Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O corte de 600 milhões nas pensões

por henrique pereira dos santos, em 08.10.19

Ao que me dizem (sei muito pouco sobre o assunto), temos um problema de sustentabilidade no nosso sistema de pensões.

No tempo de Sócrates, o que foi reforçado no tempo da troica, esse era um assunto relevante e esteve quase a conseguir-se tomar medidas que tinham como objectivo dar maior sustentabilidade e segurança ao sistema de pensões.

O problema é que essas medidas implicam a perda de algum rendimento dos actuais pensionistas.

Com isso o PS conseguiu fazer passar a ideia de que Passos (e a direita) queria cortar seiscentos milhões nas pensões. Como em todas as mentiras eficazes, esta ideia tem um fundo de verdade: é mesmo preciso resolver o tal problema dos seiscentos milhões, a parte da mentira é que não é Passos (ou a direita) que quer cortar coisa nenhuma, é a realidade que é o que é, e isso não significa cortar seiscentos milhões nas pensões a pagamento, significa ter coragem para enfrentar o problema e ser impopular por uns tempos.

O argumento pegou de estaca e está de muito boa saúde, como se pode verificar pela análise de Pedro Magalhães ao voto por escalões etários: o PS é esmagador acima dos 65 anos, e "perde" em tudo o resto, ou seja, a vitória do PS é a vitória do medo do futuro que os pensionistas demonstram.

Como base de governo parece-me curto mas, sobretudo como contexto para eventuais problemas decorrentes de uma crise económica, o risco maior é o das expectativas defraudadas se se verificar que realmente há problemas sérios no nosso sistema de segurança social.

Nessa altura não vale a pena argumentar que a extrema direita isto ou aquilo: a responsabilidade por se chegar onde estamos e por nos prepararmos mal para o que pode vir por aí, é essencialmente da esquerda moderada e imobilista que nos pastoreia até ao dia em que as coisas correrem mal.

Nessa altura, como de costume, virão dizer que a responsabilidade é de outros, que bem se esforçaram mas o populismo alimentado pela imprensa e pelos interesses económicos é que lhes boicotou a acção política.

Só que a opção de fingir que não sabem o que se passa para poder ganhar as próximas eleições é vossa, não há maneira de fugir disso.

Autoria e outros dados (tags, etc)




Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Flávio Gonçalves

    Preocupa-me muito mais os "liberais" loucos que po...

  • Anónimo

    O que eu mais desejo é que o André Ventura contrib...

  • jonhy

    CaDA UM DEFENDE OS SEUS INTERESSES. Já Portugal te...

  • Anónimo

    Preso por ter cão, preso por não ter cão?. Pobre T...

  • Anónimo

    O Público, essa folhinha de esquerda, diz hoje que...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D