Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Confesso que torço pelo Sr. Obama, e tenho pena que ele não seja preto retinto, assim como os da Guiné. Torço por Barack Hussein Obama, porque tem nome e apelido de muçulmano, e isso pode baralhar os mais tarados anti-ocidentais. Torço por ele também pela sua estética idealista, “We shall overcame”, que também eu tenho direito ao meu lado kitsch.
Estes são as razões porque um conservador como eu torce por Barack Obama, porque nenhum dos preconceitos atrás referidos é propriedade da Esquerda.
E porque a vitória do Democrata Obama oferece-nos a todos a possibilidade de, durante pelo menos cinco anos, descansarmos da estafada retórica esquerdista anti-americana. Será politicamente incorrecto! Como sobreviverá a esquerda inquisitorial sem o seu tradicional bode expiatório? Talvez se ilumine e refresque as empoeiradas ideias.
Finalmente, para aqueles que consideram o candidato democrata demasiado naif para o cargo, eu acredito que a grande virtude da democracia americana, a mais legítima das repúblicas, é a sua autonomia funcional e capacidade regenerativa. Mesmo face ao mais canhestro dos dirigentes que a História lhe conceda em sorte.

4th of July

por Corta-fitas, em 04.07.07

God bless you America!

Imaginem se fosse virada para o ataque

por Corta-fitas, em 20.04.07
Jornal Metro. Pergunta do dia: «Acha provável que um incidente como o tiroteio de Virgínia aconteça em Portugal»?
Resposta de André Gaspar, consultor comercial: «Não, porque há uma grande diferença entre os dois países. Nos EUA a educação é virada para a auto-defesa».

Para quem acha que há quem ganhe muito em Portugal ou pretenda iniciar a semana com um sentido das proporções, fica a notícia de que Ray Irani, CEO da Occidental Petroleum, recebeu benefícios no valor de 400 milhões de dólares em 2006, mais de 1 milhão de dólares por dia. De acordo com o Wall Street Journal, Irani consegue ficar aquém de Larry Elison, o CEO da Oracle que em 2001 empochou 706 milhões em stock options e de Michael Eisner, que recebeu 570 milhões quando passou pela Disney. Por cá, até os executivos jogam desenfreadamente no Euromilhões.

Actualidades

por M. Isabel Goulão, em 22.02.07
O Corta-Fitas, sempre na linha da frente da actualidade, informação & entretenimento (hoje acordei modesta) dá a conhecer a última colecção em linha da Biblioteca do Congresso.
Para quem se interessa por relações diplomáticas, esta colecção apresenta uma série de entrevistas com alguns dos diplomatas americanos mais proeminentes do sec. XX, chamada "Frontline Diplomacy: The Foreign Affairs Oral History Collection of the Association for Diplomatic Studies and Training".
Trata-se de uma colecção baseada em transcrições de entrevistas a diplomatas americanos sobre as suas experiências, motivações, críticas e análises pessoais. Até ao momento, só encontrei uma referência a Portugal, a mais óbvia: uma entrevista com Frank C. Carlucci III.
Se tiver oportunidade, dê uma vista de olhos às restantes colecções da BC (fotografia, cartografia, registos sonoros, história, etc.): a memória de uma nação e o fantástico arquivo patrimonial de um país ao alcance de todos.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    A TAP não consegue ser rentável.Frankfurt e Madrid...

  • Anónimo

    "sendo o Estado Português a sua única possibilidad...

  • Anónimo

    De facto, poderíamos ter agido como outros países,...

  • Jose Miguel Roque Martins

    Aqui a vitima não é o Porto, é o contribuinte!

  • Anónimo

    A mesma conversa de sempre, somos mesmo uns parolo...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D