Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Não percebo as críticas do Bloco ao Governo no Banif

por Maria Teixeira Alves, em 22.12.15

O Bloco de Esquerda acusa o Governo anterior de quê no Banif? De ter salvo o Banif em 2012 ao pôr (ao abrigo da lei europeia) 1.100 milhões de euros para recapitalizar o banco? Preferia tê-lo deixado falir naquela altura?

De ter "escondido"? Preferia que o Governo tivesse posto em comunicado que o Banif não tinha condições de continuar a operar (tipo TVI que anunciou que o Banif ia fechar o que levou à fuga de 900 milhões em depósitos em poucos dias)?

De não ter nacionalizado o Banif? Mas depois diz que os custos "deveriam ser assumidos pelos accionistas e grandes financiadores do Banif" (logo defende uma Medida de Resolução) ao mesmo tempo que diz que está preocupado com o custo para contribuintes.

O Bloco acusa o anterior Governo de não ter deixado cair o Banif? Mas se o outro Governo pôs 1.100 milhões para salvar o Banif (destes recuperou 275 milhões) este pôs 2.255 milhões de euros, e a este valor junta-se ainda mais uma garantia estatal de quase 750 milhões de euros, para o mesmo fim.

Não percebo de que falamos quando atiramos culpas políticas. Se este Governo "tivesse" conseguido vender o Banif (tal como as notícias começaram por sugerir), ainda se percebia alguma soberba, agora não foi o que aconteceu. O Banif foi alvo de resolução e os activos bons foram vendidos a saldo ao Santander Totta. As perdas ficaram quase todas para o Estado. Um investigador, Nuno Teles, investigador na área de gestão financeira da Universidade de Coimbra, diz que os valores que o Estado vai ter de suportar ascendem aos 3.600 milhões mas o investigador alerta que estes custos podem não ser os finais.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:



4 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 22.12.2015 às 13:51


"O Banif é uma fatura bem pesada, que o governo anterior deixou a António Costa."


Eis o jornalixo. Porque é que o Banif é uma "factura" para António Costa? Vai pagar do seu bolso? E porque é que o Banif não é considerada uma factura do governo Sócrates para o governo anterior? Do mesmo modo que o jornalixo nunca considerou a "troika" uma "factura" do PS para o governo anterior. Este jornalixo não tem vergonha nenhuma

- See more at: http://www.rtp.pt/noticias/economia/banif-pode-custar-3600-milhoes-de-euros-ao-estado_a883180#sthash.6tp6oobC.dpuf
Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 22.12.2015 às 16:28

<i>De ter salvo o Banif em 2012 ao pôr (ao abrigo da lei europeia) 1.100 milhões de euros para recapitalizar o banco? Preferia tê-lo deixado falir naquela altura?</i>

Eu não falo pelo Bloco de Esquerda, mas tenderia a responder "sim" a ambas as perguntas acima.
De recordar que a Comissão Europeia manifestou, nessa altura, muitas dúvidas sobre a capacidade de salvar o Banif e, portanto, sobre a razoabilidade de gastar 1.100 milhões de euros dessa forma. Provavelmente o governo teria feito bem em ter dado ouvidos à Comissão Europeia.
Sem imagem de perfil

De jo a 22.12.2015 às 16:41

É difícil para mim perceber da necessidade de colocar 1100 M€ para recapitalizar o banco. Não percebo nada disto. Percebo que se gaste dinheiro para evitar uma falência, mas só se isso servir de alguma coisa. Para adiar o inevitável 3 anos são quase 400 M€ por ano, só para chegar as eleições sem falir.
Parece-me no entanto que quando se gasta, mesmo uma quantia tão pequena, de dinheiro dos contribuintes, deve-se explicar quais eram os objetivos e porque não foram alcançados.
O facto é que o BANIF estava outra vez na eminencia de falir, e ninguém parece achar relevante explicar para onde foram os 1100 M€.
Claro que a partir de agora se farão mais asneiras, mas não prestar contas do que fazemos usando a expressão "atrás de mim virá quem bom me fará", não é de gente séria.
Sem imagem de perfil

De Lufra a 23.12.2015 às 17:45

O maior cambalacho da história da banca em Portugal!
Talvez um dia se venha a saber quem foi quem e o quê, nesta história.
Para o Santander foi um "negócio da china"
Quem paga, todos sabemos, e quem vai receber?

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Esse jornal, o Expresso, ou traz poesia ou noticia...

  • Anónimo

    Sr. João, o direito a abster-se é tão legitimo qua...

  • Pedro Picoito

    Não tem escrito direito e as linhas são muito tort...

  • EMS

    Essa edição do "Expresso" é de 1973. É natural que...

  • João Távora

    Com os problemas dos outros posso eu bem...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D