância. A cruz também era a árvore da vida- o peredixion. O alfa e omega de Adão a Cristo.


Aqui, uma lombarda do século VIII


http://luna.cas.usf.edu/~demilio/2211unit3/019762835lombard.jpg

Sem imagem de perfil

De Jorge Ventura a 20.11.2015 às 07:44

Que bonita a cruz lombarda do século VIII , ver isto convenceu-me de que realmente sou muito ignorante , até porque antes de Cristo a paz devia ser um  conceito estranho à Humanidade. 
O ramo de oliveira como símbolo de paz é usado desde 500 anos de Cristo mas os ignorantes são sempre os outros , especialmente se não pensam como nós nem acreditam nas mesmas coisas. 
Se eu por exemplo   desatasse a chamar ignorantes a todos os que sem provas nem demonstrações absolutamente nenhumas dizem que rezar resolve alguma coisa seria chamado de intolerante , preconceituoso e pior. 
 Não sabia o que era "peredixion", ignorante que sou. Fui ver.


http://bestiary.ca/beasts/beast263.htm



 Não só é preciso esforço para ver ali uma cruz como é muito interessante ver o uso de mitologias para  justificar mitologias.
Sem imagem de perfil

De Slade a 20.11.2015 às 11:09

Ai Zazie, ai Zazie, então a cruz como modo de execução e tortura não é um elemento pré-cristão?
Essa coisa de se referir sempre aos outros como tontos é, de facto, uma armadilha da qual não consegue escapar.
Saiba, também, que qualquer dos tontos pode facilmente ver nisso uma terrível e constitutiva insegurança!
Sem imagem de perfil

De zazie a 20.11.2015 às 11:55

Eu referi-me ao tonto, como tonto e posso incluí-la a si, como jacobina, fazendo a mesma figura tonta.


Se v. tem paranóias com a nacionalidade e com a identidade de um povo, declare-se apátrida.


Porque estes atentados, antes de mais demonstram que meros bairros de imigrantes cuja família já para lá foi por efeitos de outros "refúgios" de há mais de 50 anos, não sentem o país que lhes atribui uma nacionalidade como seu.


Não sentem uma cultura, uma civilização, um local de pertença como seu. Não têm a menor compaixão em matar os vizinhos que deveriam também fazer parte dos seus.


E tudo isto porque a Europa, à conta de ideias imbecis e complexos de culpa como os v.s foi deixando um vazio que depois é preenchido por outros.


O que o João Távora escreveu tem toda a pertinência e eu mesma pensei logo nisso quando vi o logotipo a ser usado por toda a parte. 


Ele faz muito bem em dizer isto e eu penso que é obrigação de quem quer defender o seu espaço e a paz fazer o mesmo e não o inverso que v-s defendem.


Porque o que v.s acabam a praticar é um apagamento de símbolos, de valores, de sentido nacional que não está só numa bandeira nem num hino. Devia estar interiorizado culturalmente.


Os que os doutrinam sabem disso. E há-de ser por aí que um vazio depois é preenchido com alucinações de um qualquer "estado islâmico" que se atinge pela droga e pela matança dos seus.


Quanto à cruz cristã faz todo o sentido porque se tratou de um sacrifício.


Se tivesse sido um presépio oferecido pela barbárie dos bunkers de imigração eu também preferiria o Menino-Jesus.
Sem imagem de perfil

De zazie a 20.11.2015 às 16:06


javascript:nicTemp(); (http://www.city-journal.org/2015/eon1117ds.html)
Imagem de perfil

De slade a 21.11.2015 às 10:14

Alguns POV, certos factos e um conselho:
- sou apátrida emocionalmente, assim declarado.
- sou absolutamente ateu, por muito que o enorme JL Peixoto o declare como desinteressante; procurei lógica e intimamente a sua existência e presença e, enfim, apenas silêncio e incoerência.
- não lhe chamarei tonta, e porque escolho não o fazer.
- não se sinta mal por se sentir errada, é parte do processo, mas quando se sentir errada não me envie artigos de outros que têm opiniões que julga validarem as suas, pois num espaço de opinião curta como um blog o que conta é a nudez da opinião do próprio.
- sou gajo!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 09:22

Pequeno problema. Como é que se faz a Paz com quem quer a guerra e vencer-nos a todo o custo? Se ganharem eles, passam-nos a ferro e fica tudo em "Paz". Ou então ganhamos nós e impomos a nossa Paz. Apesar de tudo, o nosso modo de impor a Paz é incomparavelmente mais humano.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 20.11.2015 às 23:17

  a torre eiffel no meio de um círculo , ainda não repararam ? é por isso que o símbolo  é usado. não;tem facebooo  ?
Sem imagem de perfil

De zazie a 21.11.2015 às 00:14

Não. Ainda ninguém tinha conseguido perceber que era a Torre Eiffel.


Obrigada pela perspicácia e informação.

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    https://observador.pt/opiniao/o-povo-merece-a-arro...

  • Anónimo

    Acho que está enganado: os portugueses são uns pap...

  • Anónimo

    “With COVID-19, the inflammation goes haywire, and...

  • Anónimo

    A história analizará o desempenho de Centeno como ...

  • Anónimo

    Neste caso, de esta pandemia, óbviamente que não s...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D