Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Já não vais à minha festa

por Jose Miguel Roque Martins, em 25.02.22

Putin deve estar muito impressionado com o ar orgulhoso dos diplomatas ocidentais, que lhe dizem que já não vai à festa deles, mas a invasão prossegue.

O ridículo é aprofundado com as acusações a Putin, o mau da fita. O único problema é que ninguém assume as suas responsabilidades.

Putin invadiu a Ucrânia porque quis, porque pode e porque é uma besta.  E se pode faze-lo em quase total impunidade, a responsabilidade é dos países que integram a NATO.

Começaram por não permitir a adesão da Ucrânia para não irritar o meliante. Não assumiram a defesa militar da Ucrânia. Agora impõe sanções desenhadas para que ninguém sofra.

Estão à espera do quê? Da invasão da Finlândia?

Democracia não rima necessariamente com cobardia, estupidez ou falta de senso comum. Mas é agora o álibi político de uma sociedade cada vez menos disposta a abdicar de conforto hoje, mesmo que sejam as vitimas de amanhã.

 

 



9 comentários

Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.02.2022 às 19:57

"a responsabilidade é dos países que integram a NATO."



 Sim, a responsabilidade primeira. Desde 1999, passinho a passinho, avançando para leste sem que nada o justificasse. Em 2008, na cimeira Nato de Bucareste, já diziam que eram "wellcomed" a Ucrânia e a Geórgia. E já nessa altura foram solenemente avisados de que a Rússia não permitiria mais armamento Nato encostado às suas fronteiras. (Depois do que aconteceu com os bálticos em 2004.)
Depois, o caso Ucrânia é uma "questão complexa", como bem dizia João Távora aqui noutro post. Basta uma visão sumária da história da região.



Sem imagem de perfil

De Anónimo a 25.02.2022 às 20:27

Assino por baixo.
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.02.2022 às 11:04

Ouvi atrás da porta:
" Enquanto os homens do Oriente (Rússia e China) se armam e fortalecem para dominar o Mundo, os menin@s do Ocidente discutem menstruação masculina, permissão cultural para usar tranças no cabelinho, linguagem neutra, veganismo, girafas na Amazónia."

"Macron, Boris Johnson, Biden, Trudeau, e o resto da "turminha" infantilizada para o líder russo não passam de uma boysband desafinada. Putin e Xi Jinping não têm instagram nem tik tok, porque observam o mundo pela óptica de dois adultos treinados, frios e interessados em expandir poder e território, enquanto os seus adversários brincam às «casinhas»."


Em contraste, temos no Ocidente uma cambada de eunucos, de gente fraca que  governa, cega e tola, molengona, entorpecida e embrutecida pelo «progressismo», muito atarefada com a cultura dos "cancelamentos", apalermada com a identidade de género, toldada pelas nuvens e o vento, com o sexo dos anjos, etc. Tudo faz lembrar a captura da cidade de Constantinopla que também andava muito "distraída" quando os atacantes a tomaram , assumiram o seu controlo e  precipitaram a sua Queda. 


Assim está o Ocidente!!! À beira de um precipício, num autêntico  Hara-Kiri cultural e civilizacional. É bom que retrocedam a todo o vapor e abandonem de vez as suas "distracções" com essas famigeradas "Agendas"  que nos impôs a Esquerda Progressista, cujos nossos representantes se encontram nesse viperino BE agora reduzido (e bem) a escombros.
E pronto, são estes os "progressos civilizacionais" do lado de cá !!! 
 Embrutecidos, ninguém deu conta da "real politique" que vai pelo mundo e ninguém ouve que já estão a chegar às portas de Constantinopla. 


Sem imagem de perfil

De Anónimo a 26.02.2022 às 12:16

Sendo esta inércia do mundo ocidental, só resta concluir que, de facto, Putin anda à solta porque pode. Tem o caminho aberto. E ri-se.
Sem imagem de perfil

