Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O 1º de Maio, o Dia da Sardinha

por João-Afonso Machado, em 01.05.22

Interpreto o facto como um sinal de maturidade dos portugueses: a despolitização dos festejos do Dia da Trabalhador. Que ele exista, que seja feriado, pois porque não? Mas porquê a CGTP "obrigar" os seus filiados a massacrarem-se em manifestações, palavras de ordem, timpanos perfurados por megafones.

Por isso, os meus parabéns aos nossos trabalhadores, cada vez mais autónomos. Lisboa, Porto, Coimbra, tudo uma ténue imagem dos tempos antigos das "jornadas de luta". E como bem disse um entrevistado pela televisão na Capital, no Marquês - «viemos até aqui conviver. Está bom tempo, trouxemos os filhos, hoje é o primeiro dia em que se pode comer sardinha»...

E toca a embrulhar uma lasca dela numa fatia de broa! Na relva, a manta posta, os pasteis de bacalhau, o garrafãozito. Assim, sim!

Depois foi o pitoresco episódio do Secretário-geral Adjunto do PS, acompanhado do Sr. Marques Lopes (???) se aproximar da Secretária-geral da CGTP para uma troca de cumprimentos. Levou sopas - «Pois, obrigado, retribuo, mas estamos para lutar por...» - E toca a desbobinar direitos laborais. Houve réplica, tréplica e quádruplica, mais ainda um articulado superveniente nessa longa e maçadora audiência.

Voltando às sardinhas, o povo "saiu à rua" também para festejar as Mães, o Sol e o fim das restricções anti-covid. Contas feitas, tudo apontando um resultado ligeiramente superior a 2 (=Camarinha+Jerónimo). Apesar da crise, caminhamos para a normalidade humana e sem esta, aquela "jamais será vencida"...



8 comentários

Imagem de perfil

De Zé Onofre a 01.05.2022 às 21:00

Boa tarde

«De pé ó vítimas da fome,

De pé, famélicos da Terra

Da ideia a chama já consome

A crosta bruta que a soterra.[…] »

Foi assim que nasceu o1º de Maio, em honra dos trabalhadores assassinados pela polícia em Chicago às ordens do patronato.


Zé Onofrfe

 

 

Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 01.05.2022 às 21:27

Boa noite Zé Onofre.
Essa a história do 1.o de Maio. Como escrevi, hoje pode bem ser um dia de festa e não um dia de luta.
Sem imagem de perfil

De pampulha a 03.05.2022 às 14:14

lopes do lápis
Sem imagem de perfil

De Bilder a 04.05.2022 às 14:09

'25 DE ABRIL - A REVOLUÇÃO DA VERGONHA' De João M. da Costa Figueira Edições Literal Lisboa 1977 Da contra-capa do livro acima: "O 25 de Abril é o facto mais desastroso da nossa história e o de mais pesadas consequências para a vida do Ocidente. Representa a maior vitória da Rússia e do comunismo de que é o mais estrénuo defensor e difusor. Homens de inteligência pequenina, cheios de ambições mas sem preparação para nada de útil. Estrangeirados nas ideias, sentimentos e intenções, deram-lhe o sentido, que se traduz na ruína total de Portugal. Para os portugueses de Lei, amargurados pela hediondez da traição, o 25 de Abril é bem a revolução da vergonha, como este livro, escrito por quem sente Portugal na sua justa dimensão, suficientemente revela."
Sem imagem de perfil

De Ricardo a 05.05.2022 às 10:43

"Há outras associações com agentes de Putin a "colaborar" com mais autarquias(além de Setúbal).Isto mostra o nível de desantenção dos nossos serviços de informação,mais interessados em espiar portugueses para informarem o governo do que em espiar agentes estrangeiros.A situação é tão absurda que só se entende pela total falta de sentido de Estado e pela bandalheira em que o governo colocou serviços de informação e SEF,que está à beira do colapso institucional e não cumpre serviços mínimos.Torna-se fácil ao KGB de Putin colocar agentes a "colaborar" com autarquias.A denuncia do ps em Setúbal fez ricochete: a bandalheira de instituições dirigidas pelo governo ficou também à vista.Esta falta de cultura nacional que vigora no país é a mesma que leva canais de TV a contratar militares portugueses agentes de Putin mentindo e putinizando sobre a Ucrania.Uma coisa é exercer a liberdade de opinião,outra é exercer a estupidez: entregar "comentário" militar a agentes estrangeiros é resultado dessa falta de cultura nacional.A invasão da Ucrania tem permitido ver como é grande a influência da ditadura russa em Portugal." (Do artigo Panóptico de Cintra Torres no CM)
Sem imagem de perfil

De Vasco Silveira a 04.05.2022 às 18:55

Caro senhor
Peço desculpe mas não resisto à matemática brejeira: desde há muito tempo toda a gente sabe que "Camarinha" somado a 1 dá um número superior a dois.
Aproveito para acrescentar que comer tão temporãs sardinhas nem ao famoso "Camarinha" lembraria...
Disclaimer: não fazemos qualquer insinuação sobre genitália; não fazemos qualquer equiparação entre sardinha e pessoa do género feminino; Não expesso qualquer opinião sobre o género de dia/dio; constatamos que cada vez menos encontramos trabalhadores - apenas querem ter um lugar na junta.
Factos confirmados: o Gambrinus fecha na data, juntamente, e apenas, com o Natal; No 25 está cheio de revolucionários, alguns no governo.


Cumprimentos


Vasco Silveira
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 04.05.2022 às 19:17

Caro Vasco,
Completamente de acordo contigo, com o acrescento de que nunca fui ao Gambrinus, talvez nem me deixassem entrar por manifesta falta minha de esquerdismo e intelectualidade. 
Um abraço 
JA
Sem imagem de perfil

De Vasco Silveira a 05.05.2022 às 11:29

Estás convidado: no balcão ou sala pequena; se formos controlados não tenho que vender os anéis.


Um abraço João.


Vasco

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • lucklucky

    "Parece-me que a história é, por definição, o pont...

  • lucklucky

    E como digo desde há anos: Fujam de Lisboa, fujam....

  • Elvimonte

    (continuação)Smith, J.D. et al. (2016) “Effectiven...

  • Elvimonte

    (continuação)Radonovich, L.J. et al. (2019) “N95 R...

  • Elvimonte

    "Have you ever wondered who's pulling the strings?...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2007
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2006
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D