Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 27.08.12

 

Completaram-se recentemente 120 anos sobre a corrida inaugural da praça de toiros do Campo Pequeno, projectada pelo arquitecto Dias da Silva. A cerimónia de inauguração decorreu a 18 de Agosto de 1892 com a presença do chefe de Estado, o Rei D. Carlos (na foto).

 

Imagem dqui

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 29.03.11

Praça de Touros do Campo Pequeno um projecto do arquitecto Dias da Silva foi inaugurada em 1892 pelo rei D. Carlos, em baixo a cavalo passando em frente ao recinto.

 

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 22.03.11

 

O Povo amarinha à pendura no eléctrico na Calçada da Estrela nos anos 20 do século passado. Atrás vislumbram-se as infindáveis obras no Palácio de S. Bento. 

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 03.03.11

 

Lisboa 1907 – Soalheira Av. Rainha D. Amélia, posteriormente renomeada Almirante Reis.

 

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 24.02.11

 

Início dos anos 40 - O Viaduto Duarte Pacheco em Construção sobre o Vale de Alcântara. De notar que à época Monsanto ainda não havia sido florestado, (como me conta a minha mãe). 

 

 

Visto do outro lado, uns anos depois, num Domingo de passeio. (do fabuloso aqruivo de Marina Tavares Dias)

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 20.02.11

1908 - Trânsito em hora de ponta na Avenida António Augusto de Aguiar

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 15.02.11

 

Instantâneo do Largo do Camões finais do Séc. XIX. Banca de refrescos.

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 12.02.11

 

Em 1917 o Largo da Estrela em grande animação. Pelas árvores frondosas e pelos trajes de passeio adivinha-se um Domingo ou feriado primaveril.

 

Autor desconhecido.

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 08.02.11

 

 

Chiado em 1907 - Um moderníssimo eléctrico passa em frente à Igreja da Encarnação.

Arquivo Municipal de Lisboa.

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 26.01.11

 

Instantâneo da Rua Garrett no final do séc. XIX

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 20.01.11

 

 

Avenida da Liberdade esquina com a rua Alexandre Herculano em 1900, mesmo a seguir à casa dos meus avós. Este era à época  o último quarteirão urbanizado da Avenida, acima ficavam “as favas” como chamava a minha bisavó Valentina às hortas ali existentes.

 

A estátua é um elemento alegórico (de quatro implantados na avenida no final do Séc. XIX) pertencente a um conjunto escultórico neoclássico dedicado à Rainha D. Maria I da autoria de João José de Aguiar hoje em Queluz.

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 19.01.11

 

Avenida D. Carlos final do séc XIX: Academia de Bilhar da Esperança.

 

Arquivo Municipal de Lisboa

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 18.01.11

 

Alameda das Linhas de Torres 1907

 

Arquivo Municipal de Lisboa

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 15.01.11

 

Av. Alvares Cabral 1909 - Liceu Pedro Nunes em construção.

 

Arquivo Municipal de Lisboa

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 14.01.11

 

 

Anos 30 - Rua Correia Garção e rua de São Bento (onde hoje está a escadaria do parlamento) vendo-se ao fundo o arco de S. Bento, posteriormente reerguido na Praça de Espanha.

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 09.01.11

 

 

Incêndio num prédio do Largo Camões, Lisboa nos anos 50 (‘?) Fotógrafo: estúdio Horácio Novais.

 

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 07.01.11

 

Nos terrenos onde hoje se situa o Parque Eduardo VII o Casal da Torrinha.

 

Fotografia de Joshua Benoliel, princípio do século XX, do Arquivo da CML

 

 

 

Vista de Lisboa do Casal da Torrinha da 1ª metade do Século XIX

 

Gravura a água-tinta - Desenho de L.B. Parlgns; Gravura de W.J. Bennet

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 03.01.11

 

Fabuloso instantâneo do Cais das Colunas no Terreiro do Paço fotografado por Ferreira da Cunha (1901-1970) num dia pardacento como o de hoje.

 

Do arquivo da CML aqui

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 30.12.10

Chafariz da Rua Ferreira Borges em 1907

 

Chafariz da Rua Ferreira Borges em Campo d’Ourique junto à saída para a auto-estrada do Estoril – a primeira imagem da autoria de Joshua Benoliel integra um artigo da Ilustração Portuguesa em 1907. A segunda revela o mesmo chafariz quarenta anos mais tarde, com o enquadramento com que eu conheci, quando servia uma série de vilas operárias que subsistiram até aos anos oitenta. Um chafariz é um chafariz, e assim sendo foi demolido sem contemplações, apagado sem piedade das nossas memórias urbanas. Sinais do nosso implacável "progresso".

 


Chafariz da Rua Ferreira Borges em 1940

Lembranças de Lisboa

por João Távora, em 28.12.10

 

O fotógrafo no Jardim das Rãs como lhe chamávamos lá em casa, Jardim da Parada para os amigos,  Jardim Maria da Fonte por causa da estátua, mas que se chama Teófilo Braga porque sim.  Campo D’ Ourique em 1948, ao fundo na Rua 4 de Infantaria vislumbra-se uma loja que julgo veio a ser uma farmácia.

 

In Lisboa de José Rodrigues Miguéis, retirada daqui.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    quem nos queria Bem nunca morreestá sempre present...

  • Anónimo

    Que Pai tão bonito!Não quer ser marquês , mas filh...

  • Anónimo

    Bom texto.E, creio, nunca deixará de ecoar a fot...

  • Anónimo

    De Margarida Silva CarvalhoMuitos parabéns por est...

  • joaquim

    No meio desta discussão toda sobre a crónica de um...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D