Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Mais papista que o Papa

por João-Afonso Machado, em 31.01.15

MUMIA.JPG

 

 Todos se lembram da senhora - todos os dias fazendo-se notar dentro do templo com os atavios e o espavento costumeiros. A lançar um olhar ávido em busca da pia da água benta, a benzer, persignar-se, voltar a benzer, um beijo na ponta dos dedos, uma carícia em imagem próxima, o ror de jaculatórias bichanadas, os suspiros e uma lágrimazita pia, a esmolinha mais a vela acesa, a voz do sacerdote um som de fundo apenas... E aquele generalizado pensamento mauzinho dos fieis, na altura da comunhão: lá vai ela, tão lampeira, a laber-se toda para papar a hóstia. Restava a benção final, e a senhora sempre contricta, prostrada, tudo saíra já ainda os seus ímpetos se lançavam sobre uma das capelas laterais.

Jamais alguém quis saber se as suas virtudes eram apenas públicas. Havia muito mais em que ocupar o tempo. A maldade da ironia não ia além do adro e somente porque a beata se punha debaixo do pálio. 

Com os seus botões - e com os botões de quem lhe desse azo - a senhora enfiava meio mundo no inferno e a outra metade num incomodíssimo purgatório onde, assegurava, o frio era polar e não havia lenha. O céu estava-lhe reservado, em exclusiva companhia do falecido senhor prior.

Cristãmente a deixavam na sua rezinguice, todos se lembram. Os mais velhos lembram também vê-la murmurar de través face à sucessão dos papas mais recentes. Ainda há pouco a ouviram - acerca do Papa Francisco - casquinar um eheheh! e acrescentar, reticente, ah!, esse... Todos se lembram e todos se escandalizaram.

Porque se perdeu a contagem dos anos da senhora. Talvez porque ela seja de sempre. Tão cumpridora, tão respeitadora, tão conhecedora, tão capaz de ser só no conclave e pôr em causa a autoridade do representante de Cristo na Terra.

Uma Terra um bocadinho maior do que a sua sala, decorada a estampas e gravuras votivas onde se embrulha em orações e vê a telenovela às escondidas. Convencida de que lá no Céu não a topam...

A senhora teve artes de aceder ainda à Internet. Ela e as mais senhoras iguais espalhadas pelo mundo. Há por aí um número incontável de Igrejas Católicas Apostólicas Romanas. E são todas e cada uma a única verdadeira. Há qualquer coisa que me escapa na natureza humana, realmente.

 

 

 



2 comentários

Sem imagem de perfil

De carneiro a 31.01.2015 às 19:03

Uma delícia, esta escrita.
Imagem de perfil

De João-Afonso Machado a 31.01.2015 às 21:15

Obrigado, caro Amigo.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    E essa história de embalar quem lha contou?"Durant...

  • Anónimo

    Hoje, na TV, o Dr. Filipe Froes fez uma declaração...

  • Anónimo

    Mas... não se derrubou já uma ditadura?!...

  • Anónimo

    Com sua permissão, José Mendonça da Cruz: "Em Port...

  • Anónimo

    Pois poderá arriscar uma multa de 80 milhões. Pode...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2021
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2020
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2019
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2018
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2017
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2016
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2015
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2014
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2013
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2012
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2011
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2010
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2009
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2008
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2007
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2006
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D