Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O que irão tapar a seguir?

por Vasco Mina, em 26.01.16

Roma tapou estátuas de nus em sinal de respeito pelo presidente do Irão

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



6 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 27.01.2016 às 09:54

Não sei se irão tapar algo mais, mas certamente que ao jantar tiveram o cuidado de lhe servir comida halal e evitaram a carne de porco.
Eu frequentemente ando por minha casa em roupa interior, mas quando recebo uma visita tenho o cuidado de me vestir decentemente. Penso que qualquer pessoa sensata faz o mesmo. Provavelmente o Vasco Mina também. Faz parte das boas relações.
Sem imagem de perfil

De Joaquim Amado Lopes a 27.01.2016 às 14:20


Luis Lavoura,
Se sua a visita fôr um islâmico, a sua esposa veste uma burka e janta na cozinha com as crianças depois de servir o Luis Lavoura e a visita na sala de jantar?
E se o Luis Lavoura visitar esse seu conhecido, a esposa dele janta convosco ou o Luis Lavoura não se sente ofendido por uma mulher ser tratada como um ser inferior?


Cada um ofende-se com o que quer. Aquilo que nos ofende e aquilo a que nos submetemos mostra quem somos.
A atitude das autoridades italianas envergonha a Itália e ofende qualquer pessoa com um mínimo de sentido de dignidade.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 27.01.2016 às 14:41

Os muçulmanos nada têm contra estar sentados à mesa com uma mulher.
A minha mulher vai frequentemente a talhos muçulmanos, leva a cabeça descoberta, é bem servida e nada criticada.
Não sei de que forma é que os muçulmanos tratam as mulheres "como um ser inferior". Talvez o J.A.L. (que, suspeito, tenha bem menos experiência de convívio com muçulmanos do que eu) me possa esclarecer.
Sem imagem de perfil

De Joaquim Amado Lopes a 27.01.2016 às 16:14


Luis Lavoura,
"Os muçulmanos nada têm contra estar sentados à mesa com uma mulher."
Nem todos. Na realidade, a maioria nada tem contra homens e mulheres comerem à mesma mesa ou as mulheres ocidentais andarem andarem com a cabeça descoberta. Mas alguns têm e actuam - na medida das suas possibilidades - de forma a impedi-lo.


Como é óbvio, as perguntas que lhe coloquem presumiam que o muçulmano em questão fosse um dos muitos que fazem questão em não aceitar as mulheres como seus iguais. Mas compreendo que não possa responder de forma minimamente defensável e que esteja conforme o que escreveu antes.


Se acha que nenhum muçulmano trata as mulheres como seres inferiores, então é deliberadamente "ignorante" da realidade que não está conforme o ponto de vista que lhe interessa defender a cada momento.


Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 27.01.2016 às 16:26

"nenhum muçulmano trata as mulheres como seres inferiores"

É claro que isso não é verdade. Também há alguns judeus (os ultra-ortodoxos) que tratam as mulheres como seres inferiores. Mas não se pode tratar o todo como uma (pequena) parte.

Além disso, há que não confundir tradições sociais com tradições religiosas. Não há nos textos fundamentais do Islão qualquer base para que as mulheres sejam tratadas como seres inferiores. Isso não impede, claro está, que algumas sociedades islâmicas o façam.

Mas certamente que não a iraniana, que é uma sociedade razoavelmente avançada.
Sem imagem de perfil

De Joaquim Amado Lopes a 28.01.2016 às 15:42


Luis Lavoura,
'É claro que isso ("nenhum muçulmano trata as mulheres como seres inferiores") não é verdade.'Ou seja, recusou responder às perguntas que lhe coloquei com um argumento que agora diz não corresponder à verdade.


Em termos de honestidade intelectual estamos conversados. No resto, não vale a pena conversar com quem revela tamanha falta de honestidade intelectual.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Por isso desenvolve sistemas de fiscalização para ...

  • Nuno

    "Descobri-o" quando li "Portugal: Paisagem Rural" ...

  • Anónimo

    Sr.Lavoura como de costume só lavouradas!A "famigl...

  • Anónimo

    devem ter  importado parte das noivas de Sant...

  • Anónimo

    as pessoas não existem para servir 'o estado a qui...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D

    subscrever feeds