Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os Gregos que paguem a vacina!

por José Mendonça da Cruz, em 25.01.15

Syriza quase na maioria absoluta. Força, Syriza! Força, Tsipras! Só mais um esforçozingo, Gregos, vá lá! Syriza à absoluta, já!

(e sim, coitados dos Gregos, mas se foram eles que votaram, então com toda a justiça antes eles que nós)


8 comentários

Sem imagem de perfil

De manuel branco a 25.01.2015 às 20:33

Estou a léguas de ter simpatias por quem ganhou na grécia. mas esta ideia da vacina, a tal de Kissinger em 1975 que carlucci evitou, pode sair cara.


não sou cristão como o João távora, estou-me nas tintas para o próximo que não conheço, não vou em graças do Senhor que está lá em cima, mas tenho sempre na cabeça que o mal que se deseja aos outros cai-nos sempre em cima como um pedregulho. isto de aprendizes de feiticeiro...como dizia burke, a política não é geométrica.
Sem imagem de perfil

De João. a 26.01.2015 às 00:58

A direita odeia actos de liberdade. Odeia que os gregos tenham tido coragem. Odeia a ideia de que este acto de liberdade dê bons frutos. A direita só gosta de carneirada da troika.
Sem imagem de perfil

De carneiro a 26.01.2015 às 09:16

A direita adora a liberdade de cada um fazer o que lhe der na real (ou plebeia, que até nisso se respeita a liberdade de cada um) gana, desde que se assuma a responsabilidade pela respectiva escolha.


Não estou a ver os contribuintes portugueses a dar saltos de alegria quando tiverem que pagar mais impostos para garantir na Grécia as promessas de "salário mínimo a € 751" e "electricidade gratuita para 300 mil famílias, até ao limite de 300KW/mês".
Mas, enfim, tudo é possível, pois que a inteligência vive  exclusivamente à esquerda, como está cientificamente comprovado.
Sem imagem de perfil

De João. a 26.01.2015 às 18:04

A direita despreza os intelectuais de modo que não admira que a estupidez corra com mais facilidade no seu campo. 


Para a direita os credores não são homens de negócios que portanto também se expõem ao risco e ao erro de julgamento, os credores para a direita são santos sacrificados a quem o devedor deve a sua vida e a de sua família. Se tiver de morrer mais gente dada a decadência dos serviços de saúde, que morra, se tiverem mais jovens de abandonar a escola mais cedo para tentar ganhar algum dinheiro para a família, que abandonem, se tiver que duplicar o desemprego que duplique, se tiver que aumentar a dívida que aumente, se tiver que emigrar em massa que emigre. 


O que não se pode é trazer incomodos ao credor, quer dizer, ao santo.
Sem imagem de perfil

De carneiro a 26.01.2015 às 20:50

Tem plena razão. A Direita é estúpida. Por contraposto à Esquerda que é intelectualmente sobredesenvolvida.
Ademais, estas realidades são verdades científicas  estabelecidas há muito.
Se dúvidas houvesse, o seu comentário ilustra que baste.
Sem imagem de perfil

De João. a 27.01.2015 às 01:44


I desire to make a brief explanation in reference to a passage which the right honourable Gentleman has quoted from a portion of my writings, and which has some appearance of being less polite than I should wish always to be in speaking of a great party. What I stated was, that the Conservative party was, by the law of its constitution, necessarily the stupidest party. (Laughter.) Now, I do not retract this assertion; but I did not mean that Conservatives are generally stupid; I meant, that stupid people are generally Conservative. (Laughter and cheers.) I believe that to be so obvious and undeniable a fact that I hardly think any honourable Gentleman will question it. Now, if any party, in addition to whatever share it may possess of the ability of the community, has nearly the whole of its stupidity, that party, I apprehend, must by the law of its constitution be the stupidest party. And I do not see why honourable Gentlemen should feel that position at all offensive to them; for it ensures their being always an extremely powerful party. (Hear, hear.) I know I am liable to a retort, an obvious one enough, and as I do not intend any honourable Gentleman to have the credit of making it, I make it myself. It may be said that if stupidity has a tendency to Conservatism, sciolism and half-knowledge have a tendency to Liberalism. Well, Sir, something might be said for that -- but it is not at all so clear as the other. There is an uncertainty about half-informed people. You cannot count upon them. You cannot tell what their way of thinking may be. It varies from day to day, perhaps with the last book they have read, and therefore they are as likely to prove Conservatives as Liberals, and as likely to be Liberals as Conservatives. They are a less numerous class, and also an uncertain class. But there is a dense solid force in sheer stupidity -- such, that a few able men, with that force pressing behind them, are assured of victory in many a struggle; and many a victory the Conservative party have owed to that force. (Laughter.)


John Stuart Mill.


http://www.volokh.com/posts/1077116092.html

Sem imagem de perfil

De carneiro a 27.01.2015 às 11:11

Claro que estamos de acordo.
Repito: é uma verdade científica assente e facilmente demonstrável.
 Peço-lhe que me perdoe.
Sem imagem de perfil

De Seca Adegas a 26.01.2015 às 01:22

bebam uma da CARTUXA, que a azia passa.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D