Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O futuro cheira a Ryanair

por João-Afonso Machado, em 03.07.20

Depois das furiosas ameaças de Pedro Nuno Santos, o mais tamanqueiro dos nossos ministros, assanhadíssimo em nacionalizar a TAP e reforçar os laços com o povo irmão do BE, eis finalmente algo de novo - uma seminacionalização, um enorme ponto de interrogação. E uma referência de Costa à redução de rotas que só pode deixar o Norte preocupado.

Contas feitas, o Estado abriu mão de 55 milhões de euros (decerto não a reinvestir em Portugal) para adquirir a posição de privados, reforçando em 22,5% a sua. Detém agora 72,5% do capital da nossa transportadora aérea. A seu lado ficaram apenas os próprios trabalhadores (5% das acções) e o império Barraqueiro.

Seria bom conhecer com que intuito, uma vez que se fala já na contratação de um grupo estrangeiro para estudar o futuro e a gestão,o relançamento da TAP!!! Onde estará a famigerada classe dos gestores públicos nacionais, ao longo dos tempos de memórias  tão tristes quão, às vezes, escandalosas?

Tenho para mim, o engenho do grupo Barraqueiro chegaria para relançar a TAP. Demonstraria uma especial sensibilidade para com as demais regiões do País, e mesmo para com as rotas tradicionalmente mais utilizadas. Talvez, até, não deixasse ir tão longe o desemprego na Companhia, que o próprio Costa temeu ocultar e lhe será pesado quando se concretizar.

Mas o Barraqueiro é um grupo privado, estando-lhe, como tal, vedado os louros do sucesso.

Depois "só" falta receber os 1200 milhões de euros vindo da UE para que, em definitivo, a esponja seja passada sobre o descalabro da TAP. É simples. Quase tão simples como a certeza que melhor será irmos ginasticando o ventre para cabermos no desconforto da Ryanair em qualquer voltinha que queiramos dar extra-fronteiras.



5 comentários

Sem imagem de perfil

De voza0db a 03.07.2020 às 21:57


"o relançamento da TAP" terminará desta forma...


https://www.youtube.com/watch?v=mlNeEvXO1Xk (https://www.youtube.com/watch?v=mlNeEvXO1Xk)


Bons voos!
Sem imagem de perfil

De voza0db a 03.07.2020 às 22:09


Para Portróikal a Ryanair até é o ideal. Satisfaz TODA a gente.



Os tugas adoram poluir o Planeta e pagar pouco... Visto!
Os tugas adoram reclamar do mau serviço prestado por voos que sabem que são low-cost... Visto!
Os tugas que trabalham para a Ryanair adoram reclamar das condições de trabalho... Visto!
Os sindicatos (que sugam algum do rendimento dos escravos modernos) adoram companhias como a Ryanair pois só assim conseguem manter o passatempo e ter justificação para faltas... Visto!
Os partidos de esquerda desde o BE ao PCP (partido capitalista português, para quem anda distraído!) adoram ter companhias como esta a operar em Portróikal pois sempre são um chamariz para comícios e festas Setembrinas... Visto!
Os partidos de direita desde o Chega ao PS adoram ter companhias como esta a operar em Portróikal porque servem para debitar lenga lenga contra os partidos de esquerda... Visto!


Acho que o ideal é vendermos a TAP à Ryanair... Aliás vender não que o gajo da Ryanair não é burro!



O melhor é darmos uns 1.200.000.000 €uritos à Ryanair para continuar a voar para o Norte, Lisboa e Algarve... e oferecemos a TAP à Ryanair como gesto de boa vontade.
Sem imagem de perfil

De Francisco Almeida a 04.07.2020 às 03:42


Neeleman tinha 22,5% de uma empresa falida de que, seguindo o curso natural, recuperaria zero ou pouco mais, mas recebeu 55 milhões de euros.
Neeleman era sócio paritário de Humberto Pedrosa que tinha também outros 22,5 mas optou por ficar, sendo claro para todos que sem as ligações com as companhias de Neeleman, o hub de Lisboa ficará muito desvalorizado se não ocorrer o pior e ser na prática substituído por Madrid.
É certo que convinha ao governo que Pedrosa ficasse para poder fingir que não houve nacionalização..., mas qual o interesse de Pedrosa?
Não acredito que tenha sido para defender o interesse nacional, apesar de admitir que ao estilo de Cavaco e Zeinal Bava, Marcello a condecorar Pedrosa possa constituir um atractivo.
O meu dedo que adivinha diz-me que a carreira empresarial de Pedrosa irá ter avanços significativos num futuro mais ou menos próximo e sugeria à imprensa de investigação que vá prestando atenção ao patrão da Barraqueiro. Para isso, talvez Sandra Felgueiras fosse indicada mas cheira-me que se ela se chegar a Pedrosa, chegam-lhe com outra Pedroso (Flor).
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 04.07.2020 às 11:08

não entendo nada da historia da TAP. A empresa tem ns 300 mio de prejuízos, verdade? tem divindade uns3 mil mio de euros, Pro?
Sem imagem de perfil

De Isabel a 04.07.2020 às 11:19

O computador escapou-me e não sei se o meu comentario partiu inadvertidamente. Pois bem, perguntava eu: a TAP tem umas centenas de milhões de prejuízos, certo? e tem uns 3 mil milhões de dividas, tá? e 22,5% do capital da dita foi ou vai ser vendido por 55 milhões, Verdade? Alguém entende? Não pode ser o tal VAL dos cash-flows porque os não há. Não pode ser o valor patrimonial liquido porque ele é muito negativo. Falar do valor de rendimento, só a brincar. Então porque será?

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Carlos Sousa

    E pegando nalgumas palavras do primeiro-ministro, ...

  • Anónimo

    caro senhornestes tempos aburguesados e politicame...

  • Anónimo

    Caro Senhor"Apesar dos frequentes casos de corrupç...

  • Carlos Sousa

    O que me está a causar apreensão não é a DGS fazer...

  • Albino Manuel

    A monarquia espanhola vai aguentar. Derrubá-la é c...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D