Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Lista VIP: A política ofusca

por Maria Teixeira Alves, em 19.03.15

Anda o país num burburinho por causa de uma tal de lista VIP do fisco. À primeira vista pensei que seria uma lista que o Ministério das Finanças tinha para "vigiar" de mais perto as contribuições ao fisco. Mas depois, o burburinho aumentou e fui saber o que era isso da lista VIP e quem estava catalogado como tal. Já se sabe que a ignorância é a mãe da sabedoria. Mas só para alguns, claro. A lista VIP era apenas uma lista que permite controlar os acessos aos dados de determinados contribuintes com relevância política. É uma lista de contribuinte cujo cadastro está especialmente protegido de voyeurs.  "Em dois minutos o departamento central consegue saber quem acedeu a estes dados", disse um qualquer inspector do fisco. Parece que a lista tinha, para além do Primeiro- Ministro, Ministros e Presidente da República também Ricardo Salgado e Miguel Relvas, segundo o Correio da Manhã.

Parece-me a mim que esta lista servia para detectar os bufos que, por querem mudar a cor do Governo, sopram para os jornais os rendimentos dos políticos na esperança de criar um facto político. Pedro Passos Coelho foi vasculhado sete vezes por funcionários do fisco. Para quê? O Presidente da República – outra figura que consta no “Pacote VIP” – viu o histórico contributivo vasculhado por uma funcionária do Fisco. Quando confrontada pelos responsáveis da AT, a funcionária confessou que apenas queria “saber quanto ganha o Presidente da República”. Pois...

Evidentemente que não está mal pensado criar mecanismos de controle de fuga de informação. Percebo perfeitamente que tal seja feito. Mas, surpreendentemente todos se levantaram em coro a dizer que era uma discriminação, e que só alguns contribuintes estavam protegidos e os outros não. Alguns jornalistas disseram que os outros estariam à mercê sabe-se lá do quê. Enfim, disparates. Porque obviamente a maioria das pessoas não tem qualquer relevância para os funcionários do fisco, nem a sua situação fiscal vai parar aos jornais. Mas as pessoas não gostam de ser excluídas das listas VIP, está visto... 

Acho um disparate este tempo de antena que dedicam ao assunto, mas se calhar sou eu que não sou talhada para a política. 

Evidentemente que o funcionário que foi falar da lista VIP numa acção de formação devia ser corrido de estúpido que foi, porque isso é das tais coisas que não são para dizer em power point. Mas  o chefe dos serviços de auditoria da Autoridade Tributária (AT), Vítor Lourenço, disse. Disse isto: “Existe neste momento um pacote de identificação de pessoas [que ocupam cargos políticos] que nós sabemos em online [em tempo real] quem está a ter acesso”. 

Era a mesma coisa que o Ministério Público criar mecanismos internos de controle de fugas de informação de processos em segredo de justiça e contar isso numa acção de formação. Por amor de Deus!

Várias vezes penso que a política preenche um vazio de valores. Quando não se cresceu a saber distinguir o bem do mal, quando não se cresceu com uma estrutura de educação e princípios forte, vai-se buscar à política as referências de vida, e na moral da política tudo é permitido, sem censura e escrúpulos, porque está em causa ganhar no mediatismo. Há muita gente assim no espectro mediático.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)



4 comentários

Sem imagem de perfil

De António Maria a 19.03.2015 às 12:03

Excelente (como sempre) a por as coisas no seu devido lugar.
O problema está numa classe politica frouxa, com medo da própria sombra e com reações opostas conforme se está ou não no governo e na oposição.
Dos dados conhecidos, nem os que se demitiram o deveriam ter feito. O que se devia ter dito alto e bom som era :
"É verdade sim senhor que se controlam os ACESSOS às declarações fiscais de algumas pessoas. E depois, qual é o problema?"
Sem imagem de perfil

De João. a 19.03.2015 às 18:08

O problema está na ilegalidade.
Sem imagem de perfil

De campus a 19.03.2015 às 16:56

O governo não está a gerir bem este assunto, está a ir na conversa de quem não quer falar por exemplo, do que disse a ministra das finanças e que nos devia de orgulhar, ou seja os cofres públicos estão cheios, o esforço feito pelos contribuintes valeu a pena. Agora quanto ao não tema das listas, não faz sentido nenhum que qualquer associado sindical possa visionar informação sigilosa e a coloque na imprensa e não seja punido. Não existe qualquer lista, mas de tanto o sindicato, os comunistas, e agora o PS afirmarem que existe, alguma pessoas começam a acreditar que assim seja, a luta politica e eleitoral assim o justificam, mas o povo não é parvo. O que o sindicato comunista está a fazer é proteger os seus associados que estão com processos pois indevidamente em vez de trabalhar estão a espiar os rendimentos das pessoas sejam elas vips ou não, uma vergonha e era isto que as pessoas deveriam estar a discutir.
Sem imagem de perfil

De st vincent a 16.11.2015 às 16:26


Hello,
Are you looking for a reputable private loan company and believed that believeth life time opportunity. Welcome to St. Vincent de Paul foundation where we help the poor and needy and all those in need of any financial help we provide all types of lending a very quick and easy way, personal loan, car loan, home loan, Student Loan, Business Loan, investment loan, debt consolidation, and much more. Have you been rejected by banks and other financial institutions? You need a consolidation loan or a mortgage? Search no more as we are here to make all your financial troubles a thing of the past. We lend funds out to individuals and companies in need of financial assistance to the 2% rate. No social security number required and no credit check required, 100% guaranteed. I want to use this medium to inform that we provide reliable and beneficiary assistance and we will be pleased to offer you a loan.
Then send us today: (stvincentdepaulloan@gmail.com) to apply now for a loan.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Anónimo

    Autor,está cada vez mais liberto de peias para as ...

  • Anónimo

    O Anacleto...

  • Anónimo

    Claro que ficou desiludido, é normal! Quando uma m...

  • gato

    Realmente tenho pena mas não consigo ver a reporta...

  • Anónimo

    Foi a 1ª vez que vi a RVarela dizer coisas certeir...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2019
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2018
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2017
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2016
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2015
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2014
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2013
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2012
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2011
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2010
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2009
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2008
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2007
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2006
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D