Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Os donos disto tudo

por João Távora, em 21.07.20

Os donos disto tudo..jpg

O lugar do Partido Socialista é de tal forma hegemónico no regime que há momentos em que a disputa interna entre os seus dirigentes e suas tendências é politicamente mais relevante que a disputa desse poder com os líderes da oposição. Pedro Nuno Santos que em boa hora se desfez do seu Porsche já afronta António Costa pela esquerda, numa linguagem que se aproxima do bloco, demarca-se do apoio a Marcelo nas presidenciais. Mais social democrata é o Fernando Medina, pragmático promotor de eventos, gestor de estacionamentos e ciclovias, está a construir o seu curriculum numa grande câmara municipal como fez Rui Rio que nesta luta por São Bento arrisca  a tornar-se irrelevante. Ou algo muda depressa ou tudo irá resolver-se no Rato, até a distribuição dos milhões de Bruxelas.



8 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.07.2020 às 15:26

Ruidoso e Preocupante Silêncio
21 de julho 2020
no blog Blasfémias


Vejam e divulguem.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.07.2020 às 17:48

Um dia destes a corda parte. A recebida distribuição dos milhões já vai quase em meio século. Quem não aprende com os erros passados....
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.07.2020 às 18:32

" O fado vadio dos últimos 45 anos... "


para ler no blog portadaloja, dia 21 de julho 2020


E são estes os donos disto tudo. Os mesmos de sempre
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.07.2020 às 18:38

(cont.)


Se não houver paciência e tempo para ler aquele post, (do referido blog) aconselha-se uma vista de olhos pelos títulos dos jornais da época. 
E foi assim que se "consolidou" a nossa "democracia". Tudo com aspas.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.07.2020 às 19:49

Numa linguagem que é do bloco.
Sem imagem de perfil

De voza0db a 21.07.2020 às 22:27

Continuem a votar em salafários e a berrar!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 21.07.2020 às 23:32


Segundo este estudo -com algum exito- de 50 em 50 anos a sociedade perde a paciência com o sistema. Uma questão de geracional, o fora de prazo. O pão deixa de dar para todos e ninguém se lembrou de dar bolachas ao pessoal. "Chatice", dizia a Antonieta. Curiosamente:

1974 - 1926 = 48

2020 - 1974 = 46
Dá que pensar. 



https://www.the-sun.com/lifestyle/tech/1173505/genius-predicted-us-upheaval-2020-years-ago/
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.07.2020 às 08:45

E os  ddt  estão cada vez mais à vontade, à vontadinha, com aquele sujeito da "oposição" fazendo coro com eles, dispensando-os de serem escrutinados quinzenalmente _ o que os obrigava a responder às questões colocadas pelos deputados. Convém não esquecer que os deputados são os nossos representantes, estão lá para serem a "voz" dos eleitores.  Se não vêem a gravidade... 
Parece que estamos a caminho de ficar sem "pio".


Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • José Carlos Menezes

    No mundo de tolerância e integração, para que a so...

  • Anónimo

    pm pedinte profissional sempre de mão pronta a rec...

  • Anónimo

    Já se adivinhava que mais tarde ou mais cedo havia...

  • Anónimo

    sonham com o regresso de che e de dani vermelho nu...

  • Anónimo

    PR, pm, muitos ecos não passam de meninos citadino...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D