Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Simplificando

por Maria Teixeira Alves, em 28.05.15

É fácil resumir a Quadratura do Círculo: António Lobo Xavier tem sempre razão. Pacheco Pereira nunca tem. Jorge Coelho é socialista.

P.S.: Pacheco Pereira é mais à esquerda do que a esquerda socialista, porque é um sofrido e magoado defensor dos fracos e oprimidos e vê-os em todo lado, é o socialismo no estado puro, é o socialismo da revolução industrial, o socialismo de Marx. 

Autoria e outros dados (tags, etc)



10 comentários

Sem imagem de perfil

De João. a 29.05.2015 às 05:22

Você deve ser o exemplo de jornalista isenta que tanto reclama para a comunicação social. Isto é só rir, realmente.
Imagem de perfil

De Maria Teixeira Alves a 29.05.2015 às 23:40

Claro que sou isenta, isto é o que eu penso, ninguém me paga para pensar assim.
:)
Imagem de perfil

De slade a 29.05.2015 às 09:24

Pelo menos PP diz o que pensa!

Diz o que diz muito para lá da conveniência partidária ou do espírito da sua época.

Não é um escravo da direita ou da esquerda - Não defende sempre as posições que melhor se adequam a qualquer uma dessas tendências.

Já o vi mudar de opinião (o que, ensinou-me a História, é a maior prova de inteligência que se conhece!).

Por exemplo: Já o vi atacar Obama (chamando-lhe irresponsável); já o vi defender Obama (chamando-lhe corajoso).

É um homem que lê, e talvez por isso todas as qualidades anteriores!

Ao que sei, gasta demasiado dinheiro em livros e na construção de um espólio fabuloso, o que inclui um espaço físico dedicado à cultura, uma biblioteca, que qualquer país a sério deveria aplaudir e impulsionar, e quase dinheiro nenhum no guarda-roupa - Só mais uma qualidade.
Sem imagem de perfil

De carlos gonçalves a 29.05.2015 às 23:08

Pacheco Pereira é uma figura patética que assoma receios imbecis ao tratar da vidinha – ou da sua fabulosa biblioteca, com se prefira. Ao condescender sentar-se ao lado de uma criatura da dimensão de um Jorge Coelho bem pode ser indiferente ao guarda-fato; ficará sempre igual ao litro, com ar de videirinho na fotografia. E é patético porque não se dá conta que se disse-se “não, não sento ao lado de tal coisa” ofertar-lhe-iam logo outro tasco noutra tabanca onde amealharia alongo de biblioteca. P.q.p.

Imagem de perfil

De slade a 31.05.2015 às 11:45

Meu deus não existente, para quê tanto ressentimento!? Ou não!?

O ímpeto furioso dá-lhe a si, neste texto, o que a escrita a mim, devo assumir, me dá sempre: uma espécie de vórtice criativo que faz com que o cérebro ande pelo menos três segundos à frente do acto em si; é nesses momentos (imperceptíveis) de quasi-loucura que surgem os erros de raciocínio e os outros... Isto é, não sei se percebi o que me quis dizer!     


Sem imagem de perfil

De carlos gonçalves a 31.05.2015 às 16:59

Devia ter revisto o comentário antes de o postar. Onde se lê "com" devia estar "como", onde está "disse-se" devia estar "dissesse".
Obrigado pelo reparo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.05.2015 às 12:19

É uma "figura patética" que toda a gente cita, como se vê. 
Imagem de perfil

De José Manuel Faria a 29.05.2015 às 10:24

Cara Maria, antes pelo contrário: o Lobo Xavier nada acrescenta, o Coelho diz banalidades, é pela presença de Pacheco Pereira.que o programa é um sucesso.
Alguém perderia tempo a ver a QC sem JPP? É comparar com o debate Santana/Vitorino na SIC n.
Sem imagem de perfil

De BELIAL a 31.05.2015 às 09:03

Fora da política, PP é bastante válido e interessante, culturalmente.
É um professor cativante.

Na política, é O Chato. excreta com filáucia, misto de historiador das ideias e madre teresa de calcutá, desencantado com o mundo que está e que sabe não ter volta.
Vai sempre muito lá atrás das ideias e sua evolução: que no caso, não interssa para nada, quendo temos "políticos" como o "caneco" & afins...

Outro é o adriano moreira: impossível aquele último artigo sobre o dia do advogado.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 31.05.2015 às 12:17

excreta com filácia? Ena

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Eu não faço exigências irracionais: se os jornais ...

  • Anónimo

    Mas eu também vi cabras sapadoras a destruir os po...

  • Luís Lavoura

    é inevitável haver conflitos entre pastorícia e ag...

  • Luís Lavoura

    O Henrique faz exigências irracionais aos jornalis...

  • Anónimo

    Os fogos resolvem-se antes de se necessário apaga-...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D