Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Públicos vícios

por João Távora, em 04.02.20

Público.jpg

A defesa da liberdade de expressão é sem dúvida uma prioridade inalienável para a salvaguarda duma nação que queremos dinâmica, inclusiva e dialogante. Mesmo que dessa liberdade emerjam os mais ignóbeis discursos de ódio e uma sempre perigosa conflitualização do debate político – essa é, sabemo-lo, a grande fragilidade da democracia. Que tal radicalização seja inevitável nas redes sociais, em que tantos bons chefes de família perdem a compostura por dois minutos de fama, e que o mais das vezes se assemelham a uma malcheirosa e barulhenta taberna onde sobressaem as mais sonoras, excêntricas e ultrajantes boutades, entende-se. Agora, o “cartoon” duma tal Cristina que caricatura o símbolo do CDS associando-o a uma cruz suástica publicado no domingo pelo Público só vem confirmar a casa mal frequentada em que há muito se tornou esse jornal, cuja redacção mais parece uma extensão do esquerda.net.

Tags:



5 comentários

Sem imagem de perfil

De pitosga a 04.02.2020 às 20:57


João Távora,
Eu detesto e odeio gentes e coisas reles. Mas é o que esta malta é. Não vale a pena aborrecer-mo-nos.



Uma das minhas tentativas de explicar isto é que, com as sucessivas invasões 'bárbaras', aqueles povos que fugiam da miséria na Ásia (como é humano) iam-se assenhoreando da Europa pela força. A Igreja (sempre dando primazia aos inteligentes) ensinou-lhes agricultura, meteorologia, pastoreio, cristianismo e outras coisas. E com os conventos e com as universidades, construiu uma Europa.



Os mais fracos, os mais manhosos (em todas as acepções da palavra) foram fugindo à frente dos bárbaros. Vieram parar aqui (aquilo que meu Pai chamava o cu da Europa) porque já só tinham o Oceano pela frente.

Não fora os chefes (Reis) dos 200 anos iniciais, tínhamos ficado como os catalães: servos para toda a obra.
Sobretudo desde que Dom Dinis, politicamente, absorveu o saber e os dinheiros dos templários,
No estilo do Prof. Saraiva, eu acredito que Jacques d’Euse, bispo do Porto e depois Papa João XXII, era bem conhecido de Dom Dinis, o que aplainou uns aborrecimentos.

E por aqui me fico,


PS (lagarto, lagarto): se toparem com erros escrevam-me



ao
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.02.2020 às 11:27

https://youtu.be/31oEGgCpbv8 ver Youtube e meditar....



A.Vieira
Sem imagem de perfil

De EMS a 05.02.2020 às 13:36

O cartoon até está bem elaborado:

Um partido chamado “Centro Democrático Social” tem como logotipo um ponto central e duas setas a apontarem para esse mesmo ponto, indicando a ideia de centralidade.
Mais tarde, num formato semelhante aos psicotécnicos, esse logótipo tal como o partido que representa, vai evoluindo cada vez mais para a direita.

Finalmente chega a uma fase em que um dos dirigentes desse partido tece loas a Salazar, á PIDE e um comentário que dá a entender que não simpatiza com o acto de salvar judeus do holocausto.


Quem não sabe onde anda o tal cartoon pode aprecia-lo aqui:
https://twitter.com/Publico/status/1224656533222567936
Sem imagem de perfil

De pitosga a 05.02.2020 às 17:19


Se esta Exa pensa que Salazar não simpatizava com os judeus, nada sabe da história recente (com Aristides & Cia), nem da passada.  Pelo que escreve, uma besta.
ao
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 05.02.2020 às 16:41

Neste post, não entendo o que é que a crítica ao cartoon tem a ver com a dissertação sobre a liberdade de expressão.
É evidente que o facto de o João Távora não gostar do cartoon (e muitíssima gente não gosta de muitíssimos cartoons) não significa que o João Távora pretenda proibir a publicação dele, nem de qualquer outra forma ofender a liberdade de expressão.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Felizmente Deus não "raciocina" como os humanos. ...

  • Anónimo

    Estou a salvo, pois já praticamente não vejo os ca...

  • Pedro Oliveira

    TV Isganiçada

  • Anónimo

    Faça como eu,ultrapasse-os,as ou baipasse-as,os.Nã...

  • Anónimo

    "A televisão actualmente passou a ser um veículo d...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D