Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Um cocktail de ignorância e demagogia

por henrique pereira dos santos, em 07.11.18

"“O Governo decidiu apoiar financeiramente a retirada de plantações de eucaliptos”, disse Luís Capoulas Santos, durante uma audição parlamentar conjunta com a Comissão de Agricultura e Mar e a Comissão de Orçamento, Finanças e Modernização Administrativa.

De acordo com o governante, a portaria que consagra a medida deverá ser publicada na sexta-feira em Diário da República.

Apesar de não revelar mais detalhes, o governante disse que a “portaria vai beneficiar despesas de arranque desde que na mesma área seja colocada uma espécie resiliente ao fogo”."

Ao ler esta notícia lembrei-me de uma piada habitual nos meios da produção de eucaliptos nos anos 80, quando se deu a grande expansão da área de eucalipto e, ao mesmo tempo, se reforçaram os mecanismos administrativos de controlo da produção de eucalipto, aplicados, com frequência, por quem nunca tinha feito uma única florestação.

Quando os responsáveis perguntavam aos encarregados se tinham cumprido integralmente o projecto aprovado e, para ter a certeza, perguntavam se tinham respeitado a obrigação de ter faixas de folhosas na plantação de eucaliptos, a resposta era sempre que sim. Depois vinha a pergunta sacramental "e que folhosas puseste nessas faixas?". Eucaliptos, claro.

O Senhor Ministro da Agricultura está na mesma: não se espante se alguém resolver cumprir a obrigação de plantar espécies resilientes ao fogo usando eucaliptos, pela simples razão de ser das espécies mais resilientes ao fogo que temos por aqui.

Eu compreendo a opção do Senhor Ministro: para quem é bacalhau basta e nada disto é para levar a sério.

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.11.2018 às 18:55

Tudo o que o senhor dr. Costa apresenta é para alguém executar no futuro. As únicas coisas que já estão feitas são os cortes às escondidas e os discursos.
Sem imagem de perfil

De Kissol a 07.11.2018 às 19:09

   É a continuação da «maior revolução que a floresta conheceu»...
~ “Governo fez a maior revolução que a floresta conheceu desde os tempos de D. Dinis”... (Capoulas Santos).
   Pouco depois do estultíce do Iluminado - o Pinhal de Leiria ardeu...

   ~ Bombeiros deslocam-se de Autocarro e Comboio... Jorge Gomes defende que a criação destes "transportes alternativos" vai permitir "acabar com as colunas de bombeiros a circular nas autoestradas, o que não era uma imagem positiva", 2017...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.11.2018 às 19:20

capoulas é muito entendido
aprendeu isso na sociologia
Sem imagem de perfil

De JS a 08.11.2018 às 12:33

Afinal até as há. Árvores e tudo mais que embeleza e tem útilidade.
 
Fire-resistant plants? Yes, they’re real!

http://blog.davey.com/2017/08/fireproof-landscapes-with-fire-resistant-plants-trees-and-shrubs/
Sem imagem de perfil

De pitosga a 08.11.2018 às 15:20

para quem é bacalhau basta: o povoléu tuga.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Completamente de acordo . Para esta gente que apar...

  • Anónimo

    Este país não tem futuro.Está a ser vendido a reta...

  • Martim Moniz

    E qual é o nacionalismo certo?(o que diz que não d...

  • Anónimo

    Inventei um slogan para o corta-fitas: "Corta-Fita...

  • Luís Lavoura

    Não estou a ser irónico. Um apartamento em Lisboa ...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2018
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2017
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2016
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2015
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2014
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2013
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2012
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2011
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2010
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2009
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2008
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2007
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2006
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D