Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Incompreensível

por henrique pereira dos santos, em 06.07.20

O Observador (tal como o resto da imprensa), continua a sua clara opção de aterrorizar pessoas a propósito de uma epidemia.

Desta vez é um longo texto - tão longo que consegue ter uma tese base e largas partes de declarações de terceiros que desmentem a tese, sem que os factos cheguem para alterar a opinião da jornalista - sobre o facto de em quatro meses de epidemia (mais ou menos) o Observador conseguir encontrar duas ou três pessoas à roda dos trinta anos que quase morreram, mas na realidade não morreram, com a covid.

O que é incompreensível é que o Observador não tenha aproveitado um texto tão longo para ao menos de passagem falar das 1 a 3 três pessoas, dessas idades, que morrem, mas morrem mesmo, diariamente em Portugal de outras causas, incluindo outras doenças.



9 comentários

Sem imagem de perfil

De Luís Lavoura a 06.07.2020 às 09:35

O que é incompreensível é que o Observador somente fale da idade das pessoas (30 anos) e não fale de outras coisas, como a eventual diabetes ou obesidade dessas pessoas.
É bem sabido que não é somente a avançada idade que torna certas pessoas especialmente suscetíveis à covid, são também condições de saúde, como a doença cardíaca ou a obesidade.
Ao focar-se somente na idade, o Observador (e outros meios de comunicação, e as autoridades de saúde) estão a escamotear a importância que condições como a obesidade  também têm para a gravidade da covid.
Sem imagem de perfil

De Esteves a 06.07.2020 às 12:11

LOLOLOL.....  "a eventual diabetes ou obesidade dessas pessoas."
ahahah... fizeste o diagnostico foi ?  A EVENTUAL... brutal
Sem imagem de perfil

De Isabel a 06.07.2020 às 09:42

Fui grande entusiasta do observador. Hoje mal o abro.
Imagem de perfil

De João Távora a 06.07.2020 às 11:06

Depois anda tudo à nora, zangados até, porque não há turismo. 
Sem imagem de perfil

De Anónimo a 06.07.2020 às 11:40


. Aprende a gostar de ti .
...
Muita saúde.
Cumprts de: 
ler é o melhor remédio - nos tempos livres
https://lereomelhorremedio.blogs.sapo.pt/
Sem imagem de perfil

De Esteves a 06.07.2020 às 12:11

Entao mas o observador só é bom quando publica textos do gabriel branco, andre dias, maria de oliveira, o casal tribolet ????   Essas sumidades de doenças infecciosas ?
Sem imagem de perfil

De Susana V a 06.07.2020 às 12:46

Tem muita razão no que diz. 
O problema não é tanto os efeitos nefastos que a COVID pode provocar (que acredito), mas os efeitos nefastos que outras doenças negligenciadas podem provocar a curto médio prazo...
Neste momento os centros de saúde não estão a aceitar marcações. Pessoas idosas e com doenças crónicas não estão a ser devidamente seguidas. 
Não compreendo como isto é considerado normal. 
Acho que a loucura a que chegámos vai ser um interessante caso de estudo.  
Sem imagem de perfil

De voza0db a 06.07.2020 às 19:19


Se é considerado normal pelos mérdicos NUNCA será caso de estudo... E se alguém desocupado decidir analisar o divertido comportamento durante a época de gripe 2019/200 e chegar a uma conclusão de insanidade, o estudo será arrumado para canto e queimado numa bela fogueira.
Sem imagem de perfil

De voza0db a 06.07.2020 às 19:17


Se o problema da enfermeira foi um teste positivo, bastava fazer outro teste de outro fabricante com critério diferente e o resultado já lhe dava negativo.


Mas até aposto que para ela NENHUM dos médicos recusou colocá-la em "ventilação mecânica" algo que curiosamente um médico do Porto declarou publicamente que "RESISTI SEMPRE às várias tentativas dos meus colegas de o ventilarem mecanicamente" e acabou por não ser ventilado! E depois arranjou dois testes que deram negativo e pronto "Estou curado"...



A enfermeira que estude para ser médica que assim para a próxima gripe/pneumonia já pode recusar o fantástico auxílio!

Comentar post



Corta-fitas

Inaugurações, implosões, panegíricos e vitupérios.

Contacte-nos: bloguecortafitas(arroba)gmail.com




Notícias

A Batalha
D. Notícias
D. Económico
Expresso
iOnline
J. Negócios
TVI24
JornalEconómico
Global
Público
SIC-Notícias
TSF
Observador

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Comentários recentes

  • Carlos Sousa

    E pegando nalgumas palavras do primeiro-ministro, ...

  • Anónimo

    caro senhornestes tempos aburguesados e politicame...

  • Anónimo

    Caro Senhor"Apesar dos frequentes casos de corrupç...

  • Carlos Sousa

    O que me está a causar apreensão não é a DGS fazer...

  • Albino Manuel

    A monarquia espanhola vai aguentar. Derrubá-la é c...


Links

Muito nossos

  •  
  •  
  • Outros blogs

  •  
  • Links úteis


    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D