Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Que Ferro, menino!

por João-Afonso Machado, em 25.10.19

Pela primeira vez, na História da III República, o Presidente da AR sucede a si mesmo neste cargo. Em minha opinião porque os seus antecessores, ou por via dos resultados eleitorais, ou mesmo por decoro e desapego, cessaram pacificamente os mandatos respectivos e passaram a pasta.

Apenas Ferro Rodrigues se alapou na cadeira que nada lhe apetece deixar.

Compreende-se. Está ali a morfologia de um ser sentado, um tetradextro. Compreende-se também, estamos definitivamente jacobinizados. E aceita-se: quem melhor do que Ferro Rodrigues para ilustrar a República portuguesa?

Eu quero o Ferro a Chefe de Estado interino: quero a oportunidade de um dia esclarecer alguém de fora - Quem é aquele, assim espreguiçado? - É a segunda figura do Estado republicano... - Ah, e a primeira? É parecida com ele?

 



10 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.10.2019 às 13:32

Excelente texto!
Tenho para mim que a "Revolução dos cravos" ainda não gerou, em mais de quatro décadas e meia (!), UM único estadista português capaz e de dimensão internacional.
Incompetentes, venais e pouco mais, eis os políticos de meia tigela que por aí têm passado.
Os resultados estão à vista: o Portugal de hoje está envelhecido, pobre e inculto com os emigrados de algum valor, substituídos por imigrados sem valor.
Imagem de perfil

De Sarin a 25.10.2019 às 18:31

Ser candidato único tem destas coisas.
E 178 votos em 230 não é estar alapado, é suplicarem-lhe para permanecer.


É uma chatice quando os factos estragam a retórica.


Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 27.10.2019 às 18:44

... a retórica socialista.
Se o Ferro se recusasse a repetir o cargo, alguém aparecia a oferecer-se-
Em tempos, falou-se do Ferro doente, etc, etc...
O que sucede é que Ferro dentro do PS já não vai a qualquer lugar mais.
Como candidato presidencial seria um desastre.
A solução é ficar-se pela Presidência da AR, contanto com a anuência (= não candidatura concorrente) dos seus camaradas.
Imagem de perfil

De Sarin a 27.10.2019 às 23:13

A sua retórica. Porque quem apareceria poderia ter aparecido, se não do mesmo quadrante então de outros - mais não fosse para expor o desagrado com o anterior mandato.
Que dentro do PS lhe não quisessem fazer oposição, ajusta-se à sua oratória; mas não justifica a aceitação pelos deputados dos outros partidos. E são estes, até o que disse votar contra o programa de governo, que não agem de forma a validar o que escreveu... talvez no próximo.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 28.10.2019 às 18:46

Sabe perfeitamente duas coisas:
- Dentro do PS nenhuma candidatura apareceria contra a vontade de Costa, manter Ferro.
- Fora do PS ninguém se candidata para perder e as candidaturas «de denúncia» são uma falácia PBX.
Imagem de perfil

De Sarin a 28.10.2019 às 18:57

A sério que não?
A eleição exige uma maioria absoluta - forçar uma segunda volta, só por si, seria uma censura. Negrão tentou-o, há quatro anos.
A questão é que um deputado necessita de reunir pelo menos 23 votos para concorrer a tal cargo - e o PSD provavelmente não reúne consenso interno para isso. Esta é que é a verdadeira questão.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.10.2019 às 16:30

Um ser abjecto, repugnante.
E um povo abúlico, ignorante e desmemoriado   -   a quem os credores vão consentindo a manutenção de (falsos) sinais exteriores de independência.
Resta saber até quando...




JSP
Perfil Facebook

De Francisco Carvalho a 27.10.2019 às 12:28

Custa-me a perceber como houve mais ou menos 40 Deputados do PSD a votar nesta figura ! 
Sem imagem de perfil

De I.silva a 29.10.2019 às 09:28

O psd de Rui rio está com Costa. Alguém duvida?

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Caro Doutor, concordância total com o seu texto ....

  • Anónimo

    Excelente post. Subscrevo.

  • João-Afonso Machado

    Caro anónimo, não sei se nos estamos a fazer enten...

  • Anónimo

    Peraltas E Seciasde Marcelino Mesquita</a>

  • Anónimo

    João-Afonso Machado, não posso estar sossegado.A H...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D