Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Salazar Copy Right

por Jorge Lima, em 16.03.12

 

A razão por que sou pessimista em relação ao futuro do meu país é que depois de a troika se ir embora com as contas saldadas, o que, se tudo correr bem, ocorrerá já neste século, o pais continuará infestado de portugueses.

 Deus sabe que eu gosto tanto de Salazar como de martelar dedos. Faço essa declaração de desinteresse para me pronunciar, leia-se, desabafar, sobre a recente iniciativa da Câmara de Santa Comba Dão de registar a marca «Salazar» para vender vinho e chouriço.

A coisa é irónica. Eu, se fosse do Bloco de Esquerda, estaria radiante. Qualquer esquerdista do rectângulo tudo deve fazer para denegrir o ditador. E haverá melhor maneira de denegrir alguém que pôr a sua memória a vender chouriço?

Só que. Estamos em Portugal, desembocado directamente das trevas, lá está, salazaristas, para as trevas ianques. Dos ranchos folclóricos, do SNI, da Mocidade, para os recordes do Guinness. A maior feijoada do mundo, o maior bolo-rei, o reality show mais ordinário. Onde um chunga, se aparecer, parece fino, e cobra pelas aparições. Onde o Zé Castelo Branco sobe mais alto quanto mais baixo desce, e o Futre ressuscita do coma por dizer chinesices. Onde o Otelo acha que se devia derrubar o regime e ainda lhe respondem, e ainda lhe lavam a roupa, e tudo. Do Neolítico, ao fim de quase 40 anos de democracia, passamos directamente para o Paleolítico. E no Paleolítico vale tudo.

 «A nossa é sempre uma perspectiva objectiva e histórica, porque os juízos de valor não têm de ser feitos pela autarquia, têm de ser as pessoas, os historiadores, os investigadores [a fazê-los]. Nós temos apenas de demonstrar a nossa convicção de que o que estamos a fazer é útil para o concelho e para a região. E se temos um vinho 'Memórias de Salazar' é porque sentimos que as pessoas procuram essa ligação quando nos visitam», disse o autarca. Que é do PSD, mas que é que isso interessa?

 Caramba, um bocadinho de dignidade. Tenho amigos que admiram o ditador. Respeitam a memória de Salazar. Eu respeito-os, pese embora esse pormenor. O que não consigo é respeitar quem se vende, e à mãe,  e a um morto-vivo pelo bem da sua terra. E vende a sua terra, só porque vale mais falarem mal de nós que não falarem. Pensem mas é porque fizeram a vossa terra tão insignificante que para venderem chouriços precisam de invocar o santo nome de um ditador. E não, quando digo a vossa terra, não me refiro a Santa Comba, ao concelho, à região, refiro-me a Portugal. Ah, e só mais uma coisa: escusam de registar raspadeiras e botas-de-elástico. Já estão.


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Salazar no Centenário da República

por João Távora, em 27.07.10

 

"No meio de um povo de incoerentes, de verbosos, de maledicentes por impotência e espirituosos por falta de assunto intelectual, o lente de Coimbra (Santo Deus!, de Coimbra!) marcou como se tivesse caído de uma Inglaterra astral. Depois dos Afonsos Costas, dos Cunhas Leais, de toda a eloquência parlamentar sem ontem nem amanhã na inteligência nem na vontade, a sua simplicidade dura e fria pareceu qualquer coisa de brônzeo e de fundamental."

 

Fernando Pessoa lapidar recordado por Jaime Nogueira Pinto neste brilhante artigo do jornal i

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Costa, Costa! Então já não há um pouquinho de verg...

  • Anónimo

    O Costa é Costa, o Costa é hipócrita e demagogo, o...

  • Anónimo

    O peixe oficial é mais raia que o parta.Henrique P...

  • Anónimo

    Caro senhor, o Henrique Pereira dos Santos tem vin...

  • Pedro Nunes

    Já tinha saudades de ler os textos do Henrique.


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D

    subscrever feeds