Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



E o deputado socialista?

por Corta-fitas, em 04.10.19

Neste lamentável episódio de Tancos, que num país decente já teria feito cair o Governo, há uma personagem que parece querer passar pelos pingos da chuva. Não pode.

Tiago Barbosa Ribeiro é deputado à Assembleia da República, eleito pelo Partido Socialista, pelo Porto, e recebeu uma mensagem por SMS de um Ministro onde este dizia que iria prestar declarações à Assembleia da República mas que iria esconder deste órgão informação de que dispunha. E o deputado socialista fechou-se em copas e nada disse – isto são factos, não há como desmentir qualquer deles. Agora, a apreciação pessoal e subjectiva dos factos.

A meu ver, a atitude de Barbosa Ribeiro constitui, a um tempo, um enorme insulto aos seus pares, seja de que partido forem (e que deviam ter vergonha de serem apelidados “seus pares”), com especial desprezo para com aqueles que labutaram na comissão de inquérito. Zombou de todos eles. Desonrou com ignomínia deliberada as funções que lhe são confiadas pelo povo português. Cuspiu alegremente na cara de todos e de cada um dos deputados, escarrando com escárnio e estardalhaço e salpicos nas ventas de Ferro Rodrigues (nem tudo é mau), que uma vez mais mostra que não se sabe dar ao respeito nem consegue defender a honra da Assembleia de República.

Que Ferro faça o que diz que faz quanto ao segredo de justiça (e desconfio que nem lava as mãos depois), é um problema dele. Que Ferro Rodrigues permita que Barbosa Ribeiro faça o mesmo sobre o Presidente da Assembleia da República, enquanto tal, sobre todos os deputados, sobre as suas funções, sobre a própria Assembleia da República e, por via desta, sobre todos os portugueses, é uma ignomínia, é um problema de todos os portugueses, é mesmo um problema de regime: esta gente não presta, é indigna!

Temos um deputado socialista, de seu nome Tiago Barbosa Ribeiro, que, escondendo informação relevante relativamente ao Governo, e grave, desonra as suas funções, ofende os colegas, insulta a Assembleia da República, desonra o país. Que os socialistas engulam esta atitude miserável, já esperava. Que os bloquistas e o pan aceitem a bestialidade da coisa, não me surpreende. Mas os comunistas costumavam ter um mínimo de coluna vertebral e seriedade no tratamento destas situações miseráveis. Estão calados porquê?

Se os deputados e a Assembleia da República tivessem um mínimo de respeito por si próprios, a deslealdade (e agora estou a ser muito brando) deste tipo levaria a que fosse escorraçado daquela casa pela porta dos fundos, a que ninguém quisesse ser visto em tão miserável companhia, a que todos, sem excepção, considerassem que o homem não cumpria os requisitos mínimos para exercer aquelas funções ou sequer subir aquela escadaria.

Mas não. Neste país, Tiago Barbosa Ribeiro é de novo candidato a deputado à Assembleia da República nas listas do Partido Socialista. Pode até ser que seja eleito. Para exercer funções para as quais já mostrou ser indigno. É o país que temos. Socialista.

Vasco Lobo Xavier

Autoria e outros dados (tags, etc)



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Flávio Gonçalves

    Preocupa-me muito mais os "liberais" loucos que po...

  • Anónimo

    O que eu mais desejo é que o André Ventura contrib...

  • jonhy

    CaDA UM DEFENDE OS SEUS INTERESSES. Já Portugal te...

  • Anónimo

    Preso por ter cão, preso por não ter cão?. Pobre T...

  • Anónimo

    O Público, essa folhinha de esquerda, diz hoje que...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D

    subscrever feeds