Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



O Mistério que nos salva

por João Távora, em 22.12.20

Antonio_da_Correggio.jpg

Não falta muito tempo (e o que é isso do tempo?) para sermos esquecidos destas ruas que um dia palmilhámos em busca de quem. Porque foi só com os outros que existimos. Aquela música que já não toca para nós, da janela ninguém nos espreita, ninguém nos espera, como quando fomos esperança de alguém e nos guardou numa moldura empoeirada. Enquanto a memória durar, enquanto os nossos mais queridos permanecerem, que também eles se irão embora, corrompidos pelos anos em que a saudade se esvai, por troca de rugas fundas de estranheza. Não se aguenta muito tempo demasiada saudade. A culpa foi toda nossa que quisemos um sentido para viver. Virão dias luminosos indiferentes à nossa ausência. Ofuscantes, tudo por resolver e a desordem também. As ondas geladas a rebentar nas rochas, as mesmas em que um dia nos sentámos, a conversar a vida, fazer projectos e balanços. E tantos outros antes de nós... Fomo-nos todos embora, e o vento levanta-se arrogante, alheado.
No fim é o Mistério que nos salva - e está para durar (o que é isso do tempo?), que é maior que uma feroz clarividência madrugadora, despida de humanidade, mesquinha e traiçoeira. Enquanto houver o Natal, enquanto houver uma casa.

Imagem:  Noite Santa,  - Antonio da Correggio 1489 - 1534

Tags:

Nunca é demais explicar... é bem simples.

por João Távora, em 22.12.11

Tags:

Só faltam dois dias!

por João Távora, em 23.12.10

 

Depois de quase três meses de publicidade no canal Panda, três festas de Natal, a sua, a da irmã e outra na paróquia, o meu endiabrado rapazinho de três anos perdeu definitivamente a Fé: ontem á mesa do jantar, perante a minha reincidente ameaça de que não teria presentes no sapatinho se ele não parasse de fazer disparates, mostrando-se incrédulo, despeitado afirmou que "nunca mais é Natal". Ainda tentei explicar-lhe que faltavam três dias, mas ele não sabe o que isso é, só conhece um de cada vez, os de ir à escola e os de ficar em casa.

Tags:



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • AVS

    Inequivocamente a política está inserida no domíni...

  • balio

    o Rei é e um Presidente da República está. E nunca...

  • Júlio Sebastião

    O António José Seguro começou a dar aulas de mestr...

  • Anónimo

    Há sistemas baseados no voto que não são democráti...

  • Elvimonte

    Já dizia Eça: "Os partidos elegem-nos e nós votamo...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D


    subscrever feeds