Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Regras simples para arranjar má imprensa

por José Mendonça da Cruz, em 25.09.18

A economia dos EUA está a crescer 5%; a reforma fiscal aprovada deu a uma família de classe média com um filho um corte de impostos que se traduz num aumento de rendimento anual de mais de 2200 dólares, mais de 180 dólares por mês (não é 1 dólar, como nos aumentos de pensões cá, é 180); a taxa de emprego dos afro-americanos bateu todos os recordes; o Estado Islâmico, que Obama fez nascer, deixou de existir. O pária Coreia do Norte senta-se à mesa das negociações. Eis por que razão as notícias sobre Trump nos media portugueses têm a ver com o penteado e se dá ou não a mão a Ivanka.

Já no Brasil, e segundo os media portugueses, Bolsonaro é fascista (claro!) e racista (evidentemente!) e homofóbico (com certeza!). No entanto, havendo realmente jornalistas e imprensa realmente livre no Brasil, podemos ter uma ideia mais clara de quem é Bolsonaro, aqui, e podemos ter a certeza de que nunca ouviremos falar do seu braço direito e talvez ministro da economia, Paulo Guedes, porque pensa e fala assim .

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.09.2018 às 00:14

Na ONU a audiência brindou as palavras iniciais de Trump (os tais 5%) com uma incontida gargalhada. Não admira. Trata-se de uma audiência que se educa via CNN, do Washington Post e do New York Times ....
Só que -como se constatou- quem ri por último, ri muito melhor.
Além dos cortes já em execução, um dia destes alguém em Berlim, ou Moscovo, ou Beijim vai ter que arcar com a mui digna "talking shop".
Perfil Facebook

De António Sérgio a 26.09.2018 às 00:49

Não conhecia o Dr. Paulo Guedes. Obrigado pela partilha. 
Imagem de perfil

De José Mendonça da Cruz a 26.09.2018 às 13:07

Ele já está com uns anos mais em cima, mas pode ver bem mais recente (e eleitoralmente relevante no Brasil) aqui:https://www.youtube.com/watch?v=YlkhHr-aqAY&t=112s     
Sem imagem de perfil

De António a 26.09.2018 às 14:43

Socialistas com cartão de crédito. Essa frase diz tudo. Cá também é o que temos.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 27.09.2018 às 10:45

a reforma fiscal aprovada deu a uma família de classe média com um filho um corte de impostos que se traduz num aumento de rendimento anual de mais de 2200 dólares

Essa reforma fiscal não irá fazer aumentar ainda mais o já grande défice orçamental dos EUA?

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Nahir Bantam Sêguroh

    com tempo arde tudo e resta só o granito esculpido...

  • João Sousa

    Extrapolar resultados (ou sondagens) de uma eleiçã...

  • Anónimo

    Grosso modo, os 5 partidos com um intervalo = ou &...

  • Luís Lavoura

    um infeliz acidente rodoviário é coisa para nunca ...

  • António

    Nem sei como há ainda quem leve o BE a sério. Um p...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D