Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sim ou não - pagamos?

por João-Afonso Machado, em 27.06.15

TINTIM - RUMO À LUA.JPG

Temos então, o Syriza foi eleito por uma assinalável maioria que o mandatou para informar os credores da Grécia -  os gregos só pagavam a sua divida quando e como o entendessem.

A sua soberania não pode ser posta em causa, disseram. E Tsipras e Varoufakis partiram para a Europa, no desempenho das suas funções - Não pagamos! - E digo mais, não pagamos! - A coisa arrastou-se por uns lautos meses, transfigurou-se na novela preferida sobretudo da Esquerda ibérica, para, afinal, se tornar ao ponto de partida. A dívida é mesmo para pagar, caso contrário não vem mais dinheiro.

A dupla democraticamente eleita - para não esquecer este adverbio, o quindim da Esquerda - regressou do seu passeio de quase meio ano e convocou um referendo para daqui a uma semana. Sim ou não pagamos?

Já todos perceberam, o assunto é da maior seriedade. O povo grego não estará nas melhores condições psicológicas para decidir ponderadamente. O futuro tortuoso que o aguarda é inocultável. E o da UE, em geral, e dos países menos abonados (como Portugal), em particular, há unanimidade de parecer - é imprevisivel, incalculável.

E tudo porquê? Necessariamente porque o Syriza onde devia ter lido "interesse nacional" (grego), leu "revolução de massas". E utilizando, embora, a linguagem das democracias de agora tentou erguer bandeiras do passado maoista. Principalmente a ver se a moda alastrava a outros Estados e internacionalizava o conflito que é obvio quer manter com o antes designado "mundo capitalista", hoje "neoliberalismo".

Até ao fim, a Esquerda não modificará uma vírgula ao seu discurso. Mesmo porque é preciso apaguemos da memória, a "austeridade" que nos impõem as circunstâncias é consequência da falta da austeridade no modo de vida em que tanto a Esquerda gosta de se refastelar.



39 comentários

Sem imagem de perfil

De luis miguel a 27.06.2015 às 20:47

É verdade
A porcaria da esquerda
Mas há uma solução para tudo!


Jovem!


se acreditas no fmi e nas folhas de excel, como a verdade absoluta!
se achas que se deve aplicar um plano cego feito no gabinete a sociedades com economia fragilizada, sem critério, a não ser cortar em tudo o que mexe!
se achas que privatizar é que está a dar!

e porque não privatizar o ar?
se pensas que o Syriza forma um governo ilegítimo que faz criancices (nem sequer foi democraticamente eleito, aquele senhor careca da moto e o coiso, o Tsampras ou lá o que é , estão no poder na sequência de uma qualquer aldrabice que a comunicação social - tudo esquerdalha - escondeu até agora)!
se achas que as mulheres devem ser obrigadas outra vez a abortar em vãos de escadas ou a ir a Espanha!
se achas que o dinheiro gasto no setor público é necessariamente deitado à rua!
se defendes a descomunização da Constituição para sermos um país decente, para despedir à vontade!


ENTÃO


O CORTA-FITAS É PARA TI!  FORÇA!

Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 27.06.2015 às 22:41

Lá está a lenga-lenga do democraticamente eleito...
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 27.06.2015 às 22:47

Já agora: privatizar o ar parece que os gregos não querem.
Optaram por vender a água do Egeu aos peixes.
Sem imagem de perfil

De Tsypras a 28.06.2015 às 12:13

Isso mesmo Kamarada. Debita, debita, mesmo que não estejas a dizer nada.
Sem imagem de perfil

De Recordar é viver a 25.08.2015 às 09:11

Aqui o Lulu em fase muito Syrisa ainda.
Sem imagem de perfil

De João. a 27.06.2015 às 21:17

A conversa da direita é tudo conversa da treta. A verdade é que a Grécia não está a obrigar nenhum país a emprestar-lhe dinheiro - continua a ser arbítrio das instituições internacionais e dos países que aí têm voz emprestar ou não. 
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 27.06.2015 às 22:43

