Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Ministros irresponsáveis

por Vasco Mina, em 16.01.21

António Costa, no anúncio das novas medidas para o confinamento que se iniciou ontem, assumiu, como sempre, que o problema está nas pessoas e que o Governo mais não faz do que reparar os efeitos da irresponsabilidade da população. Em concreto afirmou que “já todos compreendemos qual é a mecânica de transmissão da pandemia, que quanto mais nos deslocarmos, quanto mais juntos estivermos, mais se transmite a pandemia. Quanto menos nos deslocarmos, quanto menos juntos estivermos, menos transmitimos a pandemia. Portanto, se todos fizéssemos isto de forma espontânea seguramente não estaríamos aqui hoje a dar este passo.”Ora soubemos hoje que o Ministro das Finanças se encontra infetado e que também, há dois dias, tinha ficado infetada a Ministra do Trabalho e da Segurança Social, Ana Mendes Godinho. Ou seja, dois irresponsáveis ministros que não souberam, espontaneamente, estar isolados nem estar quietos em casa. É caso para perguntar: “Sr. Primeiro Ministro, já multou os seus ministros?”



7 comentários

Perfil Facebook

De Marques Aarão a 17.01.2021 às 07:15

Para evitar a multa-lo, Costa tem que meter Marcelo na ordem.
Estando em condições de até lhe levarem a mesa de voto à cama, só por má fé, irresponsabilidade e oportunismo alarve, irá fazer uma viagem tanto folclórica como desnecessária, que no mínimo beneficiará movimentações e aglomerações de risco que tanto condenam à população.
O pantomineiro sempre em campanha vai votar ao norte do país.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.01.2021 às 10:29

ñão vão para o pandemónio dos hospitais públicoa
Sem imagem de perfil

De Elvimonte a 17.01.2021 às 17:41

Sim, as urgências têm estado um pandemónio, como pode ver-se neste gráfico de monitorização diária http://prntscr.com/x1eswp


Em anos anteriores por esta altura os episódios de urgência diários andavam à volta de 20 000 e este ano andam à volta 14 000, tal é o "pandemónio".  
Sem imagem de perfil

De voza0db a 17.01.2021 às 11:50

Por mim era voltar a dar uso aos poucos pelourinhos que ainda existem em Portróikal e... FOGO na lenha!
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 17.01.2021 às 13:21

Caro Sr,
Os senhoritos podem tudo. É à discrição.


A ler a Helena Matos hoje:


https://observador.pt/opiniao/os-passados-da-cabeca/
Sem imagem de perfil

De Carlos Sousa a 17.01.2021 às 15:04

Se estas medidas absurdas e estúpidas são para diminuir o número de mortos covid porque razão é que o número de mortos não covid continua a aumentar. 
Será que ainda ninguém viu que para evitar um morto covid se provocam três ou mais mortos não covid? Já para não falar dos vivos que ficam com uma morte anunciada.
Sem imagem de perfil

De Elvimonte a 17.01.2021 às 17:22

Recordo também o Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior e a nossa querida DGS.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Elvimonte

    Quer a literatura científica, quer a evidência emp...

  • Anónimo

    De salientar que é sabido e conhecido que os subsc...

  • Anónimo

    E vê alguma crítica? Vê, ouve ou lê alguma notícia...

  • Anónimo

    HPS, ouvindo isto:https://observador.pt/programas/...

  • Anónimo

    HPS,agradeço a colocação no tempo do vídeo que des...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D