Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Voto Inútil

por Vasco Mina, em 04.05.14

 

António José Seguro apelou ao voto útil para que o “PS possa oferecer uma alternativa ao país e ao mesmo tempo censurar nas urnas este Governo e este primeiro-ministro”. Ou seja pede aos portugueses que esqueçam o motivo destas eleições (o Parlamento Europeu e as questões europeias que lhe estão associadas) e votem como se de eleições legislativas se tratasse o voto no próximo dia 25 de Maio. Em boa das verdades o líder do PS nada tem dito sobre a Europa ou o que diz não passa de wishful thinking tipo “A Europa tem de ser mais solidária” ou sobre a mutualização das dívidas públicas (que nem todos os socialistas europeus acompanham). Mas admitamos, como mero pressuposto, que o que interessa exclusivamente, neste próximo acto eleitoral, é a avaliação do Governo da atual maioria parlamentar. Assim sendo, qual a proposta de valor político que o PS apresenta? Quais as medidas alternativas às implementadas e anunciadas (como é o caso das que foram incluídas no DEO) pelo Governo? Qual a estratégia para a redução da dívida pública? Quais as despesas que serão objecto de futuro corte no Orçamento de Estado? Quais as medidas para a reforma da Segurança Social? Vão baixar os impostos? É que sobre tudo isto o que ouvimos por parte do PS é um vazio total. É verdadeiramente este o drama do nosso país e dos portugueses: pior do que as soluções governamentais só mesmo a falta de alternativas na oposição. Por isso o voto em António José Seguro é totalmente inútil pois não acrescenta nada e nem alternativa credível consegue ser. Não votar no PS é que se torna voto útil pois poderá conduzir à demissão do seu líder e dar espaço à candidatura de António Costa. Teríamos, assim, em 2015, uma disputa eleitoral entre Passos Coelho e o atual Presidente da CML. A concorrência não é apenas uma vantagem em economia, é também na política!



2 comentários

Sem imagem de perfil

De taawaciclos a 04.05.2014 às 21:02

O único voto útil que existe actualmente é simplesmente não votar! Continuar a votar em salafrários (seja PSD/CDS/PS... Dos outros que nunca governaram ainda não se pode afirmar o mesmo, mas como são meros títeres, assim que lá aterrassem já era!) é apenas sinal de duas coisas: Ou se é salafrário e se está a ganhar algo (directa e indirectamente) ao votar neles, ou se é estúpido!
Sem imagem de perfil

De Carlos Leiria Pinto a 05.05.2014 às 00:53

Analise e comentário totalmente certeiros ! É a triste realidade da actual oposição.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    https://observador.pt/opiniao/o-povo-merece-a-arro...

  • Anónimo

    Acho que está enganado: os portugueses são uns pap...

  • Anónimo

    “With COVID-19, the inflammation goes haywire, and...

  • Anónimo

    A história analizará o desempenho de Centeno como ...

  • Anónimo

    Neste caso, de esta pandemia, óbviamente que não s...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D