Por acaso não tinha pensado nisso: «a Grécia não está a obrigar nenhum país a emprestar-lhe dinheiro»!!!....
E não estará a querer obrigá-los a perdoar os empréstimos já feitos - pergunto eu?
Ah, ser de esquerda, que felicidade!
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 27.06.2015 às 22:54

é isso, caramba
que peste a esquerda 
meta-se essa gente toda num barco sem fundo
eu quero é viver num país plural
com vários partidos de direita
assim é que está bem
Sem imagem de perfil

De João. a 28.06.2015 às 03:57

É a realidade. A Grécia não obriga ninguém a nada. Cada país mantém o seu arbítrio. Quanto a aos empréstimos feitos há mecanismos e procedimentos para quem não pode ou não quer pagar dívida. Faça-se uso desses procedimentos. 


Os governos da UE são muito mais fortes do que a Grécia - é ridículo argumentar que a grécia os está a obrigar a alguma coisa. Não é o caso que a Grécia tenha invadido a Alemanha e feito empréstimos para si em nome do Estado ou banca alemã.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 28.06.2015 às 06:40

Mas, precisamente, o que a UE está é a fazer isso: uso «dos mecanismos e procedimentos» previstos para quem não paga a dívida.
No caso concreto, a UE e o FMI recusam entregar a última tranche  (7 mil milhões) creio dado o incumprimento da Grécia.
Os gregos - ou melhor, o Syriza, que já toda a gente sabe que ganhou as eleiçõesm- pretendem e precisam desses 7 mil milhões e querem forçar o acordo de os receber sem pagar o que está previsto. Porque sem esse dinheiro será a bancarrota.
Dado que os credores já não dão mais crédito (retém essa tranche), o Syrisa não cumpre o que prometeu nas eleições e convoca referendo.
Tão simples como isto.
Sem imagem de perfil

De João. a 28.06.2015 às 08:16

Se um governo em nome de cumprir o que prometeu tem que tomar medidas extremas como encetar uma luta feroz contra os poderes centrais da UE é importante que pergunte ao povo se quer essa luta ou se prefere que o governo abdique de algumas de suas políticas. O referendo ao contrário do que você pensa é um acto de democracia. 


Você aceitou que o governo português eleito tenha mentido com quantos dentes tem para ser eleito e portanto para si não é preciso referendo. Você prefere que o governo lhe tenha imposto a mentira de que se cobriu na campanha eleitoral através do poder de Estado, puro e duro. Só espero que lá mais para a frente não apareça com a treta de que a direita é mais pelo poder da sociedade civil do que do Estado porque senão ia parecer hipocrisia e não vale a pena manchar-se com ela.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 28.06.2015 às 11:13

É um diálogo impossivel!!!
O que o leva a concluir que eu acho que o referendo não é um acto de democracia?
Uma das tacticas da Esquerda é desvirtuar o que os outros dizem e acusarem-nos de pensar o que não pensam.


Eu só disse - e mantenho - que o Syrisa foi longe de mais nas suas promessas eleitorais.
Porque não podia - como não pôde - cumpri-las.
O resultado: a corridas aso multibancos na Grécia... A bancarrota quase certa.


Já percebeu a insanável diferença entre nós dois? v. dirá sempre que a culpa é dos credores; eu, que a culpa é do Syriza.
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 27.06.2015 às 22:46

Read my lips:


D E M O C R A T I C A M E N T E       E L E I T O


É uma chatice isto da democracia, voltasse o Dr. Salazar e punha-se tudo na ordem
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 27.06.2015 às 23:53

Já ouvi a cassete uma vez. Não oiço segunda.
Democraticamente - tenho esse direito.
E civilizadamente - não fales tão alto.
Se não pareces um gorila da Pide.
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 28.06.2015 às 09:23

Que saudades
Nem falem da PIDE
A falta que eles nos fazem
punham tudo a falar baixinho, que assim é que é, para não ferir os ouvidos suscetíveis
Que gente boa
Com eles aqui, só tínhamos blogs de direita, partidos de direita, e ninguém se atrevia a escrever com maiúsculas
Please! Comeback! We miss you so much


