Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Qatar 2022

por João Távora, em 20.11.22

O futebol é importante nas nossas vidas, porque entre outras coisas, ajuda a juntar pessoas de diferentes sensibilidades, nacionalidades, origens culturais. Juntar é sempre melhor do que dividir. A "pátria" de cada um terá sempre diferentes nuances e cumplicidades: familiares, políticas, históricas e estéticas - porque é que haveremos de estar sempre a querer afirmar a nossa originalidade "pessoal"? Essa experiência de unidade (na bancada de um estádio) é fascinante, mesmo com a reserva de quem não prescinde da racionalidade a olhar o mundo - não há perigo de diluição.
Pobres de espírito são aqueles que, de bicos de pés, na sua mediocridade, se acham superiores a tudo isto.
Aos mais renitentes, aconselha-se a que durante o campeonato do mundo de futebol, em vez de se sentarem em frente à televisão a remoer, leiam livros, muitos livros. Desse modo, no fim, nos entenderemos melhor certamente.



7 comentários

Sem imagem de perfil

De passante a 20.11.2022 às 20:31

O futebol é importante nas nossas vidas porque


ocupa pessoas que de outro modo se poderiam dedicar a actividades muito mais nocivas à sociedade.


"Not to put too fine a point on it", como dizem no Katar.





Sem imagem de perfil

De Anonimo a 21.11.2022 às 09:12


Há ainda assim alguma diferença entre o futebol da "Copa" do Mundo e o futebol jogado ao Domingo pelos amigos, ou durante o Natal na zona de ninguém.
Isto é entretenimento, e negócio. Porque o primeiro é o segundo.
Entrando no caminho da demagogia, e porque há gente que não merece muito mais, aos activistas do clima, aconselho irem manifestar-se para a China e Índia, grandes poluidores com pouca vontade de o deixarem de ser, até porque por essas bandas eles adoram o direito à indignação; aos dos direitos humanos, igualdade de género e derivados, têm muito por onde escolher, Irão é um bom destino actualmente, mas sempre podem ir para África ou Ásia impedir a recolha do nocivo lítio. Mas convém não irem de avião, que polui muito.
Sem imagem de perfil

De balio a 21.11.2022 às 09:52


a experiência de unidade (na bancada de um estádio)


Eu já estive em diversas bancadas de estádios, a apoiar a seleção ou o meu clube, e não tive qualquer experiência de unidade. Está bem que estamos lá todos com o mesmo objetivo de apoiar, mas somos mesmo assim muito diferentes.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.11.2022 às 11:31


João Távora,
Será que Vexa é um dos pobres em Espírito?
Sem imagem de perfil

De sm a 21.11.2022 às 14:25

É golo, é golo,
É golo, é golo, é golo,

Golo de Portugal, goooooooollllooooooo ... Ró, ró, Ronaldo ...

Vestido a rigor com o thobe e ghutra cobrindo-lhe a cuca lé-lé, o sáfaro belenense abraça-se ao caneco seboso e festeja:

- Conseguimoooooooos ... Somos os melhores do mundo. Quatrocentos vai ser pouco!

Na porciúncula endividada as ronaldetes sonham com um Ronaldinho e os ronaldetes roem-se de inveja grátis com a Mayorga.

Nando Santos, esse, acredita no empate.
Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 22.11.2022 às 07:35

"Pobres de espírito são aqueles que, de bicos de pés, na sua mediocridade, se acham superiores a tudo isto" 

Pontapé em cheio na canela de Pacheco Pereira 
Sem imagem de perfil

De Anonimo a 22.11.2022 às 08:34


Há para todos os gostos.
Os ofendidos que não vão ver, os pragmáticos que se sentam no sofá como se nada fosse (afinal, houve Jogos em Pequim, e Mundial na Rússia, sem todo este espalhafato), e os que vendo o mínimo, fazem as suas acções de sensibilização (de preferência no conforto das redes sociais usando o seu telemóvel feito na China com lítio escavado nos confins de África).



Futebolisticamente falando, e sabendo que o Infantino é outro f d p na linha dos anteriores líderes da FIFA, que quer é guito, não deixa o careca de ter alguma razão na exposição da hipocrisia. O que realmente está em causa não são os direitos humanos ou a escravatura (a China também a tem a grande escala), mas sim o país em si enquanto organizador. E até hoje nunca vi alguém tentar boicotar o PSG, ou recusar o seu dinheiro.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • entulho

    na minha aldeia, ex-vila acastelada da Casa do Inf...

  • Anónimo

    Se reparar, caro Sr., não divergimos assim tanto e...

  • Marques Aarão

    Por associação de ideias arrisco uma das frescas d...

  • Anónimo

    E, como disse, partem e nunca mais regressam!

  • henrique pereira dos santos

    Vê-se bem que o senhor anónimo não partilha os meu...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2007
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2006
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D