Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Macieira 130 anos

por Vasco M. Rosa, em 27.09.15

IMG-20150927-00586.jpgNão me lembro de alguma vez ter bebido uma Macieira. Não sou abstémio, mas brandy não faz parte dos meus gostos. Mas não deixo de reparar neste anúncio de uma série comemorativa dos 130 anos duma bebida portuguesa que é mundialmente conhecida, como já tive provas disso.

Um conservador é também aquele que elogia a longevidade de actividades industriais e comerciais que assinalam um espírito nacional, uma originalidade simples mas nossa, que soube perdurar atravessando épocas e mudanças de preferências ou gostos.

Se confiarmos nessa capacidade de perserverança e adaptabilidade, podemos esperar que algo nos diferencie duma comunidade continental a que historicamente pertencemos mas que não nos suga nem anula. Por isso elevo o meu cálice imaginário à empresa que produz a Macieira, aos seus dirigentes e aos seus trabalhadores de todo o escalão — na certeza de que o aqui e agora e o futuro se faz com todos eles, com o brio e o orgulho que uma marca pode representar como distinção nacional.

Parabéns, portanto!

 

(O «acordo ortográfico» era dispensável...)


2 comentários

Sem imagem de perfil

De Costa a 28.09.2015 às 01:34


O repugnante "acordo" ortográfico era dispensável, de facto, e é razão suficiente para não comprar uma só garrafa desse produto. Colecção de autor ou não.


Aliás a marca em causa rende-se aqui a um pedantismo de novo-rico especialmente deplorável: de um lado a modernice idiota e aflitivamente inculta do AO, verdadeiro crime cultural (e não só); do outro a adopção da fórmula "d'autor", arcaicismo que os mastins dessa - cientificamente indefensável, politicamente mais que fracassada e filha de inconfessáveis interesses - unificação ortográfica deveriam, houvesse um mínimo de coerência, recusar. 


Mas fica bem escrever "d'autor", num país de srs. drs. e srs. engs., fundamentalmente analfabetos para lá da estrita extensão das sebentas escolares (e essas exploradas apenas no absolutamente essencial), mas muito cheios da sua importância.


Povo (e empresários) de imbecis...


Costa
Sem imagem de perfil

De Josephvs a 28.09.2015 às 02:15

I Love that stuff :P

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com



Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2024
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2023
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2022
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2021
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2020
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2019
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2018
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2017
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2016
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2015
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2014
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2013
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2012
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2011
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2010
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2009
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2008
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2007
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D
    235. 2006
    236. J
    237. F
    238. M
    239. A
    240. M
    241. J
    242. J
    243. A
    244. S
    245. O
    246. N
    247. D