Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O cabalístico nº 44

por João-Afonso Machado, em 24.05.15

DESFILE.JPG

Não registam os anais, de certeza, outra cela mais conhecida do que a nº 44 do Estabelecimento Prisional de Évora. A História não se faz de acasos, toda ela são misteriosos, por vezes antagónicos, encaminhamentos. Como o que levou Afonso Costa a abandonar velozmente, na madrugada de 4 de Outubro de 1910, o "Quartel-general" da Revolução republicana, num coupé de praça, e a esconder-se no Hotel Central, ao Cais do Sodré.

Alguns tiros de pistola, disparados lá para as bandas de Alcantara, foram o bastante para que o heróico caudilho sustentasse ter sido ferido, necessitar tratamento. Examinando-o, o médico republicano Malva do Vale (o único membro do Directório do PRP presente na Rotunda) «declarou sarcasticamente que ele só tinha no corpo um buraco de nascença e natural».

Os factos e as fontes constam da obra (ed. de Autor) de Eurico Carlos Esteves Lage Cardoso sobre Afonso Costa.

Malva do Vale conhecia bem a "ética" da peça com que lidava. Mas ignoraria que o coupé em que ela fugira era o nº 44...

E 88 meses depois - 2x44 penosos meses depois! - Afonso Costa abandonava definitivamente a governação portuguesa, rumando Paris, o eldorado dos nossos auto-exilados republicanos.

Moral da história: se vais tão depressa, vais dentro.



1 comentário

Sem imagem de perfil

De gato a 26.05.2015 às 22:27

O apontamento é lindo! Desde o início ao termo.
Ainda me pergunto qual a razão de os nossos pulhas fugirem sempre para Paris. Não esquecerndo o Aquilino Ribeiro que estava uns metros depois do Buiça. Todos bons rapazes.
Estive em Paris, por 3 vezes, na adolescência. Fiquei maravilhado. Com as gajas do trotoir. Além de bem arreadas, sabiam andar "de saltos altos", coisa que as portuguesas não sabiam. Mesmo as do trotoir. Mesmo as dos bares elegantes e caros.

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Marega !!!??? a denegrir os portugueses...os afric...

  • Ana Pereira

    Já agora e porque estamos a viver tempos muito per...

  • Anónimo

    Ao perder o poder de emitir moeda própria -o escud...

  • jo

    Nos atuais projetos sobre a eutanásia ninguém quer...

  • jo

    Quais são os poderes do Banco de Portugal?Quando u...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D

    subscrever feeds