Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




São opções

por henrique pereira dos santos, em 20.06.24

"Israel ataca campo de refugiados em Gaza e faz dois mortos e 12 feridos" este título é do Observador mas podia ser de milhares de jornais em todo o mundo.

É um título rigorosamente equivalente, na substância, a este, que não vi em lado nenhum "Hamas usa campo de refugiados, provocando dois mortos e 12 feridos".

Escolher um ou outro título é uma opção de boa parte do jornalismo: no primeiro caso, opta-se por considerar indigno o ataque a um grupo terrorista se ele se esconder no meio de pessoas comuns, no segundo caso, opta-se por considerar indigno de que um grupo terrorista use as pessoas comuns como cobertura para as suas actividades.


45 comentários

Sem imagem de perfil

De vasco Silveira a 20.06.2024 às 19:33

Caro senhor


Felicito-o pela objectividade do seu comentário: em poucas linhas retratou o que as notícias (não são todas?...) nos andam a transmitir há bons meses. Não por opção! Mas por execução militante. ( não interessa o que fazem, apenas quem são)
E sim, os bons cidadãos, são de facto o amago da questão: escondem-se por detrás deles quem apenas ganha com o seu sofrimento.


Cumprimentos


Vasco Silveira
Sem imagem de perfil

De O cão que fuma a 20.06.2024 às 21:35

O "Observador", que abracei com entusiasmo, e assinei (paguei) no seu início, iludido pelo time de colunistas, hoje tem uma redação simplesmente 'boneca de ventríloquo' das "agências de notícias", a começar pela LUSA, um exemplo deslumbrante de imparcialidade. Razão teve Pedro Passos Coelho em tentar privatizar esse diretório!
Sem imagem de perfil

De aleitao a 20.06.2024 às 22:12


Segundo notícias esporádicas parece que por aí andam "individuos" "mercadejando" notícias e ou opiniões favoráveis aos autores de atos terroristas ou como tal considerado as "acções militares especiais".

Os Blogs não estão isentos dessa infestação.
Perfil Facebook

De Marques Aarão a 21.06.2024 às 09:44

Alegar danos colaterais é só quando convém e a quem interessa.
Sem imagem de perfil

De Francisco Almeida a 21.06.2024 às 12:43

Parabéns a HPS pelo coragem, coerência e princípios.
É indubitável que o objectivo do Hamas é a supressão de Israel substituído por um estado palestiniano. No entanto a criação de Israel foi uma decisão das Nações Unidas em 1947. E é de referir que a criação da Jordânia foi uma decisão de Inglaterra depois sancionada pelas Nações Unidas. A totalidade dos territórios Faixa de Gaza, Israel, Cisjordânia e Jordânia eram designadas por Cisjordânia. A população era palestiniana mas nunca teve jurisdição própria, muito menos soberania.
Assim, os facto são que a Jordânia, hachemitas com apoio beduíno, estão em relação aos palestinianos na mesma posição de Israel. Não será preciso um silogismo aristotélico para concluir que a diferença é a religião. Ou seja, o conflito com Israel tem raiz religiosa, o que contraria frontalmente a DUDH, da ONU e a própria carta de princípios da fundação do Hamas. E a DUDH é também violada pelos métodos de actuação violenta do Hamas, aliás bem definidos quer na carta de princípios, quer em declarações de dirigentes.
Isto apenas para referir que a putativa ida de António Costa para presidente do Conselho, salvo até ver a violência, tem potencial para me fazer sentir tanta vergonha alheia como Guterres na ONU.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 22.06.2024 às 12:54

As Nações Unidas decidem muita coisa que é ignorada. Israel e EUA sabem explicar como se faz.
O Hamas é uma organização militar cujo funcionamento depende da existência de Israel. Sem Israel, perderiam a sua necessidade de existir. Não querem extinguir Israel (até porque sabem ser impossível), querem ir tentando.
Do outro lado está um Governo cujo único trunfo é a habilitação para conduzir um conflito. Sem Hamas, o PM não iria sobreviver politicamente,  e talvez judicialmente. 
Isto para dizer que há gente, nem indo aos lobbies empresariais que vivem disto, de ambos os lados, interessada em que o cenário se mantenha.
Mas que sei eu, não sou Blogger nem tenho redes sociais...
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 21.06.2024 às 14:00


