Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O barulho que seria, se não fosse o Bloco de Esquerda

por henrique pereira dos santos, em 24.11.19

O Bloco de Esquerda gosta de se apresentar como um campeão das políticas de combate ou adaptação às alterações climáticas (embora eu suspeite que poucos dos dirigentes tenham perfeitamente clara a diferença entre políticas de mitigação das alterações climáticas e políticas de adaptação, mas isso agora não interessa nada).

Para quem tenha paciência, pode ler aqui o programa do Bloco nesta matéria, em que se diz logo (embora não me lembre de ver alguém chamar a atenção para a contradição) que não é a aumentar o preço da energia que o problema se resolve.

 Catarina Martins continua agora a insistir na ideia de baixar o IVA da electricidade porque, diz Catarina, "A eletricidade e o gás são um bem essencial de primeira necessidade, a sua descida tem um efeito enorme na economia e também porque para as famílias quanto menos pagarem na conta da luz, mais fica de salário e de pensão".

Há quem não veja grande semelhança entre esta frase e este tweet de Trump "The Democrats’ destructive ‘environmental’ proposals will raise your energy bill and prices at the pump. Don’t the Democrats care about fighting American poverty?", mas claro, é só porque há gente que tem problemas de visão muito graves quando se trata de avaliar as propostas concretas do Bloco em vez de se ficar pela retórica.


24 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 24.11.2019 às 15:40

Sou totalmente contra a descida do IVA na eletricidade. A energia, para ser poupada, tem que ser cara.
É inaceitável que se pague um imposto brutal sobre a gasolina, ao mesmo tempo que se pretende basicamente eliminar o imposto sobre a eletricidade.
Acho inaceitável que partidos como o PSD e o BE proponham baixar o IVA da eletricidade.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.11.2019 às 19:07

Para ser poupada?
:)


Vou acender uma velinha.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.11.2019 às 19:14

penso exactamente o oposto... 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.11.2019 às 19:17

Também acho que devíamos aumentar o Iva da água, do vinho ... assim também aprendiam a poupar tudo o que é liquido.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.11.2019 às 20:19

O 'avenças' filho de marinheiro tem que botar opinião em tudo. E esta sobre a energia é muita douta. Vai-te catar Lavoura ...
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.11.2019 às 08:47

Venha viver para o interior norte do país e verificar quanto lhe custa aquecer a casa a somente 18 graus. Depois é só fazer as contas - como dizia o AG -  entre pagar 23% de IVA ou 6%.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 25.11.2019 às 10:03

Por acaso tenho uma casa no Centro do país, embora não no interior, que é bastante fria no inverno. Tal como todas as pessoas nessa zona, aqueço somente uma divisão dela (a cozinha), mediante uma salamandra a lenha. Eletricidade, só ocasionalmente.
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 25.11.2019 às 10:12

É um facto que em Portugal há um sério défice de sistemas eficientes de aquecimento doméstico. Basicamente, deixa-se a cada proprietário individual o custo de aquecer a sua casa, o que geralmente conduz à eletricidade.
Só que, a eletricidade é uma péssima opção para aquecer casas. As casas, em todos os países civilizados, aquecem-se mediante caldeiras a mazute, instaladas nas caves e que aquecem todos os apartamentos simultâneamente.
Não é baixando o preço da eletricidade que se contribui para a adoção de comportamentos eficientes. Pelo contrário.
Sem imagem de perfil

De Pedro S a 25.11.2019 às 11:53

Adoção?!

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D