Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Sempre reverente e manhosa

por José Mendonça da Cruz, em 12.06.21

... a Sic descobre agora que a CML pode pagar uma multa de 80 milhões, como se essa fosse uma questão sequer marginalmente relevante para o caso.



13 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 12.06.2021 às 22:05

Exacto. Os lisboetas pagam a multa e os responsáveis pela ignomínia ficam que nem virgens perante o inenarrável acto.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.06.2021 às 07:52

O "chibo" estaria em maus lençóis num país a sério. Mas aqui na choldra "nó pasa nada!"
É com total impunidade que nos torram o nosso dinheiro e sem que ninguém os escrutine verdadeiramente. Estão a desgraçar o país e encontramo-nos, de novo, à beira do abismo. E os avençados da CS são coniventes através do seu silêncio. 


Eis um assunto que lhe interessa: "A TAP é a nossa Lisnave", por Pedro Caetano.
Aqui:
https://www.caoquefuma.com/2021/06/a-tap-e-nova-lisnave.html

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.06.2021 às 11:30

Pois poderá arriscar uma multa de 80 milhões. Poderá! Mas o J. Mendonça da Cruz não pense que isso constitui uma ameaça à reeleição da distinta figura ou sequer lhe trará consequências de maior a outros níveis. Não ouve em todo o lado a guarda pretoriana a cerrar fileiras à volta do figurão? 

Caro Sr., de uma coisa podemos estar certos: não vivemos numa Democracia saudável e cada vez menos num Estado de Direito.  Vamos aos factos:
-  somos vigiados, policiados, para nos espiarem tudo quanto pensamos, escrevemos e dizemos;
-  subtilmente impõe-nos  a autocensura, tolhendo-nos a possibilidade de nos exprimirmos com total liberdade e sem medos;

- há um clima de ameaça e de intimidação;
- uma oligarquia à solta, cheia de opacidades sem pudor e quase sem controlo. Resultado: um poder discricionário quase absoluto, exercido em roda livre, num desmando sem nenhum tipo de vigilância;
- temos uma comunicação social que deixou de exercer esse papel de denúncia e escrutínio que lhe competia e preferiu tornar-se reverente e cúmplice do poder deixando-se instrumentalizar por ele, vendendo-se a troco de avenças e prebendas;
 ----Então, a conclusão é só uma:  isto é gente que não convive bem com a Democracia nem com a Liberdade. Por isso, e sem que muitos dêem conta,  estamos a ser encaminhados a olhos vistos para um totalitarismo infame. E se dúvidas houvesse de que estaremos brevemente sob o império de uma ditadura  (encapotada por ora),  bastaria observar os passos metódicos que estão a ser dados para nos vergar e nos tornar obedientemente servis.
 
Não é inegável que as pessoas optaram pela reverência ou pelo silêncio, pois temem ser prejudicadas e sofrer represálias nas diversas áreas da sua vida privada ou profissional?  Não é público e notório um ambiente sujo, de "bufaria", de perseguição e de insulto àqueles que se atrevem a divergir do totalitarismo do pensamento único? 
 Os ataques sistemáticos às liberdades e garantias configuram um Estado prepotente. Se ninguém quer pôr termo a isto...
Por enquanto ainda se permite que vamos, de 4 em 4 anos, pôr a cruzinha.
 É uma questão de tempo, ainda  veremos a palhaçada e o logro em que vão transformar o acto eleitoral!  É cá um palpite...
Bom domingo.
am


Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.06.2021 às 12:34

Com sua permissão, José Mendonça da Cruz:


 "Em Portugal, um visco repulsivo emana dos casos agravados pelo poder sem freio dos socialistas: afinal não só a CML transmitia dados pessoais de cidadãos estrangeiros às embaixadas contra as quais esses cidadãos  se manifestavam, como os ministros Eduardo Cabrita e Santos Silva estavam ao corrente desse procedimento. Como de costume ninguém assume responsabilidades.

