Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




No dia seguinte

por João-Afonso Machado, em 27.05.19

A empregada da nossa casa foi ontem votar. No desejável, aliás. Mas não sabia para quê. No breve intervalo do pequeno-almoço, o cabo dos trabalhos - explicar-lhe que não se tratava do Parlamento português, mas sim do europeu.

Este é um dado importante, a contrariar a tese de que a abstenção - elevadíssima - não deriva da apatia lusa ante a problemática das eleições "europeias".

No resto, - como é sabido - temos um elevadíssimo movimento abstencionista que valerá 68,6% do eleitorado. Por mim - eu só não voto nele porque me traduziriam em votante da praia. Fosse antes da pesca no rio... E, de qualquer modo, é tempo da Constituição da República morrer de pneumonia, e, ao Presidente da dita, dar uma coisinha cardíaca.

Costa segue em frente, vitorioso, com menos de 10% do eleitorado. Os mais partidos no seu encalço (x% de 30%), a discutir vitórias e derrotas. É a festa. Sobre a qual a gente decente deve pensar.

(Não como Ana Gomes, a quem só assusta o fantasma da extrema-direita, qualquer coisa que o PPE, além dos mais, liquida num instante. Mas isso nada quer dizer, porque Ana Gomes foge de falar na abstenção).

Em suma:

- Não sabemos ao que andamos.

- Em Portugal - neste nosso Portugal dos brandos costumes - não vale a pena falar na "extrema-direita", totalmente inexistente. Previsão de futuro - a Esquerda, e o seu poderio na Imprensa, hão de pôr o CDS nesse estúpido e deslocado lugar.

- Mas, risco grave, se assim for, os tugas irão nessa conversa.

- A maioria dos portugueses (2/3) não sabem, não querem saber, não acreditam nesta história eleitoral.

- Há - haverá sempre - a militância quase só localizada à esquerda, e daí os resultados dos PS, BE, CDU (este o somatório PCP+favor PV).

- A Direita (que é Portugal) não consegue adequar o seu discurso às circunstâncias.

- Essas circunstâncias são como a noite e o dia, mas a realidade do presente. V.g. dos machos (ou fémeas) juntos adoptarem um filho. Em sociedade um qualquer barbado careca apresenta outro barbado careca qualquer, e diz - É o meu marido. - Já não é do outro mundo, queiramos ou não, é do nosso.

- Tem, pois, de haver uma actualização do discurso à direita. Qual? Como? Os senhores da política, devidamente assessorados, que o determinem.

- A vida nova (pior que melhor) tem causas outras. A dos animais, por exemplo. Esta malta urbana - só agora convivendo com eles - não percebeu (feito o credo, jamais entenderá) que cães e gatos sempre foram os velhos companheiros dos solitários. Por isso a emergência de um blá-blá-blá destituido de nexo, só apenas o varrer as ruas dos animais vadios e a guerra contra as touradas. Na prática não mais do isso e uma ideologia sem ideias. Mas não faltará muito, qualquer directiva da UE, qualquer negociação do PS e do PAN (riam-se, riam-se...), a bicharada alcança, por decreto, alma e transcendências congéneres. É esperar e ver...

- Enfim, o PS e a Esquerda vão na crista da onda. Sobra ver "o depois".

E por isso me manifesto absolutamente a favor de uma próxima vitória eleitoral (nas Legislativas) da Esquerda. Ela terá de suportar as sequelas das suas maquinagens. Com a vaga esperança (a última a morrer...) de que os portugueses saibam estabelecer a conexão Sócrates-Costa. 

Deixemos chegar os os dias que vém...

Autoria e outros dados (tags, etc)



8 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.05.2019 às 17:17

Sr. João: estou perplexo coma forma leviana com que fala dos animais e do pan. Eu sou uma pessoa solitária, toda a vida fui, e sofro de depressão pois tenho muitas dificuldades em fazer amigos e com a idade que tenho já é muito dificil que isso mude. Já não tenho família e a minha reforma é muito pequena. Tenho uma gatinha que é a minha companhia depois da morte do meu anterior gato no ano passado. Para mim são como pessoas e melhores do que a maioria que conheci até ao dia de hoje. Encontrei no pan um partido em que posso votar com convição pois são amigos dos animais. E mais ainda - se eu, como milhões de pessoas acredito na vida eterna pois tem que haver um DEUS que tenha criado este mundo...porque não hei de acreditar que os animais têm uma alma como as pessoas??? Eles são seres vivos, que nos amam, que sentem a nossa falta, que estão sempre prontos para nos consolar!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 28.05.2019 às 09:22