É só para verem que aqui também se fala estrangeiro. obrigado
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 28.06.2015 às 15:06

Daqui fala o gorila da PIDE, olá
é só para reclamar de uma coisa
e dos 48 mil cidadãos da senhora Pegado?
ninguém fala mais deles?
Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 28.06.2015 às 19:51

O Machado deu-lhes troco e agora teve que os aturar. Esta gente não merece tanta consideração, é gente que vem para casa alheia, malcriadamente, abusar dum espaço de liberdade que, se fosse meu, à segunda, ou no máximo, à terceira vez, cortava-lhes o pio. Louvo-lhe a paciência.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 28.06.2015 às 21:29

O meu amigo verificará que a Esquerda é aquilo mesmo: a berrar em casa alheia que a casa alheia não os deixa berrar. Umas vítimas. É, sou extremamente paciente, gosto de ver (da minha janela) essa rapaziada civilizada, culta e «democrática» a mostrar o que é.
Sem imagem de perfil

De João. a 28.06.2015 às 21:46

O Tiro ao Alvo na sua cruzada moralista parece não saber que os comentários são moderados e que portanto o único que tem aqui liberdade é o dono do post. Ele escolhe publicar os comentários, ou não. 
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 28.06.2015 às 22:17

Algum comentário «censurado»?
Sem imagem de perfil

De João. a 29.06.2015 às 03:21

A pergunta aqui não é essa. Quem ler o sr. Tiro ao Alvo deve sim perguntar se alguém o forçou a publicar algum comentário que não quisesse publicar. 
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 29.06.2015 às 08:04

Para finalizar:
a) Assim se demonstra a falta de caracter de uma pesoa de esquerda: incapaz de responder a uma pergunta de forma directa e clara, se percebe que lhe é desfavorável aos intentos;
b) E assim é ele que determina qual é a pergunta. Os outros não têm direito de perguntar e ele tem o direito à conveniencia de não responder.
c) A verdadeira questão é esta: eu podia, como disse, não publicar. Isto é: tenho o poder de publicar apenas o que gosto. Mas - como não sou redactor do Avante! - aqui há inteira liberdade de expressão e sai tudo publicado, desde que não se entre em ofensas pessoais.
d) Obviamente, necessáriamente, qualquer pessoa percebeu que o que o Tiro ao Alvo disse é que eu perco muito tempo a dar estas explicações e a responder a pessoas que só gostam de enfarinhar as questões e não as tratam de acordo com as regras normais do diálogo. Veja acima se os comentários incidem sobre o post ou se não sempre a repetição do costume
E ponto final.
Sem imagem de perfil

De João. a 29.06.2015 às 08:20

Mas qual falta de carácter?! Mas você é quem para distribuir com tanta facilidade o vício de falta de carácter pelos outros? É algum modelo?



O sr. Tiro ao Alvo achou que você era uma espécie de martir que tinha que aturar os comentários dos esquerdalhas ou lá o que é que ele diz e eu respondi que você só atura porque quer uma vez que a liberdade de aprovar os comentários é toda sua. Ninguém o força a nada. Ninguém impõe comentário nenhum no seu blog. Você escolhe, você decide o que é publicado aqui.



Você perguntou se houve censura. Para mim isso não era a questão, a questão é que não há comentários impostos. Você libera se quiser. Ninguém o obriga a aturar ninguém.


Já agora, eu acusei-o de censura?.



Sem imagem de perfil

De João. a 29.06.2015 às 08:29

Porreiro pá!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 29.06.2015 às 08:55

O tipo deu à volta toda e ainda ficou indignado!!!
Porra!!!
Se lhe cortasse algum comentário, ia por outro lado - que o fascismo já acabou, etc, etc.
São lixados.
Sem imagem de perfil

De ACunhal a 29.06.2015 às 08:34

No Avante! mando eu. Muita calminha. Com os interesses da classe operária não se brinca!
Viva o Syriza! Viva o povo trabalhador
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 29.06.2015 às 14:55

