Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O que une a IL ao BE

por Vasco Mina, em 06.03.21

Soubemos hoje que a Iniciativa Liberal decidiu não se juntar à candidatura de Carlos Moedas à Câmara Municipal de Lisboa. Uma decisão que se respeita mas que se lamenta. Temos, à direita do PS, uma candidatura que tem uma elevada probabilidade de vencer as eleições autárquicas em Lisboa e retirar o poder socialista da capital do País onde se encontra instalado há cera de 14 anos. Convém, a propósito, lembrar que o Presidente da Câmara é o primeiro da lista mais votada. Ou seja e ao contrário de um Governo (Nacional ou Regional) quem ocupa o lugar não está dependente (ou estar suportado) de acordos entre partidos. Poderá não ter maioria absoluta (como hoje acontece com Fernando Medina) no executivo camarário mas o presidente, em qualquer cenário eleitoral, é o que recebeu mais votos. Segundo Cotrim de Figueiredo o objectivo da IL é “tirar da Câmara o Partido Socialista que há 14 anos a governa e o atual presidente”. Ora o presidente da Iniciativa Liberal ou desconhece por completo o processo eleitoral autárquico (e acha que pode governar a CML em situação similar à dos Açores) ou tem por ambição conseguir um lugar na vereação e então negociar com o PS a introdução de propostas liberais na ação camarária. Tal como o faz o BE! Também a extrema esquerda tem o mesmo propósito pois sabe que jamais ganhará a Câmara mas quer influenciar o poder instalado.

Acompanho muitas das propostas da IL para a governação de Portugal e entendo que foram e são um contributo importante para a necessária diversidade política do espectro partidário. Mas custa assistir tanto alinhamento com o BE como já aconteceu com: a eutanásia, as barrigas de aluguer, a oposição ao Estado de Emergência e à abordagem da prostituição (ambos defendem a profissionalização).



11 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.03.2021 às 20:57

Boa noite, assino por baixo. Saúde.
António Cabral
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.03.2021 às 21:44

Também subscrevo. Esqueceu-se de acrescentar que a IL defende a liberalização de algumas drogas. 
APonte
Sem imagem de perfil

De Terry Malloy a 06.03.2021 às 22:45

São um equívoco. 


Entenderam pouco, e mal, que o liberalismo que nos falta para chegarmos onde sonhamos estar é o económico, e não o de costumes.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.03.2021 às 20:07

Não podia estar mais de acordo consigo. Não adiro à IL e nunca votarei neles e uma data de gente que conheço pensa o mesmo, precisamente por causa da liberalização dos costumes. Para parecerem muito coerentes, ou seja, liberais em tudo. Era perfeitamente dispensável meterem nesse assunto dos costumes e agendar isso no programa foi um erro que só os tem prejudicado. Há pessoas que se recusam a votar num partido que vêem ao lado do Bloco.  Incluo-me nesse número. 
Os portugueses sé querem o liberalismo na economia, nas medidas de incentivo à iniciativa privada e de resto que os deixem viver em paz e que ninguém lhes regule a vida. Resumindo: deitaram fora o bebé  com a água do banho. Mas por que raio se meteram por atalhos, quando do que nós precisamos com urgência é de liberalismo económico?
Não habia nexexidade!
CR
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.03.2021 às 03:19

Veem como agora me estão a dar razao acerca do iniciativa lixeiral,esses gajos sao actualmente os maiores esquerdalhos xuxas da terreola,e o pnr e o dos ciganos não diferem muito. Para mudar isto aqui tem que se eliminar o sistema e o sistema é esperto e pôs palas nestes partidos todos da treta,o espelho disto tudo é o povoleu estupido decadente debochado e parolão sem moral.tudo xuxas e nada mais ! Isto nunca mudará nada . NUNCA !
Imagem de perfil

De SAP2ii a 07.03.2021 às 05:43

Vasco Mina insiste em não compreender o Liberalismo e o CHEGA. Erra.
Imagem de perfil

De SAP2ii a 07.03.2021 às 06:10

A ortodoxia Liberal é uma ilusão. Não serve para o futuro de Portugal

(ver SAP2ii em https://delitodeopiniao.blogs.sapo.pt/pensamento-da-semana-12381213?page=2#comentarios )

Sem imagem de perfil

De balio a 07.03.2021 às 10:20

Não há alinhamentro da IL com o BE. Há simplesmente dois partidos que, em temas muito específicos e de importância relativamente reduzida, têm as mesmas opiniões.
Quanto à candidatura a Lisboa, é a decisão correta, tendo em vista que a IL tem em Lisboa as suas melhores votações e a capacidade de ganhar um ou até dois vereadores nas urnas, ao contrário de outros partidos que não têm sozinhos a capacidade de eleger ninguém e que por isso se metem na barriga de aluguer do PSD.
Eu, como membro da Iniciativa Liberal, votarei muito confortavelmente na sua candidatura, mas dificilmente votaria na do PSD.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.03.2021 às 18:20

Um grande favor da Iniciativa Liberal ao socialismo português. Lamentável. 
Sem imagem de perfil

De lucklucky a 08.03.2021 às 01:07


Fazem muito bem em não se aliarem aos Socialistas do PSD. 

Qual foi a vez em que o PSD no governo não aumentou impostos e poderes do Estado?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 08.03.2021 às 04:03

Parece-me que não compreende o significado de liberalismo. É pegar no bloco de esquerda e reduzir ao máximo o estado. Não é direita nem esquerda, muito menos centro, mas sim uma mistura de extremos. É john stuart mills basicamente.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Neve da Bélgica à Turquia. Em Portugal desde o fim...

  • Anónimo

    E para não deixar morrer o assunto, um texto escla...

  • Jose

    Ontem, já era tarde. Urge a necessidade, até para ...

  • Jose

    Esses acontecimentos começaram a 19 de Abril, con...

  • Anónimo

    Os nossos governantes já deixaram de governar para...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D