Note-se que o caso Medina, agora também caso Santos Silva/Eduardo Cabrita nos fez esquecer o caso da nomeação de Pedro Adão e Silva para a comissão organizadora dos 50 anos do 25 de Abril, sendo que o caso Pedro Adão e Silva por sua vez já nos fizera esquecer o caso da nomeação de Ana Paula Vitorino para a Autoridade da Mobilidade e dos Transporte,  caso esse mais ou menos contemporâneo do caso Pedro Nuno Santos/TAP-Michael O’Leary/Ryanair…

Marmara é aqui (1). O visco cerca-nos. A passividade faz-nos cúmplices. A forma como cada novo caso apaga o anterior mostra muito do estado de anomia a que chegámos: tão constrangedor quanto os acontecimentos revelados é eles não gerarem reacção. Décadas a conceder à esquerda o monopólio da indignação só podiam resultar nisto!"- Helena Matos, in Observador

(1)  Uma camada espessa e viscosa de matéria mucosa (uma gosma marinha) está a espalhar-se ao longo do Mar de Mármara, perto de Istambul, prejudicando a vida marinha e a indústria pesqueira

 turca.https://www.bbc.com/portuguese/internacional-57422126

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.06.2021 às 07:57

Então se os ministros Cabrita e Santos Silva tinham conhecimento  e os seus  respectivos ministérios estavam ao corrente destas práticas, que eram usuais pelos vistos já no mandato do A:Costa na Câmara (Hã?) como pode o Medina ignorar estes procedimentos dentro da sua própria Câmara? Parece-me que isso não colhe... Mas segundo a versão para totós, papalvos e lerdos dos "comentadores-bombeiros-de-serviço" _ sempre prontos a apagar fogos (Força!) _ é que os superiores afazeres de Medina (Ui!) e as suas muitas preocupações de grande monta (Oh! Oh!) não lhe permitem estar a par destes assuntos comezinhos de somenos importância (Aaaah! entendo!) E mais a mais estas bagatelas são coisas feitas "lá" pelo pessoal da secretaria... (Chi! coitados!) funcionários de costas largas e assim... (Ufa! Graças a Deus!)
Mas tudo está bem, quando acaba bem (Bravo!).
Foi você que pediu um socialismo? 

.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.06.2021 às 09:34

Ai agora os funcionários da Câmara é que andam a fazer "coisas" nas costas do Medina?!
Que engraçado! Ouvi no autocarro que havia ali "outros" cordelinhos a mexer para pregar rasteiras a este putativo sucessor do Costa. 
Mas deve ser o malicioso diz-que-diz do costume. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.06.2021 às 13:00

Mas... não se derrubou já uma ditadura?!...  
Sem imagem de perfil

De Carlos a 13.06.2021 às 18:08

O título do Público de hoje, a dizer que em Portugal o "investimento" (sem esclarecer que não foi feito nem lançado pelo actual governo) criou 24.000 empregos no interior, não devia estar encabeçado por uma legenda tipo "publicidade paga"?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.06.2021 às 10:17




As transformações do mundo actual são, de facto, vertiginosas. E é por isso que a nossa memória às vezes nem sempre consegue acompanhar essas mudanças. Por isso lembrei-me da palavra "esquecido" e estive a consultar um Dicionário para encontrar uma palavra  equivalente. (Não sei porquê, mas lembrei-me do Presidente MRS, nos tempos já tão longínquos, em que ele e o Dr. Costa andavam de braço dado a descrispar o país.)
Então, encontrei estes sinónimos: 
 abandonado, desprezado, rejeitado, ignorado, humilhado...


Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.06.2021 às 16:39

Grassa a incompetência.
Uns lambidinhos de testa curta, que se denominam de juristas, propalam conceitos dizem coisinhas e desprezam quem os desafia.
Aliados aos jornalistas, é tudo mau.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.06.2021 às 18:17

" Hoje, na rádio Observador, Júlio Magalhães chamou a atenção para algo que de tão banalizado já passa por normal mas de facto não é: “convidei vários presidentes de câmara para serem comentadores em televisão e a grande maioria diziam-me que não tinham tempo, que não podiam ter um compromisso de estar na televisão todas as semanas com horário fixo. Não tinham tempo para isso. (…) Parece que é muito mais fácil ser presidente de câmara em Lisboa e no Porto porque estes conseguem estar na televisão, têm tempo para isso.”

(in Blasfémias)
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 14.06.2021 às 18:19

https://blasfemias.net/2021/06/14/112663/

Comentar post


Pág. 1/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    (cont.)"havia rumores de fuzilamentos sumários; um...

  • Anónimo

    (cont.)Ainda assim, nos primeiros momentos a eufor...

  • Anónimo

    (cont.)Do lado de cá, em Portugal, sabemos como fo...

  • Miguel Neto

    Resta saber em que grau a entrada de migrantes na ...

  • lucklucky

    O pior é que o Fernando Rosa deve saber. Mas o dis...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D