Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O Presidente, o futuro PM e a desinformação suicida

por José Mendonça da Cruz, em 11.07.19

1. Os factos. O embaixador de Inglaterra nos EUA, Kim Darroch, que se entretinha a dizer em círculos diversos de Washington que o Brexit, a política do seu governo, era um desastre, enviou para Londres um despacho a dizer que o Presidente americano era «inepto», «inseguro» e «singularmente disfuncional». Azar, o texto que deveria ser confidencial transpirou para a imprensa. Ora, o Presidente americano não é uma figura decorativa como outros Chefes de Estado, ele é o chefe do executivo; a «relação especial» Reino Unido - EUA sempre foi uma pedra de toque entre os dois países, e ela é ainda mais crucial para Londres, agora, em vésperas de Brexit. Donde resulta que a demissão do embaixador era uma necessidade e uma evidência de política externa. O putativo futuro Primeiro-Ministro inglês, Boris Johnson (antigo diretor da Spectator, autor de uma biografia sobre Churchill, antigo presidente da Câmara de Londres, antigo ministro dos Estrangeiros, e Membro do Parlamento), recusou-se, portanto, a defendê-lo num debate com o outro candidato, Jeremy Hunt, que não será Primeiro-Ministro -- decerto por coisas como esta.

2. As cabecinhas formatadas. Acontece que os jornalistas, digamos assim, dos orgãos de informação, assim digamos, portugueses têm sobre a mesa ou gravado nos escassos neurónios um manual que diz que tudo o que é americano é mau, que se for republicano é pior, e que Trump, sobretudo por causa dos excelentes indicadores económicos e sociais do seu mandato, é péssimo. E que qualquer outro governante que não seja socialista é no mínimo «excêntrico» e normalmente «xenófobo e de extrema-direita».

3. A versão progressista. Sendo assim, a notícia em 1., depois de passada pelas cabecinhas em 2., sai assim:

- que o embaixador Kim Darroch está a ser perseguido por dizer a verdade;

- que Boris Johnson não o defendeu e está «a ser alvo de fortes críticas».

- ponto final.

A versão é confrangedoramente lacunar e medularmente estúpida. Mas é a que passa em jornais e telejornais portugueses. Os quais, pressupondo a estupidez dos espetadores, vão aplicando a vulgata e dando tiros nos pés todos os dias, enquanto todos os dias se queixam das «redes sociais» e do que eles julgam que são fake news.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 11.07.2019 às 15:10


Exacto. Os profissionais da comunicação social portuguêsa sabem muito bem que tipo de personagem era o Embaixador do Reino Unido nos EUA, Kim Darroch.
O problema é que exite alguém com poder para ordenar qual a mensagem que se difunde em Portugal sobre Trump, os EUA e a direita em geral, como bem escreve.
Sobre outros temas que desagradam às esquerdas, diga-se.

Alguém tem poder para melhor pagar o que se pode publicar ou poder para amedrontar os donos da comunicação social.
Um dias destes saberemos quem são os mandões de isso tudo. 


Sem imagem de perfil

De JP Ribeiro a 11.07.2019 às 21:49

Não me parece que haja mandões escondidos, mas apenas a preguiça de toda uma classe de mandriões auto proclamados de intelectuais, com a cabeça formatada para aceitar o mais fácil e não questionar nunca nada.
Imagem de perfil

De VR a 12.07.2019 às 18:48

Não me parece que seja por perguiça, antes, pelo contrário, penso que têm uma agenda,encomendada pelos ditos partidos.
Sem imagem de perfil

De Octávio dos Santos a 15.07.2019 às 21:05

«Os quais, pressupondo a estupidez dos espetadores, vão aplicando a vulgata e dando tiros nos pés todos os dias»...


Eu diria que quem quer sublinhar o ridículo de outros não deve ser ele próprio ridículo. «Tiros nos pés»? Sem dúvida.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Modas e vontade de ficar bem na fotografia...

  • Anonimus

    Conheci algumas vacas na universidade. Bani-las da...

  • RM

    20 toneladas por ano dá em média menos de 1kg de c...

  • xico

    "A Universidade de Coimbra caminha como dantes pel...

  • Anónimo

    Um animal omnívoro só pode comer capim,qualquer di...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D