Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Sexta-feira da paridade

por Luísa Correia, em 01.03.13

Já aqui realçámos Daniel Day-Lewis na condição de óptimo actor. Acaba de arrebatar o seu terceiro Óscar com uma insuperável encarnação de Lincoln. Mas o perfil do Presidente, meio "agafanhotado", transcende o plano um tanto básico em que nos situamos nestas Sextas-feiras da paridade, como transcendem, em geral, os perfis das personagens protagonizadas por Daniel Day-Lewis. A sua especialidade não são os galãs. Ainda assim, quando lhes vestiu a pele, fê-lo com um brio que não passou despercebido. Deliciosamente diletante em "A idade da inocência", intensamente romântico (e bem apessoado!) em "O último dos moicanos", Daniel Day-Lewis merece que também aqui o realcemos na condição de óptimo homem.

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira da paridade

por Luísa Correia, em 22.02.13

Mantendo o princípio da alternância, esta Sexta-feira da paridade regressa ao torrão pátrio para eleger Rui Moreira como homem do dia.
Porquê Rui Moreira? Porque, na política portuguesa, já nada convencerá o eleitorado, se não for o argumento sexy, defendido há uns anos por não sei que visionária figura do "milieu". E Rui Moreira, com a sua estatura, o seu aprumo, o seu olhar sombrio e penetrante, o seu rijo maxilar e o seu discurso moderno, desinibido e sensato, tem todas as condições para poder terçar, habilmente, uma tal arma. Saiba ele apear-se da sua... vaidade?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira da paridade

por Luísa Correia, em 15.02.13
Na sétima arte, o merecimento tridimensional ainda vai conquistando - valha-nos isso - uns lugarzinhos ao Sol. Assim, de quando em quando, destaca-se da turba de pequenos e médios perfis musculares, que hoje quase monopolizam os papéis principais no cinema de referência, um grande perfil, nem sempre bem servido de cabeça, é certo, mas dispondo de armas a que estas Sextas-feiras da paridade se rendem imediatamente.
Hoje, o poste pertence a um desses perfis, Chris Hemsworth, o actor australiano que encarnou o deus escandinavo Thor e o caçador da Branca de Neve, garantindo aos respectivos filmes um brilho que, sem os seus argumentos, teria sido lunar.

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Há muito quem compare os homens ao vinho do Porto. Eu, por exemplo, comparo (embora preferisse poder excluir da comparação a gama "vintage", que me dizem ter de se consumir em vinte e quatro horas depois da abertura da garrafa).

Pertenço, portanto, ao grupo das mulheres sensíveis ao "charme" de Fernando Ulrich. O bom ar, digno e viril, a candura meio cínica da expressão e a voz timbrada de juventude e irreverência são quanto basta para que as suas palavras - quaisquer que elas sejam! - encontrem em mim, ou num certo público feminino, uma enorme (quase enternecida) compreensão.

Banqueiro patafísico, selvático, anarquista? Talvez... Mas o que é que isso interessa?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira da paridade...

por Luísa Correia, em 01.02.13

 

É Sexta-feira e volto ao Argo, só para dizer que, naquele cenário realista e esteticamente paupérrimo do Irão de 79, em que todos os homens que não usam óculos quadrados de dez por dez centímetros têm ar de facínoras da pior espécie, e em que os pêlos na cara, briosa manifestação de primitivismo revolucionário, não escondem uma instintiva cedência ao primitivismo higiénico, Ben Affleck, apesar da barba cerrada e dos colarinhos imensos e desgargalados - ou "pour cause", vendo bem - está de se co... tirar o chapéu. Affleck, durante muitos anos o "menino bonito" do cinema norte-americano, transforma-se, em Argo, num "moço bonito", ponto de exclamação.

Autoria e outros dados (tags, etc)



Não sei se já aqui o disse, mas as minhas simpatias políticas orientam-se pela personalidade e pelo carácter dos actores - que vou deduzindo dos seus actos - muito mais do que pelas ideologias. É por isso que não deixo de lastimar o ex-ministro Mendonça, tão cruelmente surpreendido e tão vivamente inconformado com o cenário de chocas lazarentas em que teve de se mover. E a Sócrates, consigo reconhecer qualidades de liderança, com a mesma "objectividade" com que afirmo que o seu entendimento e capacidade de gestão são pouco elásticos, no sentido de se ajustarem - talvez... - às dimensões de um lugar ou mercearia de bairro, mas não às de um país que, embora pequeno, sempre teve e vai tendo uns orçamentos e alguns vestígios de economia.
Do actual Governo evito falar - fica mal falar bem de políticos... Sendo certo que também nele detecto umas quantas personagens bastante indigestas. Mas gosto - confesso a heresia - do ministro Gaspar. Gosto das bolsinhas de cansaço que carrega sob os olhos; gosto do balanço lento do seu discurso, próprio de quem o filtra para reter a asneira; e gosto do seu ar sereno, meio ingénuo, modesto, mas "cuidado" - sexy, ao seu jeito - que não abjura o direito à falaciazinha de circunstância, mas que, no essencial, preserva a autenticidade. E não discordo, sequer, da tal austeridade que me propõe, ou impõe. É que, sobre o forrobodó da última década, já me tinham criado expectativas de ter de o pagar muito, mas muitíssimo, mais caro!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta-feira sénior

por Corta-fitas, em 08.01.10

 

 

Nicole Kidman

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sexta

por Corta-fitas, em 18.12.09

 

 Kirsten Dunst

Autoria e outros dados (tags, etc)



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Salva qualquer um com magros resultados no balanço...

  • Anónimo

    o pescador é um predadoranualmente são lançadas no...

  • Anónimo

    os seres humanos anteriores à agricultura morriam ...

  • António

    A I.L. pode não ter amarras, mas tem tiques. Não f...

  • Anónimo

    Não havendo escrúpulos,sem atenção à diversidade d...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D