De Anónimo 78 a 26.02.2022 às 11:18

Antes do mais os meus parabéns por assim revelar os seus sentimentos nos quais me revejo. Há realmente ocasiões em que é imperativo chamar os bois pelos nomes. Putín é de facto uma besta.
Há anos que digo, em resposta a comentadores que defendiam uma aproximação à Rússia, que o governo da Rússia estava capturado por gangsters. E Putín, além de chefe da quadrilha, é uma besta. Só que é uma besta que tem cinco mil ogivas nucleares à sua ordem pessoal - o ministro da Defesa e o chefe do Estado-Maior são fantoches seus - por isso, lamentando profundamente o sofrimento do povo ucraniano, percebo e concordo com a decisão da NATO de não intervir.
As sanções, inúteis e até ridículas em termos de opinião pública, a prazo podem ter o efeito de levar os oligarcas que o cercam e apoiam - que serão muito prejudicados incluindo o "português" Abramovitch - a moderar Putín e, talvez a fazerem-no aceitar um estatuto de neutralidade para a Ucrânia. A médio prazo talvez despoletem uma revolta popular interna mas eu não apostaria muito nisso.
Agora o que se segue? O país que vejo mais em risco é a Moldávia, onde Putín teria toda a vantagem em substituir uma presidente que lhe é hostil.
Os alvos estratégicos óbvios, os países bálticos e a Polónia, causarão uma guerra imediata. Há militares americanos em ambas as posições e, se morrerem a opinião pública americana exigirá guerra. Isso inclui o corredor de Königsberg (a que hoje chamam Kalininegrado).
Pensando maquiavelicamente, o que seria melhor para o Ocidente era Putín virar-se para a Ásia Central. Aí, mais cedo ou mais tarde, entraria em confronto com os interesses turcos e uma guerra Rússia-Turquia em territórios terceiros não obrigava à intervenção da NATO e, de duas uma, ou seria interminável e esgotaria ambos como na guerra Irão-Iraque ou, mais provavelmente, obrigava a China a vir a jogo e seria o fim do eixo Russo-Chinês, que considero a maior ameaça ao futuro ocidental.
Depois do maquiavelismo, descendo mais um degrau para o egoísmo, espero e desejo duas boas consequências desta situação. Primeiro a vinda de imigrantes ucranianos que ajudem a contrabalançar a imigração miserável que temos. Segundo que o "tirar da máscara" de PCP a apoiar Pútín e do BE a culpar a NATO e a UE provoquem uma sã reacção e que comece a limpeza dos sectores que infiltram e dominam, com ênfase na Cultura e na Educação.
Sem imagem de perfil

De Jorge a 26.02.2022 às 12:29

Segundo o PC a culpa é do Trump e do Ventura ambos financiados pelo Putim LOL
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 27.02.2022 às 09:50

O Trump bem avisou a Europa de que devia ter cautela com a Rússia e sublinhou que seria bom libertar-se da dependência do seu fornecimento de gás , assim como alertou o Ocidente que Putin não era pessoa confiável. Claro que era o Trump, ninguém deu ouvidos. Não admirava que a Europa um dia destes acordasse e aquele louco tivesse fechado a "torneira" do gás, sem sequer pestanejar. 
Os mais jovens, que nasceram e cresceram após o 25Abril, podem ter um vislumbre de como é uma tirania "à séria" e "na realidade", não nos ecrãs das TVs em países longínquos sem tradição democrática.  Têm agora oportunidade de ver de perto uma ditadura a funcionar, aqui mesmo, dentro da nossa "casa comum": a Europa. Que vejam como é viver sob a pata dum ditador, num país capaz de cometer crimes de guerra contra civis e inocentes, que não respeitam os Direitos Humanos ou Cívicos, nem a liberdade de expressão, nem  a soberania dos povos, nem a democracia , nem o Estado de Direito, nem a Liberdade.


 As gerações mais novas tiveram uma oportunidade única de receber uma lição de História em tempo real e perceber finalmente como funciona "ao vivo" um déspota e um regime tirânico e anti-democrático, (não lá longe na China distante), mas aqui, dentro de portas, dentro da própria Europa onde a tradição são os regimes democráticos. Acho que no Ocidente nos "caiu a ficha", percebemos repentinamente que temos de estar bem despertos. Não podemos dar nada como adquirido.


Por isso nós, os mais velhos, temos o dever e a obrigação de aproveitar este grave momento histórico e pedagogicamente explicar aos jovens que espécie de regimes o PCP, BE e afins apoiam. Neste momento, estes lobos que andavam disfarçados de cordeiro, já não têm como esconder a sua verdadeira natureza nem os seus verdadeiros propósitos de destruição da democracia e da liberdade. Sabemos bem que regime gostariam de implantar no país! 
Vejo-os agora a estes farsantes, lívidos de susto e de falinhas mansas _aos cabecilhas, aos louçãs e quejandos_  em grandes aflições, a "darem o dito pelo não dito" desdobrando-se à pressa pelas  tvs,  a gaguejarem em contradições, a contorcerem-se cheios de justificações e desculpas mal amanhadas. Já vêm tarde, pois a máscara caiu-lhes! Ontem mesmo, muitos devem ter ouvido as verdades cruas sobre o PCP que o Sérgio Sousa Pinto atirou ao ex-deputado do PC António Filipe.
(E não é para esquecer que o Costa andou de braço dado com esta gente...) 
Sem imagem de perfil

De balio a 26.02.2022 às 16:18


uma sociedade cada vez menos disposta a abdicar de conforto hoje


O autor deste post nunca deve ter vivido na Alemanha ou feito uma estadia no Outono na Lituânia. Não sabe o frio que faz nesses países.



Não se trata de uma questão de conforto. Trata-se de uma questão de sobrevivência imediata. Você não pode viver dias a fio em casas não aquecidas quando a temperatura exterior média é de zero graus ou menos.



Sem o gás russo para lhes aquecer as casas, os alemães não teriam simplesmente falta de conforto. Morreriam de frio, literalmente. É tão simples como isso.
Perfil Facebook

De Marques Aarão a 01.03.2022 às 07:13

Enquanto um povo cai constrói-se o seu herói.

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes


Links

Muito nossos

  •  
  • Outros blogs

  •  
  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2022
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2021
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2020
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2019
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2018
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2017
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2016
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2015
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2014
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2013
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2012
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2011
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2010
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2009
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2008
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2007
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2006
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D