Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mais umas eleições, mais uma derrota

por Jose Miguel Roque Martins, em 24.01.21

Acredito na democracia. Acredito tanto, que continuo adepto, apesar de perder sempre as eleições. É o que acontece a quem não é social-democrata em Portugal. Já os outros, ganham as eleições e depois perdem no terreno de jogo, porque a tal social democracia ou socialismo , não tem encontrado grandes interpretes ou não presta. É por isso que somos cada vez mais o parente pobre da Europa.

Somos impermeáveis á esperança. A acreditar que é possível sermos como os outros Europeus. Mais exigentes, livres, ricos ou até mais felizes.

Somos incapazes de arriscar e sair do conhecido, mesmo que mau, com medo de ainda ser pior. Não somos conservadores, estamos apenas paralisados.

E dos poucos rebeldes, a grande maioria, está tão frustrada, que segue o caminho dos radicais espalhafatosos e inconsequentes de esquerda e direita. Para protestar. Ou na esperança de deslocar o centrão para longe da social-democracia, correndo o risco de apenas o assustar com as alternativas.

Vai ter que piorar para melhorar.

 



5 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.01.2021 às 11:32

Ocorre-me dizer que se o boletim de voto deste ano eleitoral fosse visto e posto a circular pelos restantes países europeus, seríamos motivo de gargalhada monumental! Uma relíquia para o nosso anedotário nacional.


Por António Barreto

O boletim de voto desta eleição presidencial vai transformar-se numa raridade documental, uma peça única na história política do mundo. Quase vale a pena ir buscar o boletim, não votar e trazer para casa tão singular espécie! O dito objecto tem oito nomes, oito fotografias e apenas sete candidatos! Como de costume, a logística, o procedimento administrativo e a regra jurídica levaram a melhor sobre a inteligência, a clareza e a sensatez. Houve tempo para rever, mas não se corrigiu. Sabia-se que estava estragado, mas não se reparou. Preferiu-se enganar, desnortear eleitores desatentos e encenar uma comédia bufa para salvar uma honra burocrática. Se houvesse um grupo de advogados atrevidos, teríamos talvez um processo de impugnação destas eleições! Felizmente, não vivemos na América…

Imagem de perfil

De concha a 24.01.2021 às 11:45

Eu também perco sempre, tem estado e continua a direita liberal, agora mascarada de socialismo.
Mas voto sempre. E mesmo que ninguém me agrade, como hoje.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 24.01.2021 às 11:47

Para vermos como temos um regime cristalizado, bafiento, com gente de ideias anquilosadas, ultrapassadas... 


Alterar o dia das eleições? Não se pode, nem por uma questão de vida ou de morte. Permitir que os cidadãos votem durante três ou quatro dias? Nem pensar, é ilegal. Alterar a lei das eleições? Só depois de alterar a Constituição. Rever a Constituição, mesmo por causa de uma emergência nacional? Proibido! Recorrer a métodos excepcionais por motivos excepcionais? Interdito pela lei. Tudo previsto na lei, tudo previsto na Constituição, tudo preferivelmente proibido, tudo preparado pela melhor casta de portugueses, a dos advogados que se ocupam de política! Feliz o país que tão bons juristas tem! 

António Barreto - (via blog Sorumbático)
Perfil Facebook

De Marques Aarão a 24.01.2021 às 16:38

Protestar pode passar simplesmente por não estar.
Perfil Facebook

De Rogerio Castro de Seixas a 25.01.2021 às 12:37

Tenho para mim que muitos , mas mesmo muitos escolheram a social-democracia apenas por que tiveram medo de ser molestados (no mínimo) pela aparente "onda" comunista que nos assaltou logo a seguir ao 25 de Abril. E depois, como no futebol, não se muda de clube. Grita-se apenas fora o árbitro! Esta social-democracia não vai levar o país a parte nenhuma! Eu desde  a sua formação em 1975, voto CDS.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Elvimonte

    Quer a literatura científica, quer a evidência emp...

  • Anónimo

    De salientar que é sabido e conhecido que os subsc...

  • Anónimo

    E vê alguma crítica? Vê, ouve ou lê alguma notícia...

  • Anónimo

    HPS, ouvindo isto:https://observador.pt/programas/...

  • Anónimo

    HPS,agradeço a colocação no tempo do vídeo que des...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D