Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nuvens de fumo:

por Vasco Lobo Xavier, em 29.01.16

António Costa, no debate parlamentar de hoje, e como sempre, não respondeu a nada do que verdadeiramente interessa aos portugueses. Pior, lançou uma atoarda completamente imbecil e de imediato desmontada por Nuno Magalhães, do CDS: não se pode pensar que Passos Coelho se tenha comprometido junto dos parceiros europeus no sentido de que medidas como a sobretaxa ou o corte dos salários dos funcionários públicos seriam definitivas, dado que o último (cortes iniciados pelo Governo socialista de Sócrates) já estava a ser reposto em 2015 (em 20%) e, quanto à sobretaxa, havia já o compromisso de, verificados alguns pressupostos, ser devolvida (o que infelizmente não irá acontecer mas o compromisso existia, evidenciando que não era uma medida definitiva).

 

De forma que a insinuação de António Costa só num mundo de burros poderia ter algum eco. Mas teve.

 

António Costa tem a sorte de viver num país em que a grande maioria dos analistas e comentadores são muito simpáticos com ele, tanto que não se importam de passar por cegos, de passar por pessoas que não vêem o óbvio, e que preferem esquecer que a totalidade das instituições e entidades que importam, principalmente os mercados de que dependemos, não acreditam numa linha do que é dito pelo Ministro das Finanças e pelo Primeiro-Ministro de Portugal. Não tenho memória, em toda a História de Portugal, de que tenha acontecido tamanha falta de credibilidade internacional dos titulares destes dois cargos: as pessoas devem rir-se deles nas suas costas e, por seu intermédio, devem rir-se de todos nós. Devem pensar: como é que os portugueses acreditam naquelas patranhas?

 

Não tenho a certeza (julgo até o contrário) de que os portugueses acreditem naquelas duas pessoas. Mas parece que os analistas, comentadores e a generalidade da comunicação social acredita. Pelo menos até que a banca e as empresas que lhes pagam fiquem sem dinheiro por força da actuação deste Governo socialista apadrinhado pelos comunistas e pelos bloquistas de esquerda.

 

No entretanto, não se discutem os perigos para o país da evidência que é o facto dos credores considerarem Costa e Centeno uns lunáticos sem sentido da realidade. Realidade contra a qual nos iremos esbarrar com maior violência do que em 2011.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    O que eu mais desejo é que o André Ventura contrib...

  • jonhy

    CaDA UM DEFENDE OS SEUS INTERESSES. Já Portugal te...

  • Anónimo

    Preso por ter cão, preso por não ter cão?. Pobre T...

  • Anónimo

    O Público, essa folhinha de esquerda, diz hoje que...

  • Anónimo

    ...e, antigamente até, as cartas de recomendação e...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D

    subscrever feeds