Que bom que os animais lhe ajudem à solidão e depressão…
Eu também vivo só e arranjei dois ou três cães e um gato. Mas não tenho essa sorte. Viram-se muitas vezes a mim até me deixarem ferida. Escolhi animais com uma certa craveira - o gato é distinto, meio apalhaçado e é do Benfica, um dos cães de raça nem se vê bem se é cão ou cadela, e ás vezes parece uma ovelha com tanta lã que tem é um alucinado que parece um comboio desgovernado, o cão preto, até lhe chamo o bispo de tão hirto que anda parece que o mundo todo é dele, até por vezes o vejo chamar outros cães para me virem "moer" , o sacana. Como vê amigo, ainda bem que tem sorte. Eu, animais não é comigo. Fiquei danada com esta coisa de o PAN ficar tão à frente! O meu partido ficou bastante em baixo. Meu rico partido que quase ficaria um dia a governar, não fossem os tais 10%...
Sem imagem de perfil

De Francisco a 27.05.2019 às 17:31

"Um homem tinha dois filhos. O mais novo disse ao pai: ‘Pai, dá-me a parte dos bens que me corresponde.’ E o pai repartiu os bens entre os dois. Poucos dias depois, o filho mais novo, juntando tudo, partiu para uma terra longínqua e por lá esbanjou tudo quanto possuía, numa vida desregrada."

O problema principal poderá ser andarmos a discutir a melhor forma de desbaratar os bens em vez de fazermos o mea culpa e simplesmente voltarmos para a casa do Pai.
Sem imagem de perfil

De xico a 28.05.2019 às 19:18

Mas a casa do Pai é pobrezinha! O dinheirinho desbaratado é da casa da Mãe Europa, valha-nos Zeus.
Sem imagem de perfil

De Francisco a 29.05.2019 às 11:05


Mas não é pobrezinha quando os bens em vez de dinheiro são valores humanos e cristãos.
O que desbaratamos da Europa não foi o dinheiro, foi algo mais profundo, o dinheiro camuflou aquilo que verdadeiramente perdemos.


Sem imagem de perfil

De D. Liberal a 27.05.2019 às 18:08

A vitória nas próximas eleições da esquerda tem como corolário usar a habitual táctica de taxar os que já são ultrataxados. Cerca de 20% dos contribuintes arcam com 70% do IRS para termos noção da coisa. Infelizmente as pessoas só  vão pensar nas consequências quando a economia não o permitir o que não é o que sucede no presente momento. Fico particularmente preocupado quando um partido como o PSD entra na franja dos 20% nas principais zonas urbanas do país e sinceramente não tem um discurso, um lampejo de um projeto, com um lider que está apostado em ser o Artur Jorge do PSD. Já a Assunção Cristas é óptima a falar e a converter para os fiéis da paróquia, o problema é mesmo esse, os fiéis já estão convertidos e não vai buscar votos onde o CDS tradicionalmente devia entrar. Alguém acredita que com Passos e Portas partidos como o Aliança e o IL (com muito mérito) iam a votos sequer? O único lúcido no rescaldo foi o Santana que tocou a reunir contra o mal maior. Pena é que andemos aqui entretidos em partidos de animais e coisas afins...
Perfil Facebook

De Ricardo Abreu a 27.05.2019 às 22:49

esta onda "verde" vem mesmo a calhar, vamos diabolizar e petróleo e carregar nos impostos, vamos criar mais taxas na eletricidade para "subsidiar" as renováveis... vamos atrofiar ainda mais a economia e salvar o planeta, pelo menos aqui na "pontinha" da europa.
Imagem de perfil

De Maria a 28.05.2019 às 23:42

Também espero que Costa ganhe as legislativas.  Sempre que o ver como descalça a bota quando tudo que foi empurrado para debaixo do tapete vier à  luz do dia. Não há aspirador que o limpe! 
Deve ter uma dificuldade imensa em constituir governo,  só se for os amigos da lista de aniversário e os parentes. Ninguém  competente aceita um cargo . Ainda ontem comentava com o marido,  será que vou seguir um velho  conselho do Dr Álvaro Cunhal, fecho os olhos e voto. Antes terei de tomar uma pastilha renie. E pexir a todos os santinhos que não me falte a coragem na hora de pôr o x. 

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • António

    Portugal está cheio de Salazarinhos.

  • Anónimo

    Presumo que a medida não se aplica aos bovinos mac...

  • Anónimo

    ..." Mas não nos acontece, tal como o filho mais v...

  • Anónimo

    Este andaço para pouparem a vida dos animais é dev...

  • Anónimo

    Modas e vontade de ficar bem na fotografia...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D