Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O voto anti-sistema

por Vasco Mina, em 10.05.14

O Miguel Sousa Tavares deu uma entrevista ao jornal “i” e que foi hoje publicada. Tal como acontece com qualquer entrevista, concordo com certas opiniões e discordo de tantas outras. Destaco, para dar início a este post, a seguinte afirmação: “Só há uma coisa que nunca fiz: deixar de ir votar. Nulo também nunca votei. Não é um voto político, é um voto anti-sistema, e eu não sou anti-sistema. Sou pela democracia.” Não posso estar mais de acordo e, especialmente, quando celebramos os 40 anos do 25 de Abril. A democracia assente num sistema parlamentar tem várias desvantagens, está longe de ser a solução ideal e é geradora de graves problemas. Para os mais desatentos basta olhar para a solução constitucional que vigora em Portugal: os partidos políticos são entidades decadentes representando cada vez mais poderes e obediências ocultos, o Presidente da República está longe de ser o Presidente de todos os portugueses e elemento de unidade nacional, a Assembleia da República com um prestígio que se degrada ao longo do tempo, a participação política dos portugueses que está no grau zero,… Mas, com todos estes defeitos, prefiro viver assim do que em ditadura e prezo muito a liberdade que ainda tenho, nomeadamente a de escrever neste blog sem censura e não sendo perseguido por qualquer polícia. Pode parecer óbvia e até sem sentido esta minha opinião mas olhando para o Mundo onde vivemos sou um felizardo por ter nascido e vivido neste Portugal e nesta Europa que conhecemos. Estou satisfeito com o sistema que temos? Não, não estou! Estou disponível para uma revolução tão desejada por Mário Soares e os militares de Abril como Vasco Lourenço e Otelo Saraiva de Carvalho? Também não estou! Por tudo isto irei votar nas próximas eleições para o Parlamento Europeu e não porque a “oferta” partidária seja estimulante ou porque se estejam a debater as questões europeias mas tão somente porque, como bem refere MST, não sou anti-sistema. Esta é uma questão central nos dias que correm: ser ou não ser do sistema! É que não se pode querer sol na eira e chuiva no nabal , ou seja, querer que o sistema se reforme sem nele participar!



1 comentário

Sem imagem de perfil

De Flic Flac a 11.05.2014 às 01:08

Não fala com Cavaco nem Barroso, mas cala-se quanto a Sócrates?!!! Hum!....

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D