Olá, é o gorila da pide
lamento informar mas mandei um comentário de manhã e até agora não foi publicado
mas é normal, a gente de esquerda não tem lugar aqui
mas se o comentário não fôr publicado começa a sentir-se um cheiro a bafio do 24 de abril
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 29.06.2015 às 15:08

desculpe lá, é outra vez o gorila da pide, é só para avisar que "necessariamente" é sem acento. acredito sinceramente que foi gralha, pela primeira vez não estou a ser irónico. obrigado.
Sem imagem de perfil

De Tiro ao Alvo a 29.06.2015 às 15:40

Caro Machado, esta malta, que para aqui veio chatear, deve ser gente que estuda e que está de férias e aqui encontrou forma de ocupar o tempo. Aceite o meu conselho, não lhes dê treta, mande-os ir brincar para outro lado.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 29.06.2015 às 15:52

Caro Tiro ao Alvo: agradeço a sua atenção e simpatia.
Creio que este «afluxo» das últimas horas é o comité de serviço para a defesa do governo grego.
Responder-lhes - tanto quanto - será um pouco obrigá-los a mostrar quem são. Imagine que andam por aí outros (os mais novos, por exemplo) que ainda não tinham percebido?!
Assim as coisas ficam claras. os ataques, a fuga ás perguntas... o costume.
Os meus cumprimentos
JAM
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 29.06.2015 às 16:00

Aqui, gorila da Pide, olá novamente
apesar de ter tido um comentário censurado e apesar de ser um indivíduo que estuda, (podia ter-se sugerido logo sociologia, para que o estereótipo ficasse melhor) que está de férias e aqui encontrou forma de ocupar o tempo, faço parte do comité de serviço para a defesa do governo grego
é verdade, descobriram-me a careca
só não sou um dos 48 mil cidadãos da senhora Isilda porque deixei a assinatura para o último dia e estava a chover

Sem imagem de perfil

De Gorila Maguila a 29.06.2015 às 20:06

Machado, a esta malta que não tem mais nada para  fazer, não se dá conversa, dá-se amendoins.
Senão eles nunca mais param de guinchar.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 29.06.2015 às 22:36

Não creio, Sr. comentador. Eles cansam-se e já não voltam. Já não têm mais nada para dizer.
Sem imagem de perfil

De João. a 29.06.2015 às 16:56

A malta comenta porque o tema é quente e você já vê comités centrais. Enfim... mania das grandezas. O Tiro ao Alvo quase faz de si um martir da liberdade de expressão. Não errou Pascoaes quando disse que em Portugal o arrastar da espada já fazia o herói. Alguém que lhe dê uma medalhe pelos seus sacrifícios. 
Sem imagem de perfil

De Lembras-te camarada? a 29.06.2015 às 17:28

O que faz falta é animar a malta
É o que faz falta,


E o que faz falta é animar a malta
É o que faz falta,


Mas o que faz falta é animar a malta
É o que faz falta.


(bis)
Sem imagem de perfil

De Desculpem lá a 29.06.2015 às 18:03

mas se o tema é quente a malta fica em casa a conversar com a malta e não vem prá manif atirar pedras aos outros. Mas qu'é isto?
Sem imagem de perfil

De luis miguel a 29.06.2015 às 19:20

aqui gorila


só para lembrar que o sr. João não publicou uma resposta que lhe dei de manhã em que, sublinhe-se, não havia qualquer insulto, nem haverá, porque insultar é um sinal de fragilidade argumentativa


é feio
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 29.06.2015 às 19:50

É mentira!
Publiquei todos os comentários.
Como é meu hábito.
Venha daí esse famoso comentário outra vez que eu publico.
Mas desde já me dispenso de responder.
Agora começa a ser provocação!

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Zé dos Grelos

    Não existe nenhuma pandemia, trata-se apenas de sa...

  • Anónimo

    os enormes holofotes sobre uma infeção que pode vi...

  • Anónimo

    A OMS não aconselhou o fecho de fronteiras no iníc...

  • Anónimo

    O autor do texto enxerga fora da caixinha. Parabén...

  • Anónimo

    para escapar ao golpe militar do familiardesfrizou...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D