Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Maduro, o criminoso invisível

Venezuelan lifes doesn´t matter

por Jose Miguel Roque Martins, em 06.07.20

Nos tempos de violentos protestos em que vivemos, é um mistério como Maduro não é alvo de constantes manifestações a nível mundial. A sua interpretação da revolução Bolivariana, aprofundou o inevitável  desastre iniciado por Chavez.

A Venezuela, outrora um País prospero, mesmo sem contar com as suas imensas reservas de petróleo, é hoje um destroço económico, onde os direitos civis pura e simplesmente não existem. A fome, a falta de medicamentos e de bens essenciais e o jugo autocrático que esmaga os legítimos protestos das populações, é agora a nova e triste realidade Venezuelana. O único triunfo do regime será ter eliminado problemas de colesterol, já que o peso medio da população, na ultima década, baixou mais de 10 quilos.

Morre-se de fome na Venezuela. Não é por acaso que mais de 3 milhões de Venezuelanos fugiram para o exílio precário da Colúmbia, melhor do que a morte lenta a que estão condenados os Venezuelanos que não conseguiram escapar.

Ao contrario de outros regimes, em que não se entende como líderes se mantêm no poder, no caso da Venezuela a explicação é fácil. A autocracia apoia-se no Exercito, que vai tendo o que comer. Um modelo clássico, em que a força bruta garante a perpetuidade do regime, neste caso, a revolução bolivariana.

O desastre humanitário que se vive neste pais é tão grave que até o Bloco de Esquerda, deixou de apoiar formalmente este regime. Quando antes era, orgulhosamente,  por ele apoiado.

Pena é , que a generosidade dos ativistas, sempre tão prontos a demonstrar-se por causas nobres, não façam sua esta causa. Afinal são dezenas de milhões de seres humanos,  vitimas de um regime atroz, á beira de um genocídio.

 

 

PS: Não se ouve com frequência, nem criticas a Maduro, nem a denuncia de quem apoia este regime, como a Rússia, a China e Cuba. Insignificância de mais de 30 milhões de Venezuelanos? Ou uma causa incomoda para muitos por se tratar de quem assume uma bandeira da esquerda? Não consigo entender! 

 



3 comentários

Sem imagem de perfil

De Mário Matos e Lemos a 07.07.2020 às 11:23

O artigo é bom, como em geral são todos e por isso visito o blog com frequência. Gostaria, porém, de saber o que está a fazer «o» na «expressão o que comer»
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 07.07.2020 às 12:06

Tem toda a razao
Foi erro crasso meu
Sem imagem de perfil

De Mário Matos e Lemos a 07.07.2020 às 16:00

Acontece a todos. cumprimentos

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Carlos Sousa

    E pegando nalgumas palavras do primeiro-ministro, ...

  • Anónimo

    caro senhornestes tempos aburguesados e politicame...

  • Anónimo

    Caro Senhor"Apesar dos frequentes casos de corrupç...

  • Carlos Sousa

    O que me está a causar apreensão não é a DGS fazer...

  • Albino Manuel

    A monarquia espanhola vai aguentar. Derrubá-la é c...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D