Este post é baseado na premissa de que quem lê é ignorante e limitado.
O título do artigo é factual, a interpretação fica a cargo de cada um. Se calhar em 50 leitores, existem 24 opiniões diferentes.
Imagem de perfil

De henrique pereira dos santos a 21.06.2024 às 15:11

O título é tão factual como a alternativa que proponho
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 22.06.2024 às 15:03

E no entanto só um está factualmente correcto.
Imagem de perfil

De henrique pereira dos santos a 22.06.2024 às 17:06

Qual é o erro factual desta frase: "Hamas usa campo de refugiados, provocando dois mortos e 12 feridos"?
O Hamas não usa os campos de refugiados? Sim.
Esse uso não provoca a mortes de civis? Sim, como o próprio Hamas diz, com orgulho.
Onde está o erro?
Sem imagem de perfil

De Elvimonte a 22.06.2024 às 18:17

Sim, o Hamas é que provoca mortos e feridos. A explosão das bombas e mísseis israelitas nada tem a ver com isso - facto completamente não relacionado. Nem sequer se pode afirmar que não tenham sido os ferimentos a provocar as explosões, uma vez que não se consegue determinar o que ocorreu primeiro. 


Portanto, nenhum erro.
Imagem de perfil

De henrique pereira dos santos a 23.06.2024 às 07:07

Não se pode determinar o que ocorreu primeiro?
O exército israelita não estava em Gaza antes do 7 de Outubro e não bombardeou nada antes do Hamas se esconder no meio das pessoas e construir um complexo de túneis que lhe permitem estar sempre no meio das pessoas porque as suas entradas e saídas, frequentemente, são dentro ou nas proximidades de escolas, hospitais e outras infraestruturas civis.
Sem imagem de perfil

De anónimo a 21.06.2024 às 19:07


Muito bem HPdS. Há cerca de dois dias o New York Time publica um interesante artigo sobre o que se passa em Gaza.
Afirma que o Hamas com os seus 100.000 homens armados domina toda a população. Os gazeanos que não obecem ou tentam fugir não duram para contar o que aconteceu. Escudos humanos.

Entretanto os funcionários da ONU em Gaza, cujas vantagens e inoperância são caricatas, não esmeram-se em defeder o Hamaz!. Está documentado que no dia 7 de Outubro prestimosos funcionários do Sr. Guterres cooperaram com o acto.

Por outro lado os gazeanos nem astear uma salvadora bandeira branca podem....
Sem imagem de perfil

De Luis a 22.06.2024 às 08:03

É a CS que temos, completamante subserviente ao internacionalismo e progressismo woke, que ou acabam ou irão dar cabo do que ainda resta do chamado "Ocidente". Tudo o que se apresentar como averso ao "Ocidente" é bom enquanto tudo o que for pro é mau, por isso mesmo, tudo o que estiver relacionado com o islamo-fascismo é para defender.
Sem imagem de perfil

De Anonimus a 22.06.2024 às 12:57

Woke de esquerda ou de direita?
Anti ocidente são também os wokes de direita, que dizem nunca ter havido racismo, isto está cheio de larilas que atédeve ser contagioso, e que na Rússia é que se vive bem, a comida é baratissima e os carros de compras nem deslizam naa escadas rolantes.

Comentar post


Pág. 2/2



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anonimus

    Concordo.

  • lucklucky

    "poder económico" !?Está a gozar... não há maior p...

  • Silva

    Conversa da treta sobre estudos da treta.O que há ...

  • P. Fernandes

    Não nesse caso. O armazenamento de semente nas pin...

  • cela.e.sela

    podiam aproveitar os 'calitros' para fabricar meta...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D