Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O barulho que seria, se não fosse o Bloco de Esquerda

por henrique pereira dos santos, em 24.11.19

O Bloco de Esquerda gosta de se apresentar como um campeão das políticas de combate ou adaptação às alterações climáticas (embora eu suspeite que poucos dos dirigentes tenham perfeitamente clara a diferença entre políticas de mitigação das alterações climáticas e políticas de adaptação, mas isso agora não interessa nada).

Para quem tenha paciência, pode ler aqui o programa do Bloco nesta matéria, em que se diz logo (embora não me lembre de ver alguém chamar a atenção para a contradição) que não é a aumentar o preço da energia que o problema se resolve.

 Catarina Martins continua agora a insistir na ideia de baixar o IVA da electricidade porque, diz Catarina, "A eletricidade e o gás são um bem essencial de primeira necessidade, a sua descida tem um efeito enorme na economia e também porque para as famílias quanto menos pagarem na conta da luz, mais fica de salário e de pensão".

Há quem não veja grande semelhança entre esta frase e este tweet de Trump "The Democrats’ destructive ‘environmental’ proposals will raise your energy bill and prices at the pump. Don’t the Democrats care about fighting American poverty?", mas claro, é só porque há gente que tem problemas de visão muito graves quando se trata de avaliar as propostas concretas do Bloco em vez de se ficar pela retórica.


24 comentários

Sem imagem de perfil

De Makiavel a 24.11.2019 às 17:16

O que é que quer mesmo dizer com este seu postal?


Não me diga que barafusta contra o ISP alto dos combustíveis mas está contra a descida do IVA para a taxa que estava em vigor antes da troika cá ter entrado?
Imagem de perfil

De henrique pereira dos santos a 24.11.2019 às 21:20


Não me lembro de alguma vez ter protestado contra um ISP alto, pode dar-me uma indicação de onde viu isso escrito por mim, para eu perceber o contexto?
Obrigado
Sem imagem de perfil

De Makiavel a 25.11.2019 às 10:02

Talvez não me tenha expressado correctamente, mas um ponto de interrogação no final de uma frase indica dúvida e não afirmação. Logo, não lhe posso dar uma indicação de onde vi isso escrito por si.

Mas esclareça-me: propõe o combate às alterações climáticas (ou adaptação às alterações climáticas, o que que quiser...) pela via do aumento do preço (ou pelo menos pela não descida) de bens tão essenciais como a electricidade? É que continuo sem perceber o seu postal; ou melhor, percebo que tem um embirração qualquer com o BE, mas tirando isso, não vejo o objectivo. Devo ser eu que não atinjo, só pode.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.11.2019 às 10:45

Sim, a energia é excessivamente barata, face ao trabalho, por isso defendo a transferência da carga fiscal do trabalho para a energia e defendo a transferência da carga fiscal dos factores de produção (trabalho e capital) para o consumo.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 25.11.2019 às 11:15

Exatamente. Muito bem!!!
Os impostos devem desonerar o trabalho (IRS) e o capital (IRC) e passar a onerar sobretudo o consumo (IVA), incluindo certos consumos peculiarmente danosos (ISP e outros impostos especiais sobre o consumo).
É esta a base, já há muito bem definida, para uma economia mais ecológica e com mais emprego.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.11.2019 às 12:45

Já tem um deputado a representá-lo. Um tal de Figueiredo, liberal proclamado cujo facto mais relevante foi ter dirigido um organismo público.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D