Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O burkini e o busílis da questão

por João Távora, em 26.08.16

burkini.jpg

Em boa hora um tribunal francês suspendeu proibição do ‘burkini’ em Villeneuve-Loubet. No entanto as proibições decretadas por vários municípios do sul da França tiveram a virtude de promover no espaço público (redes sociais – entenda-se) a pertinente discussão sobre os costumes muçulmanos e aquilo que a sociedade ocidental está disposta a claudicar no que diz respeito aos valores da dignidade e dos direitos da mulher em nome do multiculturalismo. Só por má-fé ou sectarismo ideológico não se reconhece a barbárie que impera na generalidade das sociedades muçulmanas em relação aos direitos das mulheres, obrigadas a uma posição de maior ou menor subalternidade em relação aos homens. Para tanto não deveria ser necessário referir os exemplos gritantes da Arábia Saudita, da Síria, do Paquistão ou Irão. Infelizmente este importante debate parece não ter obtido prioridade nas televisões e nos media “de referência” em que os comentadores se cingem à reprovação da intromissão do Estado nas liberdades individuais e à teimosa recusa dum confronto entre culturas - inevitável mais tarde ou mais cedo. A defesa da igualdade de direitos das mulheres nos países de cultura judaico-cristã, independentemente da sua origem geográfica étnica ou religiosa, deveria ser a questão prioritária no debate levantado pelo 'burkini'. Infelizmente, pelo contrário, isso é um tabu relativamente ao qual urge insurgirmo-nos.

 

Imagem daqui

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



4 comentários

Sem imagem de perfil

De André Miguel a 26.08.2016 às 20:27

A Siria?! O país que tinha a maior comunidade cristã antes da guerra civil?! Está a referir-se aos costumes actuais, generosidade do EI, certo?
Quanto ao resto do post assino por baixo.
Sem imagem de perfil

De JS a 27.08.2016 às 09:50

Não seria mais saudável, e religiosamente correcto, usar um Biquini mas com a cara tapada, a preceito?.
Afinal o problema é compatibilizar as vantagens do banho, do ar livre, e o anonimato da veraneante!.
Imagem de perfil

De Kruzes Kanhoto a 27.08.2016 às 12:16

Cada um veste o que quer, onde e quando quiser. Mais nada. Pena não terem achado o mesmo quando aquele futebolista português foi incomodado por usar uma camisola com a cara do Franco...
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 29.08.2016 às 10:57

a barbárie que impera na generalidade das sociedades muçulmanas em relação aos direitos das mulheres

Há barbárie em relação a esses direitos em muitas outras sociedades. Especialmente na hindu. E também na sociedade judaica mais conservadora. Porque é que não se fala disso?

As sociedades muçulmanas não são muito diferentes das não-muçulmanas, por exemplo da portuguesa há poucos decénios atrás, neste aspeto.

Singulariza-se os muçulmanos quando este problema não é específico deles. É um problema que tem bem pouco a ver com a religião, usualmente.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Vai acabar como sempre tem acabado desde o sec.XVI...

  • Anonimus

    Se o Trump não quer pagar autoestradas no Iraque, ...

  • Francisco Albino

    E ainda um efeito pouco referido e particularmnete...

  • Anónimo

    a mini-remodelação ficou sem suspensórios por dete...

  • marina

     don mariano deu conta do recado, quero ver q...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D