Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nossa Senhora da Assunção

por João Távora, em 15.08.22

A Solenidade da Assunção de Maria ao Céu em corpo e alma é uma das Festas marianas mais antigas na tradição da Igreja. No Oriente, a Festa de hoje faz-se sob a evocação da «dormitio» (dormição) de Nossa Senhora. Esta é uma festa que nos toca, tanto mais que nos diz respeito; é uma festa que suscita o nosso afeto, ou não fosse esta a festa da nossa Mãe; enfim, esta é uma festa que nos move (ou pode mover) o coração, pois se trata, para todos os efeitos, da nossa condição: filhos destinados a ter comunhão com Deus, por Jesus Cristo, o Filho do eterno Pai; homens e mulheres que na história sabem que não estão sozinhos, pois amados por Aquele que nos dá Maria de Nazaré como Mãe, a única que com toda a certeza teológica sabemos nunca abandona os filhos, dela que somos; Povo de Deus que caminha por entre dificuldades e situações espinhosas, com triunfos e sofrimentos, não raro por entre situações de violência e martírio. E não poucas contradições, claro. De todos, em todas as situações, Maria, Assunta ao Céu do Pleno Sentido, em Corpo e Alma, é Aquela que Deus nos dá como exemplo do que seja viver a vida, como mestra das aprendizagens mais duras, como senhora das situações, mesmo das mais difíceis, nomeadamente quando se trata de experimentar as encruzilhadas da vida e, não menos, as angústias da tristeza e da morte. A Festa que a Igreja, já desde a sua véspera, celebra a 15 de Agosto, é, pois, uma festa da Esperança, tanto mais que neste dia podemos contemplar o nosso destino, o horizonte do nosso caminhar; é uma festa da Fé, pois só vê a luz que este dia tem quem quer que abra as portas da sua própria liberdade ao mistério que não se oculta, antes nos pede adesão; enfim, é uma festa do Amor Maior, pois no Rosto de Maria podemos ver, sentir e experimentar, tudo o que ao nosso amor mais falta faz: coerência e mais consistência; inteligência e um sempre melhor discernimento; aprofundamento e continuidade, mesmo quando isso implica roturas ou saltos existenciais. Maria, a Senhora da Assunção, sendo Mãe e Mestra, Luz e Guia, pode, desde logo num dia como o de hoje, aqui e agora, dar-nos tudo o que de melhor precisamos: paciência e determinação, coragem e abnegação, disponibilidade e empenho. Este, na verdade, é um grande dia no calendário litúrgico da Igreja! Em Portugal, sem dúvida, mas também na Itália e no Brasil, bem como em outros países deste nosso vasto mundo, este é um dia em que numerosas comunidades, ora grandes ora mais pequenas, celebram de forma particularmente festiva a sua identidade cristã e a sua devoção mariana. A quem lê, desejo que o dia de hoje fique, de uma forma ou de outra, marcado pela alegria que derivamos do mistério da Ressurreição, o mesmo que celebramos em cada encontro com Cristo, como, desde logo, na Eucaristia.

Pe. João J. Vila-Chã, daqui



2 comentários

Imagem de perfil

De Maria Neves a 15.08.2022 às 18:59

Olá.
Obrigada pela partilha.
Boa semana
Maria
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.08.2022 às 12:57

No Brasil, quando o feriado é religioso até ateu comemora (Jô Soares)

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • pitosga

    João Távora,Na sequência Tolentiana adiciono, porq...

  • Anónimo

    Prostituição - e da mais reles...JSP

  • Anónimo

    Não desvalorizando de modo algum o ensino superior...

  • henrique pereira dos santos

    Seria um bocado estúpido partir do princípio que p...

  • jo

    As vagas supranumerárias exitem, custam recursos, ...


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2007
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2006
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D