Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Nada a ver connosco

por José Mendonça da Cruz, em 12.09.16

800.jpgantonio-guterres-em-braga-1000x600.jpg

Com o sorrisinho que sempre lhe aflora sob a expressão como que a inculcar argúcia, o Goebbels de Sócrates e agora da geringonça veio explicar que a retirada de honras (a que a cloaca da TVi chama «perda de mordomias») ao ex-presidente da comissão europeia Durão Barroso nada tem a ver com o governo português.

Acho bem.

Por outro lado, eu, cidadão português, também afirmo que a eleição de António Guterres para secretário-geral da ONU nada tem a ver comigo, que a ideia não me agrada, nem me honra, nem me suscita orgulho, só preocupação e vergonha; e que, aliás, espero que Portugal e o Mundo possam salvar-se de contar no mais alto cargo dessa organização com um ex-primeiro-ministro que desbaratou oportunidades esconómicas e financeiras únicas, um governante pusilânime que desgovernou um país e fugiu quando as consequências chegaram, um homem cuja debilidade de vontade e de políticas constantemente transparece no passo miúdo e precocemente envelhecido, nas mãozinhas sempre em busca do compromisso onde ele é impossível.



9 comentários

Sem imagem de perfil

De carlão a 12.09.2016 às 22:54

É profundamente lamentável que fale com esta violência do melhor primeiro ministro que Portugal já teve. Que baixeza. Não vale tudo, sabia?
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 13.09.2016 às 07:05

Assim fala um betinho, todo incomodado com as baixezas. Não vale tudo, sabia menino?
Sem imagem de perfil

De carlão a 13.09.2016 às 14:11

Epá, você é mesmo inteligente, parabéns
Sem imagem de perfil

De António Maria a 13.09.2016 às 09:25

Totalmente de acordo.
Aliás creio ser bem mais benéfico para Portugal o Durão estar na Sachs que o "bonzinho" estar na ONU. Basta ver a "qualidade" dos outros candidatos.
Quanto às declarações do ASS, devem ter vindo ainda na sequência da festa de anos do JS:
Sem imagem de perfil

De Ribas a 13.09.2016 às 12:00


Ser bonzinho, não basta. E  o eng. ao não aguentar a pressão enquanto governante, deslizou. Deslizou para outras bandas, pedindo, pedindo...
Mas o Barroso, não tão bonzinho, fez o mesmo e está a tratar da sua vidinha.
Enquanto a maioria dos trabalhadores de Portugal aperta o cinto, repito, os trabalhadores de Portugal apertam o cinto, estes alargam-no
Sem imagem de perfil

De Fernando S a 13.09.2016 às 13:01

RIBAS : "o Barroso ... está a tratar da sua vidinha...Enquanto a maioria dos trabalhadores de Portugal aperta o cinto"

Ponto 1 : Barroso, como qualquer pessoa privada, tem todo o direito de "tratar da sua vidinha". Durão Barroso tem um CV e por isso foi convidado por um grande banco e aceitou o convite. Muito simplesmente, depois de ter acabado o emprego anterior arranjou outro emprego. Se o novo emprego é ou não compativel com as obrigações estatutárias e morais de um ex-comissário europeu é algo que se pode discutir e que deve ser resolvido no âmbito das instituições europeias. Independentemente desta questão ainda por resolver e de um modo geral, que portugueses ocupem no exterior funções de relevo em organizações e empresas tende a ser, por muito pouco e indirectamente que seja, prestigiante e útil para o pais de origem. 

Ponto 2 : Mas então não era o governo actual (e não Durão Barroso) que era suposto "desapertar o cinto" dos trabalhadores portugueses ??!... 

Ponto 3 : A isto chama-se falar no acessório para tentar desviar a atenção do essencial !!  
Sem imagem de perfil

De José a 13.09.2016 às 18:43

Excelente!
Sem imagem de perfil

De ss a 14.09.2016 às 15:23

Mas entao , é prestigiante para o país tanto o Durão Barroso ocupar um cargo na GS como o Guterres ser secretário geral da ONU?


Ou depende da cor politica?


Tanta imparcialidade neste post e nestes comentários ...
Sem imagem de perfil

De Luís a 13.09.2016 às 14:28

A vantagem do beiçudo alérgico a pântanos ficar lá fora, é a de não vir ser o próximo PR. Para desgraça já chega o catavento beijoqueiro .

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • mitologia

    Então... menciona ali em cima aquela expressão, "T...

  • henrique pereira dos santos

    Zé Miguel, eu também estou de acordo que o problem...

  • Anónimo

    Estou chocado com a sua linguagem. Chocado e enoja...

  • Costa

    Fundou, salvo erro, cinco. Até agora. Mas não a ro...

  • zazie

    Citou-se?


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D