Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O PAÍS TEM O QUE MERECE!

por Vasco Lobo Xavier, em 07.02.19

Vejo na comunicação social que Centeno disse hoje no Parlamento que é falso que tenha havido aumento de impostos, justificando a afirmação com a eliminação da sobretaxa de IRS, a reorganização dos escalões do IRS, a subida do mínimo de existência e a descida da taxa do IVA na restauração. Acrescenta que o enorme aumento de impostos ocorreu em 2013 e que os portugueses pagam agora mais impostos apenas porque ganham mais. Teve ainda o topete de se referir a um “alívio fiscal”. É espantoso!

A primeira constatação que se pode fazer é desde logo que o Ministro é um charlatão, para não dizer aldrabão, que a oposição anda ali aos papéis, pois não oferece contestação a este tipo de disparates, e que a comunicação social continua a limitar-se a ser um papagaio, provavelmente a pensar numa futura contribuição do desgraçado contribuinte. Três em um.

Ora bem. A sobretaxa do IRS foi paga ainda agora, em Agosto de 2018, por muito boa gente. Gente da classe média ou mesmo remediada. O mesmo tipo de gente que, não podendo em lado algum do mundo considerar-se rica ou equivalente, paga em Portugal impostos no escalão dos mais ricos. Eu, por exemplo, e para registo de declaração de interesses.
Mexida nos escalões do IRS?!? Mas pensará ele que somos todos parvos? Que somos todos comunicação social? Que somos todos amigos da geringonça e de António Costa? As alterações nos escalões foram mínimas e não alteraram o essencial! Esta malta do PS, que tanto criticou (e continua a criticar, sem pejo nem vergonha) o enorme aumento de impostos numa altura em que o país estava a tentar sair da bancarrota em que o próprio PS o tinha colocado, praticamente mantém a coisa tal como estava! Reponha o PS os escalões que existiam anteriormente, que era o que devia fazer antes de aumentar a despesa!

É verdadeiramente inconcebível que António Costa se ponha a prometer mais aumentos na função pública antes de repor os escalões de IRS que existiam antes da bancarrota; e ninguém se incomoda com isto! A oposição cala-se, a comunicação social acomoda-se, e esta malta socialista diz e faz o que lhe apetece! E ainda se queixam de que a juventude esclarecida fuja do país!

Os portugueses pagam mais impostos porque estão a ganhar mais?!? Este tipo é um mentiroso! Uma enorme fatia dos portugueses está a pagar mais impostos ganhando o mesmo, ou sensivelmente o mesmo, mas apenas porque foram colocados em escalões diferentes de IRS perfeitamente inconcebíveis! Reponha o PS os escalões anteriores à troika, anteriores às alterações de 2013! Se está tudo tão bem, se tanto criticaram as medidas na altura, façam-no agora! Estão há três anos no governo!

Mas o que mais me impressiona é que tenha de ser eu a dizer isto! Eu tenho outra vida, outra ocupação, outro trabalho. Não há políticos na AR ou jornalistas e comentadores sérios na comunicação social que constatem estas evidências, este embuste, esta mentira? Esta geringonça mantém os níveis de impostos anteriores, os escalões de IRS impostos pela bancarrota socialista, e ainda aumenta brutalmente os impostos indirectos, e ninguém se indigna?!? No Parlamento não se oferecem contestações? Na comunicação social papagaia-se a propaganda socialista sem comentário?
Isto é um país miserável, tem o que merece!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



5 comentários

Perfil Facebook

De Antonio Maria Lamas a 07.02.2019 às 07:57

É de facto inconcebível que ninguém se indigne com os disparates e as aldrabices do senhor. 
Enquanto isto se passava no parlamento,  o senhor Marcelo era recebido com pompa e circunstância,  num grupo de comunicação social que se auto proclama de referência e de qualidade, gastando largos minutos de propaganda em auto elogio, não lhe sobrando tempo para coisas sérias. 
Acresce que na véspera,  o senhor Costa dá uma entrevista ao senhor Ferreira, sempre muito critico dos golpes e crimes económicos, mas frente ao senhor, foi muito fofinho.
Começo a pensar que o senhor Costa e os seus capangas, devem ter informações comprometedoras sobre quem os criticam, e assim os vão tendo na mão.  Meto nesta panela a comunicação social, a oposição e o senhor de Belém. Só assim se explica o silêncio sobre as mentiras constantes deste governo. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.02.2019 às 09:30

A frase em que ele alude aos grandes feitos no investimento, dita dois dias antes, é de falsário psicótico. É verdadeiramente extraordinário!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.02.2019 às 10:57

« O MOCHO E O LOBO
...Então o lobo disse-lhe: – Ó amigo, anda cá abaixo que eu não te faço mal. O mocho confiou no lobo e desceu mais um pouco, e então o lobo passou-lhe os dentes e meteu-o na boca »

muralidade
Rio foi comido pelo 'tó poucochinho' 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.02.2019 às 11:22

Artigo e comentário impecáveis e rigorosos.Se as receitas fiscais aumentam, a população diminui, mesmo descontando o aumento do PIB, temos ou não um agravamento dos impostos?O que temos é pura censura do capital dominador dos media, incompetência jornalistica ,dirigentes politicos  sem experiência e sem competência.
Mas a culpa é apenas nossa - dos cidadãos que não se revoltam contra a destruição sistemática do pais.
O regime socialista entregou a independência de Portugal a Bruxelas e a nossa elite dirigente , tal como em 1383 e como em 1580, está feliz e contente.
Os Blogs deviam promover uma conferência sobre a situação dramática em que está Portugal.


Gonçalo Sequeira Braga
Sem imagem de perfil

De António a 07.02.2019 às 13:33

Pensar e fazer contas são duas coisas a que muitos portugueses têm alergia. Se vem na tv e na imprensa é porque é verdade, e está a consciência tranquila. E como a culpa é do PPC mais tranquila fica.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    Não, não, foi o Passos Coelho. Foi o Passos Coelho...

  • Anónimo

    E quem é que estava sentado ao lado dele? E quem é...

  • Anónimo

    VARANDAS É COM LETRA MAIÚSCULA! (CADA UM FAZ O QUE...

  • Anónimo

    Há ursos que chegam a atravessar as paredes das ca...

  • Anónimo

    varandas promove na tv a prata da casa para a vend...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D